Quarta-feira, 20 Março, 2019

DON RENDELL / IAN CARR QUINTET Dusk Fire LP

ESGOTADO LP (2019 reissue) Jazzman


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 4 Setembro, 2014

THE MOTHERS OF INVENTION Freak Out! CD

€ 16,50 € 8,95 CD Zappa Records

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ZAPPA0238342-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZAPPA0238342-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZAPPA0238342-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZAPPA0238342-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZAPPA0238342-5.mp3]

Primeiro álbum de Zappa, de 1966 e editado pela Verve, é, na verdade, da autoria dos Mothers Of Invention, uma banda de elenco flutuante que, embora tendo vida própria, acabaria por se confundir com Frank Zappa. Uma estreia bombástica, conceptual, pisando limites e redefinindo o rock – agora, à distância, temos todos a certeza disso – como poucas obras o fizeram antes. Foi um dos primeiros discos conceptuais e um dos primeiros discos duplos. E, voltamos a sublinhar: foi a estreia de Zappa e dos Mothers. É um disco imenso, já com apurada sátira e consciência política, que começa dentro do rock e de falsos standards, e vai raspando todas as suas arestas até anunciar, com impressionante antecedência, outros rasganços da família rock – “Help, I’m A Rock”, “It Can’t Happen Here” e “The Return of the Son of Monster Magnet”, que fecham “Freak Out!”, ainda hoje nos deixam de queixo caído. Diz-se que inspirou o “Sargent Pepper’s” dos Beatles e nós só pensamos o que terá passado pela cabeça dos músicos que ouviram isto em 1966. Um estrondo que abanou tudo e explica o que aconteceria em toda a carreira de Zappa.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 29 Maio, 2014

THE TEMPTATIONS Ain’t Too Proud To Beg + Ball Of Confusion 7″

€ 5,00 7″ Motown / Budweiser (TMG 997)

<a href="http://www.youtube.com/watch?v=RKPd9GUadxc?hl=en"><img src="http://blog.flur.pt/wp-content/plugins/images/play-tub.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>
<a href="http://www.youtube.com/watch?v=-9poCAuYT-s?hl=en"><img src="http://blog.flur.pt/wp-content/plugins/images/play-tub.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>

Exemplares edição incerta, sem data, em excelente estado. / Original undated release, EXC. Sound clips not from actual copy.

Na época de ouro da Motown, “Ain’t Too Proud To Beg” é uma canção tradicional de súplica amorosa, com o sujeito a rebaixar-se à condição de mendigo de amor para não ser abandonado. Passo soul / r&b clássico, um tom quase gospel aplicado a uma canção para dançar, apostando que durante esse acto algumas mentes se iriam sentir legitimadas para imitar o protagonista. E se, para uma certa geração, “Ball Of Confusion” soava estranho em 1985 quando os Love & Rockets (ex-Bauhaus) editaram uma versão quase rap, é ao escutar o original de 1970 que sentimos o verdadeiro drive do baixo, a verdadeira indignação com o sistema, a política, a educação, a sociedade. Embora possamos aplicar a mesma indignação praticamente a todos os anos desde há muitas décadas, a América de 1970 acabava de sair de uma década em que tudo parecia possível e (quase) tudo se desmoronou, com os assassinatos dos Kennedy (JFK e Bobby), Martin Luther King, escalada no Vietname, confrontos raciais, drogas (“The sale of pills are at an all time high / young folks walk around with their head in the sky”), poluição, confusão. “Ball of confusion, that’s what the world is today”. Como não concordar? Magnífico.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 23 Novembro, 2012

V/A Electronic Music LP

€ 18,00 LP Turnabout (TV34004S)  ENCOMENDAR

Exemplar original de 1966 em excelente estado.

Electrónica /Concreta. Edição inglesa. Andres Lewin-Richter, Mimaroglu, Walter Carlos e Tzvi Avni.

<a href="http://www.youtube.com/watch?v=HzUxJmU5MGI?hl=en"><img src="http://blog.flur.pt/wp-content/plugins/images/play-tub.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>




/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »