Quarta-feira, 24 Agosto, 2016

JOAN LA BARBARA Tapesongs LP

€ 20,50 LP Arc Light Editions

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ALE006-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE006-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE006-3.mp3]

Com enquadramento escrito por John Cage, que compõe o segundo trecho neste LP, Joan La Barbara saía do philip Glass Ensemble pouco antes para seguir um percurso a solo dedicado, sobretudo, à manipulação da sua própria voz. Produto também de uma vitalidade impressionante na Baixa nova-iorquina, “Tapesongs”, de 1977, mostra a cantora com plena mestria não apenas da harmonia como também do ritmo que imprime à voz e, ainda, das potencialidades da mesma como instrumento total, passível de múltiplas sobreposições para tomar o lugar de outras fontes sonoras. É em “Thunder”, longa peça que ocupa todo o lado B, que a voz menos parece brilhar, enquanto solista ou protagonista principal, para que La Barbara possa desenvolver outro tipo de manipulação electrónica, subjugando os tons vocais (pássaros ou Diamanda Galás?) ao constante rolar da percussão tocada por Warren Smith e Bruce Ditmas, dois músicos de jazz com trabalho junto de Miles Davis, Gil Evans, Jaco Pastorius, Max Roach, Paul Bley, Enrico Rava e muitos outros. Música ritual e profunda.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 22 Julho, 2016

PEKKA AIRAKSINEN Buddhas Of Golden Light LP

€ 16,95 LP Arc Light Editions

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ALE004-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE004-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE004-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE004-4.mp3]

Álbum originalmente editado em 1984, dedicado a vários bodhisattvas nomeados no Mah?vastu, uma das compilações de textos tida como próxima da fundação do budismo e parcialmente dedicada às suas vidas. A música parte de uma linguagem jazz mais ou menos evidente (o baixo nervoso, em fundo, as batidas electrónicas em eco do que seria um verdadeiro baterista, as teclas em formato livre, tensas, catárticas, expressivas) para explorar múltiplas possibilidades para além do que poderiam ser constrangimentos, ainda que falemos de um jazz mais livre. A pesada carga cibernética situa “Buddhas Of Golden Light” num futuro imaginado, talvez, por Herbie Hancock. O saxofone é remetido a uma condição quase secundária e, em parte, mascarada por efeitos, contribuindo mais para a emergência de um outro Sol que substitui o habitual. Aliás, a faixa mais longa, “Kandrasuryapradipa”, que ocupa todo o lado B, sugere uma banda sonora bem apocalíptica para anime de ficção científica ainda na década de 70. O álbum , tomado como todo, parece reproduzir uma luta entre forças que decidem o destino do Universo. É assim tão definitivo e grandioso. Sem medo.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Terça-feira, 3 Maio, 2016

JOAN LA BARBARA Voice Is The Original Instrument LP

€ 22,95 LP Arc Light Editions

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ALE005-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE005-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE005-3.mp3]

Não deixa nunca de ser desconcertante ouvir discos de apenas voz, qpesar de todas as evidências e literatura já consumida sobre o assunto de a voz humana estar mais que testada enquanto instrumento. Aqui, claro, é o instrumento original. Funcionando livre, traduz imediatamente emoções, algumas não acessíveis a um “cantar” normal, outras mesmo de outro mundo que não associamos sequer ao ser humano. Este LP é um “clássico” de 1976. Joan La Barbara apresentava algumas das suas primeiras experiências, mais tarde absorvidas por um mundo mais erudito que nem sempre é o mais adequado para transmitir emoções fora de um quadro meramente conceptual. Os efeitos nos 16 minutos de “Vocal Extensions” soam tão metálicos como uma voz de Dalek, dizendo-nos que algo tão humano como a voz pode ser tido como algo nem sequer de carne e osso.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Terça-feira, 3 Maio, 2016

INGRAM MARSHALL Fog Tropes // Gradual Requiem LP

€ 17,50 LP Arc Light Editions

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ALE002-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE002-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE002-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE002-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE002-5.mp3]

Viagem até 1984, ano em que este álbum saiu originalmente (pela New Albion). Pegando no título “Gradual Requiem”, podemos presumir uma longa, gradual despedida desta música, que dura décadas, sem nunca se concretizar. Nunca está exactamente encerrado, este capítulo, a partir do momento em que a música se mantém importante. Bem cedo na década de 70, Marshall estudou, absorveu e retransmitiu ao seu modo a tradição musical indonésia (Java e Bali, sobretudo), que veio a integrar de forma cada vez mais decidida nas suas composições, até então essencialmente electrónicas. O resultado é eclético, como se pode escutar neste álbum que tem tanto de minimalismo como de música contemporânea mais clássica. A inspiração nebulosa em buzinas de nevoeiro em “Fog Tropes” instala um clima austero mas simultaneamente pacífico, enquanto as cinco partes de “Gradual Requiem” desfiam um grande todo em que se misturam mandolim, voz, sintetizador, flauta e piano. Não chega a ser música para meditação, propriamente dita, existe demasiada dinâmica, muitas curvas, arranques e pausas, camadas que substituem outras. Na parte 4 sobressai o efeito fantasmagórico que se calhar imaginamos logo pelo título. Exploração sem limites muito definidos, contida apenas pelo poder de evocação da mente do ouvinte.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 22 Outubro, 2015

ARTHUR RUSSELL Another Thought 2LP

€ 33,50 € 24,95 2LP ARC Light Editions

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ALE001-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE001-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE001-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE001-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ALE001-5.mp3]

É fácil cair na confusão de que “Another Thought” é um álbum de Arthur Russell. Não é. É uma compilação póstuma (a primeira, foi editada originalmente em 1994). O que cria essa confusão é a solidez dos temas aqui reunidos e, claro, a sensação de que há um espírito de continuação em relação a “World Of Echo”. Além disso, “Another Thought” tem algumas das canções mais bonitas de Russell (de babar, “A Little Lost”, “This Is How We Walk On The Moon” ou “Keeping Up”), gravadas ao longo da sua última década de vida. Sabe-se que era um perfeccionista e que acima disso gravava praticamente tudo o que ia fazendo, daí existir tanto material que saiu depois da sua morte, ou até variações de material já conhecido, como é o caso do recente “Corn”, e isso fazer sentido dentro do seu universo: há substanciais diferenças na composição, não são outakes ou testes. Há uns anos “Another Thought” teve direito a uma óptima edição em vinil pela Arc Light Editions, da qual recebemos agora mais umas cópias. Sorrimos sempre que temos qualquer desculpa para falar de Arthur Russell, ainda mais quando é de um álbum como “Another Thought”. É uma das compilações do género mais bem pensadas e realizadas que nos lembramos, soa a um disco – daí, mais uma vez, a frequente confusão – e funciona quase como uma mensagem do além de Arthur Russell, como se quisesse fazer chegar estas músicas até nós. Porque são especiais para ficarem num arquivo qualquer, sem serem ouvidas. Mas como isto aconteceu e existe somos pessoas mais felizes por isso. A sério.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »