Quarta-feira, 25 Julho, 2012

LES RALLIZES DENUDÉS Heavier Than A Death In The Family 2LP

€ 30,50 € 13,95 2LP Phoenix

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ASH2LP3037-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ASH2LP3037-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ASH2LP3037-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ASH2LP3037-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ASH2LP3037-5.mp3]

Os Les Rallizes Dénudés são como que um “objecto” estranho. Durante décadas foram vítimas de um culto excessivo por parte de uns quantos coleccionadores, nome praticamente desconhecido porque nunca tiveram realmente uma edição oficial e tudo o que se poderia encontrar eram edições com um carácter mítico de registos ao vivo compilados por uns quantos aficionados. Foi sempre assim, em crescendo, como um passa-palavra que quando chegou à internet rebentou. Em parte deve-se a Julian Cope (um dos tais apaixonados por Les Rallizes Dénudés) que sempre lhes deu atenção no seu site e um especial lugar no seu livro dedicado ao rock japonês “Japrocksampler”. Depois disso, o número de edições aumentou consideravelmente, começaram a surgir edições de discos há muito descatalogados e bootlegs de bootlegs. “Heavier Than a Death In The Family” é um desses casos, recuperado pela Phoenix, uma editora de bootlegs essencialmente japoneses, que nos tem feito chegar uma série de discos das décadas de 70/80 difíceis de encontrar em qualquer formato. “Heavier…” é um dos álbuns mais míticos dos Les Rallizes Dénudés, gravado essencialmente em 1977 (um dos temas é registado em 1973), onde constam alguns dos temas mais míticos de Mizutani Takashi (o mentor do projecto). A sequência do primeiro LP é especialmente feliz, “Strong Out Deeper Than The Night”, “The Night Collectors” e “Night Of The Assassins” tocam de seguida, quarenta minutos de música abençoada, onde o mau registo das gravações mais o reverb pesadíssimo combinam num groove único, singular nos registos captados dos Les Rallizes Dénudés. Das reedições mais essenciais dos últimos anos, agora com um preço incrível.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »