Quinta-feira, 4 Setembro, 2014

CHIC Jack Le Freak + Savoir Faire 12″

€ 6,00 12″ Atlantic (A9198)

<a href="http://www.youtube.com/watch?v=u-bqb6gqqJk?hl=en"><img src="http://blog.flur.pt/wp-content/plugins/images/play-tub.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>

Exemplares originais da edição inglesa de 1987 em excelente estado. / Original UK 1987 release, EXC. Sound clips not from actual copy.

Exemplo quase perfeito da continuidade que a House deu à tradição Disco. Em 1987 já existia uma cena bem identificada e um dos engenheiros mais requisitados pela pop nos anos 80 – Phil Harding – foi chamado para actualizar a canção de dança perfeita: “Le Freak” era o hino F*** You dos Chic ao Studio 54 (depois de terem sido barrados à porta, a História assim o conta) e cresceu para fenómeno global. Pode ser um disco mais querido para DJs ou conhecedores (“Respectable” de Mel & Kim está infiltrado mais para a frente, a linha de baixo é mais ou menos “No Way Back de Adonis) mas isso não retira o prazer de dançar esta música. A sensação de ouvir abrir a canção original, cerca dos 2 minutos, equivale a felicidade total. Não vamos dizer mais nada.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 7 Maio, 2010

Atlas + Kinkina: EXEMPLARES ORIGINAIS em stock!

atlas-kiss_lips kinkina

ATLAS
Kiss Lips (extended version)
12″ Chic –
6.00 eur
Exemplares originais de 1986 em óptimo estado ESGOTADO!

KINKINA
Jungle Fever (1987 Megamix)
12″ BCM - 6.00 eur
Exemplares originais de 1987 em óptimo estado
ESGOTADO!

Dois magníficos exemplos do som afro-cósmico de que tanto se ouve falar mas do qual raramente nos chegam exemplos actuais. É preciso recuar até à fonte, no cruzamento entre uma corrente mais lenta do italo disco e uma ideia de baleárico quando o termo ainda estava a ser fabricado. “Kiss Lips” corre a cerca de 85 BPM, é uma versão explícita do famoso “Baby Let Me Kiss You” de Fern Kinney (usado em 2007 na compilação “Dirty Space Disco”) com a letra um pouco alterada e um sotaque europeu que só acrescenta charme. Temos alguns exemplares da edição alemã na Chic com as versões longa e dub. O disco não é muito fácil de arranjar, sobretudo a este preço. Muito poucos em stock.
Não há rasto de outras produções atribuídas a Kinkina: “Jungle Fever” é um original de 1982 (por sua vez um original dos Chakachas de 1970) revisitado em 1987 (a versão que vos propomos) e resume na perfeição a ideia de afro-cósmico com um tom sexy (a voz) e meio vaporoso/drogado. 100 BPM pontuadas por uma guitarra funky e quebras frequentes para retomar o fôlego. Este maxi inclui a megamix de 1987 (oiçam o clip) e também a versão Scratch Fever e o original. Para os geeks que gostam de factos, a megamix é produto inglês, com misturas de Pete Waterman (Stock, Aitken & Waterman) e Phil Harding (engenheiro de som que trabalhou, entre muitos outros, com Pet Shop Boys, Depeche Mode e Kissing The Pink). A produção executiva é de Paul Oakenfold, coincidindo com a explosão deste como DJ no período acid-house. NOTA: a capa que aparece no clip de Kinkina é diferente mas a versão da música é igual.

Para ouvir:
Atlas
Kinkina


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »