Sexta-feira, 13 Julho, 2012

ONE LITTLE PLANE
Into The Trees CD

€ 15,50 € 12,50 CD Text  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/TEXT014-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TEXT014-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TEXT014-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TEXT014-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TEXT014-5.mp3]

Às vezes é interessante dedicarmo-nos a certos exercícios perante uma audição, como se fosse essencial ver o que se passa por detrás da música para a valorizarmos ou, simplesmente, entendê-la melhor. One Little Plane é um projecto solitário de Kathryn Bint, uma cidadã de Chicago que nasceu na Austrália e, decerto, muito amiga de Kieren Hebden, o senhor Four Tet. “Until”, o seu álbum de 2008, já tinha sido produzido pelo inglês, e este “Into The Trees” tem a mesma mão no volante. “She Was Out In The Water” abre o álbum e sabendo o que se sabe agora não deixa de ser curioso como o som Four Tet está lá, apesar de também não estar. Ou seja, se algumas das partículas da música Four Tet vêm de corpos estranhos, “One Little Plane” poderia ser exactamente um desses corpos. Mas talvez os nossos avisos sejam sonoros de mais, pois as canções respiram bem, límpidas, entre a pop e a folk, e havendo uma produção inteligente mas reconhecível e fundamental, esta pode ser uma delas. O disco não tenta ir à Lua, e algumas pinceladas são muito ingénuas, mas esta colecção de canções ainda consegue arranjar poiso sólido num panorama 2012. E, se for preciso, ainda se pode chamar a atenção para outro colaborador – Johnny Greenwood, o baixista dos Radiohead. Se retirarmos os nomes fortes, fica um disco que pode passar despercebido, mas talvez o futuro de Kathryn Bint possa obrigar-nos a recuperá-lo.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »