Quinta-feira, 20 Novembro, 2014

A CERTAIN RATIO Sextet 2CD / 2LP

€ 16,50 € 13,95 2CD (2014 reissue) Factory Benelux

€ 27,50 € 23,95 2LP (2014 reissue) Factory Benelux

[audio:http://www.flur.pt/mp3/FBN11CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FBN11CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FBN11CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FBN11CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FBN11CD-5.mp3]

Tinham o funk. Nada de estranho se lembrarmos a tradição Soul no Norte de Inglaterra. Parecia lógico, afinal de contas, juntar Joy Division com James Brown (exageramos). Mas também se ouve Brasil (“Skipscada”, por exemplo) – apitos e um certo samba a acontecer e, ao lado, alguma fonética meio João Peste. ACR era puro exotismo europeu. Baixo e bateria no controle. E soluções estranhas como o piano hesitante em “Day One”. “Sextet”, em particular, ultrapassa Pigbag e Maximum Joy porque é uma só força compacta. Jazz, funk e pós-punk, incluindo um dos momentos imperdíveis da Factory e da Era: “Knife Slits Water”, abençoado com o lado B “Kether Hot Knives”, tudo presente em versões longas no CD de extras que acompanha a reedição do álbum. Para outro maxi essencial (1981), oiçam – tudo aqui incluído – “Waterline” e “Funaezekea”. O álbum não precisa de bombas para o valorizar, já é praticamente perfeito, mas com esses extras + umas Peel Sessions + “Abracadubra / Sommadub” de Sir Horatio (eram os ACR, outro maxi de 1981), isto fica impossível. Se vos falta esse material, revejam a vossa estratégia.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »