Quinta-feira, 27 Junho, 2013

DIRTY BEACHES Drifters / Love Is The Devil CD

€ 16,50 CD Zoo Music

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ZM015CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZM015CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZM015CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZM015CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZM015CD-5.mp3]

“Badlands” (2011) ainda parece ser o grande disco de Dirty Beaches, mesmo que a sua banda sonora para “Water Park” – vocês sabem, têm lido aqui a nossa devoção -, seja mesmo um grande disco – é, certamente, um dos discos do ano aqui para a malta Flur. E depois desse fogo aquático instrumental, hipnótico e quase mágico, Alex Hungtai reactiva o projecto na sua dimensão oficial, recuperando, claro, o sabor rockabilly que fez a fama em “Badlands”. Mas a novidade está no maior deslocamento da realidade, como se estilos, música e voz ganhassem relevo, deixando tudo com sombras. Com este expressionismo, o motor rockabilly apenas aparece engrenado, deixando espaço para a conquista de paisagens que tão bem se autonomizaram em “Water Park”. Se “Badlands” parecia querer ser um grito de raiva (portanto, afirmação), este álbum – que são dois, na verdade! – estende-se a perder de vista, dando-nos mais hipóteses e mais alimento. E depois há “Love Is The Devil” a tal segunda obra – se precisam de melhor indicação para tudo, “Drifters” é um melhor “Badlands” e “Love Is The Devil” é um fantástico “Water Park”. E é por isso que gostamos mais de Dirty Beaches em 2013: porque nos faz imaginar um mundo em que Dean Blunt possa fazer parte de uns Excepter, por exemplo. Um disco imenso, em todos os sentidos. Será que vamos colocar dois discos de Dirty Beaches na lista dos melhores do ano? A não perder!

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »