Quinta-feira, 26 Março, 2015

NISENNENMONDAI N’ EP MLP

€ 17,50 € 14,95 MLP Blast First Petite

[audio:http://www.flur.pt/mp3/PTYT084-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PTYT084-2.mp3]

Com uma letrinha apenas, “N” foi finalmente o álbum que colocou as japonesas Nisennenmondai na cena do lado de cá do globo. Foram 40 minutos fulgurantes, com um pequeno motor a impor um rigor relojoeiro a uma bateria, uma guitarra e um baixo num estado de graça geométrico. Os momentos que se seguiram foram os tradicionais quando ouvimos um disco fantástico: muita exposição, óptimas críticas, listas do ano e um circuito de concertos que mostrou como toda a máquina era feita. Para quem as viu em concerto, o rigor das suas actuações tira a respiração – a nós, sobretudo. “N” não teve companhia em vinil, para desgosto de muitos, mas agora há uma espécie de compensação: “N’” – notem a diferença – recupera dois dos temas e manda-os para estúdio, supostamente para serem refeitos depois da digressão errática que o trio teve um pouco por todo o mundo. A máquina continua a funcionar, com ligeiras mudanças na velocidade, e tudo o resto continua a gravitar num Espaço muito bonito para se viver. Nem que seja por 20 minutos – que nunca parecem 20 minutos. Em cheio, mais uma vez.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 26 Março, 2015

NISENNENMONDAY N CD

€ 16,50 € 12,50 CD Blast First Petite

[audio:http://www.flur.pt/mp3/PTYT083-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PTYT083-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PTYT083-3.mp3]

Em 2008 e 2009 vibrámos muito com as edições ocidentais que a Smalltown Supersound lançou, mas depois de “Destination Tokyo” achámos que o trio tinha terminado, dada a falta de notícias. Mas o mundo é ainda um local muito extenso para sabermos o que se passa em todo o lado e agora percebemos que estas japonesas que deram o nome do “erro informático do ano 2000″ ao seu grupo estão vivas. E eis mais uma ajuda ocidental: é a Blast First Petite que agora edita o seu mais recente álbum, “N”, que vem de 2013, e podemos já assentar esta letra na lista dos melhores do ano. E a novidade qual é? A suprema economia de recursos sonoros e a magistral concentração técnica. Três mulheres japonesas em delírio kraut, geomético e cósmico, miminal com resultados maximais, com um plano de ataque perfeito que nunca dá espaço nem tempo para evitarmos a armadilha. “N” tem 40 minutos, que nunca parecem 40 minutos, e podiam ser 400, ouvidos em contínuo, até haver uma catástrofe que nos impeça de prosseguir a audição. Um valente chapéu tirado às Nisennenmondai.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 7 Agosto, 2013

SONIC YOUTH “Sister” Interview Disc LP

€ 16,00 LP Blast First (CHAT1)

Edição inglesa de 1987 em excelente estado / Original 1987 UK release. NM!

Interviewed by Byron Coley of Forced Exposure magazine in New York, May 1987.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 29 Julho, 2013

MIKA VAINIO Kilo CD / 2LP

€ 16,50 € 12,50 CD Blast First Petite

€ 24,50 € 21,95 2LP Blast First Petite

[audio:http://www.flur.pt/mp3/PTYT076-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PTYT076-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PTYT076-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PTYT076-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PTYT076-5.mp3]

Quase de repente, as cores industriais começaram a tingir alguma da electrónica mais interessante das últimas temporadas, fazendo-nos crer que tudo, um dia, há-de voltar à ribalta. Para além dos nomes novos que apareceram nos escaparates, Mika Vainio há-de ser sempre aquele que ganhará prioridade num cruzamento de escolhas múltiplas. Talvez, ou não, inspirado pela concorrência, o finlandês faz aquilo que esperávamos: dispõe o seu arsenal em campo e derrota todas as tropas inimigas. Ligeiramente distante do techno e electrónica mais transparentes, Vainio aborda a electricidade seguindo as tenebrosas e clássicas investidas do duo Pan Sonic – parte ritmo furioso e cavalgante, parte atmosfera pesada e irrespirável. “Kilo” parece não ter nenhum momento em que não nos queria violentar, montando uma poderosa e eficaz máquina que nos abana fisicamente por dentro – é, pois, necessário ouvir este álbum bem alto. “Kilo” nasceu dos muitos concertos que dá, sendo uma sequela poderosa de “Life”, o anterior álbum de Vainio. É, também, o seu primeiro álbum a solo na Blast First, o local onde jazem os gloriosos álbuns de Pan Sonic – não por acaso, “Kilo” é herdeiro mais directo dessa coroa.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 23 Julho, 2010

PAN SONIC Gravitoni CD

€ 16,50 € 12,50 CD Blast First Petite  REMOVER

Parece ser impossível fugir à frase que acompanhou a entrega deste novo álbum do grupo à Blast First: “depois disto os Pan Sonic vão hibernar”, disse Mika Vainio, que como sabemos nunca utiliza muitas palavras nas suas comunicações. Esta é apenas mais uma, críptica apenas para quem não queria que um dos mais importantes projectos electrónicos termine a sua discografia definitivamente. Até porque, o seu som, aquilo que inventaram e desenvolveram durante quinze anos continua a ser fonte inesgotável de inspiração e transpiração, seja à custa da propulsão titânica do rítmo, seja pelo fantástico design sonoro quando percorrem as profundezas das suas máquinas. E se quase todos os álbuns dos Pan Sonic (ou Panasonic) são peças únicas e essenciais, este “Gravitoni” não destoa se o levarem para casa: mais desmaios e afrontamentos eléctricos, mais ambientes de cortar à faca, mais tensões fantasmagóricas série B, mais atropelamentos e fugas sem deixar rasto. Mika e Ilpo continuam a fazer música de excepção sem a companhia um do outro, mas juntos erguem parte considerável da electrónica que ainda vale a pena perder longas horas da nossa vida. No final de “Gravitoni”, se dúvidas houvessem sobre as declarações de Mika Vainio, “Pan Finale” eloquentemente fecha aquilo que pode ser o último álbum de sempre dos Pan Sonic. Um impressionante ‘bookend’ para fecharem a vossa prateleira.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 18 Dezembro, 2009

MARTIN REV Stigmata CD

€ 16,50 € 12,50 CD Blast First Petite  ENCOMENDAR

Há alguns anos, no momento de ascenção dos Liars, tivemos a sorte de os ver partilhar o palco com os Suicide. Para quem quis sentir na pele o terror que Alan Vega e Martin Rev eram nos anos do seu reinado, a noite foi uma desilusão. Para quem não quis senão passar um bom bocado, a noite foi memorável. Conscientes dos seus limites e das duas idissioncracias, os Suicide transformaram-se numa representação de si próprios, assumindo a caricatura, a encenação e, acima de tudo, a boa disposição. A acidez e a violência de outros tempos são agora temperados com algum humor, e se estiverem para aí virados, terão a noite ganha. Se os recentes relatos dos concertos de Suicide ainda valem o preço dos bilhetes, o que dizer dos discos que tanto Alan Vega como Martin Rev têm feito? Aí tudo se torna confuso: há colaborações óptimas, discos assim-assim, e depois os discos de Martin Rev. Onde anda o raio da cabeça de Martin Rev? Uma coisa é verdade: não nos parece que esteja a fazer discos para satisfazer alguém para além dele próprio. E por isso “Stigmata” é tão atraente como estranho. São 14 temas quasi-religiosos, celestiais e assombrados, algures entre a banda-sonora épica e uma recriação midi dos ensinamentos de Wendy Carlos. Há a tentação de acharmos que tudo isto não passa de uma brincadeira, mas se pensarmos isso de “Stigmata” teremos que aceitar que toda a sua carreira – com Suicide incluído – aconteceu porque as regras foram sempre sendo ignoradas. E quantos discos conhecem como este “Stigmata”?


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 14 Agosto, 2002

SUICIDE Suicide + Live At CBGB´S 1977 2CD

€ 12,50 2CD Blast First


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , / / Comentar: aqui »