Quinta-feira, 25 Agosto, 2016

IT’S A FINE LINE It’s A Fine Line CD / 2LP

€ 13,50 CD Kill The DJ

€ 22,50 2LP Kill The DJ

[audio:http://www.flur.pt/mp3/KTDJCD13-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KTDJCD13-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KTDJCD13-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KTDJCD13-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/KTDJCD13-5.mp3]

Quase como se a última década não tivesse acontecido, num reforço de uma estética que mudou as pistas de dança. Quando o glitter de felicidade se transmutava em algo bem mais melancólico, contrário até, a música de dança ganhou, neste século XXI, uma vitalidade que andava a perder. Ivan Smagghe esteve lá na frente, promovendo esse lado negro em projectos, nomes e títulos como Black Strobe, “Death Disco” e, claro, Kill The DJ. Em 2016, com Tim Paris, recebemos It’s A Fine Line, que soa por vezes como um retomar de uma outra missão: Colder. Quem ficou suspenso com a falta de notícias de Colder poderá encarar It’s A Fine Line de braços abertos. Smagghe e Paris acolhem também Alex Kapranos (Franz Ferdinand) e, nesse processo, unem as pontas, já bastante evidentes, com a citação pós-punk que moveu seriamente as pistas nesses anos de 2003-2004. “It’s A Fine Line” faz uso de todos os bons recursos associados ao género (ou antes, ao sentimento): baixo marcado, sintetizadores com grão, batida fria num cenário não exactamente retro, apesar de “Weekend Boom Boom”, mas bem vivo algures na confusão de mundos que compõem a realidade consensual.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »