Sábado, 25 Julho, 2015

PESSOAS QUE EU CONHEÇO Uma Carta De Amor Para SEGA CDR

€ 3,95 CDR 40% Foda/Maneirissimo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/40FM008-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/40FM008-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/40FM008-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/40FM008-4.mp3]

Recebemos um monte de CDR escritos e carimbados à mão pelo Lucas e é a primeira vez que a 40% Foda/Maneiríssimo tem produto à venda na Flur. Em vez de começarmos pelo mais recente (Repetentes 2008), escolhemos as Pessoas Que Eu Conheço para representar este destaque à editora. Para uma visão mais concentrada podem regressar a este momento de 2014, uma mix do Seixlack para o programa de rádio dos Photonz na Oxigénio (https://soundcloud.com/photonz/princ-pio-da-incerteza-203), mas nós vamos pegar na “Carta De Amor Para SEGA”, também de 2014. Um ano à frente (ou seja, agora) já se sabe que o Japa Habilidoso editou na Future Times e que o som da 40% é afinal a correspondência (bonita) do som da Future Times, da Mood Hut, da praia e da consola. O som aqui neste CDR resume todo o material bom que a editora mandou cá para fora, quer dizer, é talvez o disco perfeito da 40% até ao momento, pelo equilíbrio entre o robótico / sintético, a alma de viajante das estrelas e uma visão agradavelmente turva provocada por demasiada bebida fresca debaixo de Sol à beira-mar. A terceira faixa (“003″) deixa tudo no chão, bem à vista, descontraído. A partir daqui podem seguir às cegas para o resto do catálogo. O Lucas fez a música neste “SEGA”, também. Só um toque: os CDR foram carimbados e escritos à mão (vejam as imagens), podem ter marcas de manuseamento (é à mão!) e vieram de longe numa caixa dos correios. Não esperem embalagens direitinhas. Por fim, eis o que a editora escreveu. Parece papa intelectual só à superfície, acreditamos que isto é bem sentido:

“Tem gente que afirma… sim: os solos dos bens consumidos são os solos humanitarios, mas será que essas pessoas você conhece? Lucas de Paiva é timido mas quando ele pisa nesse solo, ele pisa com o seu chinelinho e ele pode sempre te falar que o azul da Sega é menos hipócrita que o vermelho nacional. No seu EP, cheio de migalhas de jogos da SEGA, Lucas pensa que conhece pessoas mas tem certeza de que conhece musica como um todo e a SEGA, apresentando-se com musiquinhas que começam achando que você realmente poderia ser um porco-espinho numa pista mas que acabam só lhe confirmando que Virtua Fighter é uma epistemologia libertária da musica de elevador. Pra quem ostentou uma vida com a idéia de que as nuvens do compositor é a trilha sonora, o tamanho de pessoas reconhecidas em 3 faixas (E MAIS UMA BONUS SE VOCÊ COMPRAR) é genial, surpreendente e emocionante. Você tem que comprar isto.”

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »