Segunda-feira, 24 Março, 2014

THE DURUTTI COLUMN The Return Of The Durutti Column LP+7″

€ 27,50 € 25,50 LP + 7″ Factory Benelux

[audio:http://www.flur.pt/mp3/FBN114-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FBN114-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FBN114-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FBN114-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FBN114-5.mp3]

Eis um momento solene: a reedição, perfeita e imaculada, do LP de estreia de Durutti Column na Factory. Ou seja, fãs e não fãs, aproximem-se pois esta é uma edição que nem conseguimos listar quando apareceu no final do ano passado, e estas cópias que voltaram agora poderão ser as últimas. Sim, inclui a capa de lixa feita para arranhar os discos ao seu lado, e o single com os dois temas que saíram com a primeira prensagem (de duas mil cópias) em Janeiro de 1980. É verdade que não é uma cópia fiel do original de Peter Saville: o single não é flexi (para que soe melhor e dure mais) e a lixa está protegida por uma capa exterior porque, claro, não queremos que este disco danifique a nossa colecção. E, como bónus: as gemas “Madeleine” e “Lips That Would Kiss” (single de Outubro de 1980), e as palavras de Vini Reilly, Martin Hannett, Tony Wilson, Peter Saville, Daniel Meadows, John Brierley e Bruce Mitchell. Como é esta estreia de Vini Reilly? Bom, ouve-se agora como se fosse ontem. Parece incrível que isto tenha nascido paredes-meias com “Unknown Pleasures” e que tenha totalmente calibrado o som Durutti Column para os grandes momentos que se seguiram. Uma obra-prima, claro, cheia de humor, poesia instrumental, ideias simples e arrebatadoras, onde Vini Reilly parece dar voz a uma guitarra que até aí desconhecíamos. Há uma mão-cheia de discos dos Durutti Column essenciais: este é, inegavelmente, uma prioridade. E também um dos discos mais especiais dos anos 80. Não hesitem: esta edição vai desaparecer como a original de há 34 anos.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »