Quinta-feira, 16 Novembro, 2017

COLLEEN A Flame My Love, A Frequency CD / LP

€ 14,50 CD Thrill Jockey

€ 18,95 LP Thrill Jockey

[audio:http://www.flur.pt/mp3/THRILL449CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THRILL449CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THRILL449CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THRILL449CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THRILL449CD-5.mp3]

A música de Colleen é uma bolha de contemplação, um lugar seguro em que isso está presente e onde o receio da bolha rebentar é inexistente. A sua música aconchega e por mais fronteiras que desafie, sabe-se que se está num local de confiança. “A Flame My Love, A Frequency” ameaça testar esses limites, logo no início com a lindíssima “Separating”, mas ao fim de uns minutos enrolados nas texturas dos seus sintetizadores percebe-se que o envolvimento na nuvem de Colleen não vai desaparecer. Aconchega, abraça, os sons começam a trazer calor humano com a voz de Colleen, mesmo que seja residual, esparsa, esotérica. E está lançado o mote para o disco, um belíssimo disco de electrónica, homenageando um passado que tanto passa por Delia Derbyshire e Suzanne Ciani como os Kraftwerk de “Radioactivity” ou a descoberta disto tudo dos Radiohead em “Kid A”. Colleen vai mais longe e cria um crescendo, as texturas – a nuvem-Colleen – assumem uma forma que envolve o ouvinte como nunca se ouviu num álbum de Colleen. Maturidade, inocência e o céu juntos para um magnífico acontecimento. Mais um de Colleen, o seu melhor até à data.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sábado, 11 Novembro, 2017

COLLEEN Colleen Et Les Boîtes À Musique LP

€ 16,50 LP (2017 reissue) Leaf

[audio:http://www.flur.pt/mp3/BAY53V-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY53V-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY53V-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY53V-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY53V-5.mp3]

Um álbum mascarado em forma de EP, “Colleen Et Les Boîtes À Musique” foi uma encomenda do governo francês para uma emissão de rádio. Em 2006 Colleen estava à frente do seu tempo no que diz respeito ao revivalismo por library music e aventurou-se numa electrónica que agora, mais de dez anos depois, faz mais sentido depois de ouvir “A Flame My Love, A Frequency”. Uma belíssima caixinha de música, delicada e inovadora e com um arrojado sentido composicional.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sábado, 11 Novembro, 2017

COLLEEN Les Ondes Silencieuses LP

€ 18,95 LP (2017 reissue) Leaf

[audio:http://www.flur.pt/mp3/BAY57V-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY57V-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY57V-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY57V-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY57V-5.mp3]

Em “Les Ondes Silencieuses”, editado originalmente em 2007, Colleen explora uma série de instrumentos mais clássicos e cria uma espécie de contraponto na aventura melódica e harmoniosa que tinha sido a sua carreira até então. Lento, espacial, é o disco mais a preto e branco – e real – na sua carreira. O seu tom clássico contrasta com alguns dos álbuns mais populares de Colleen, mas as notas repetidas, o hipnotismo causado pelo espaço vazio de “Les Ondes Silencieuses” expressam a tranquilidade e as cores de Colleen.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sábado, 11 Novembro, 2017

COLLEEN The Golden Morning Breaks LP

€ 17,50 LP (2017 reissue) Leaf

[audio:http://www.flur.pt/mp3/BAY48V-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY48V-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY48V-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY48V-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAY48V-5.mp3]

O segundo álbum, depois de “Everyone Alive Wants Answers”, “The Golden Morning Breaks” (2005) é uma rigorosa e saturada congestão da Colleen minimal, que procurava texturas através de loops de guitarras e da distorção causada por overdubs. Estava em confluência com o que se fazia na época, principalmente da música maioritariamente editada em CDRs na primeira metade do século XX. Ouvimo-la inspirada pelos sons que vinham dos Estados Unidos e de Inglaterra na altura, com o desejo de encontrar um som transparente através dos métodos que resolveu utilizar. Talvez tenha falhado nessa ideia de transparência, mas criou uma falsa música de câmara, cheia de identidade e com um efeito contemplativo único. Ainda hoje é um disco único, uma belíssima caixa temporal do melting pot musical que foi a primeira metade dos 2000s.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 29 Abril, 2015

COLLEEN Captain Of None CD / LP

€ 15,50 € 12,50 CD Thrill Jockey

€ 18,50 € 14,50 LP Thrill Jockey

[audio:http://www.flur.pt/mp3/THRILL387CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THRILL387CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THRILL387CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THRILL387CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THRILL387CD-5.mp3]

Ouvido à distância, não muito extensa, “The Weighing Of The Heart” parece não merecer a discografia de Colleen. Talvez seja um veredicto demasiado injusto para um disco bonito, com vontade de crescer para sítios novos, mas aquilo que nos agradava nos álbuns de Colleen tinha-se perdido e o que havia novo era uma certa ingenuidade que valia apenas por querer simbolizar um recomeço – foi o primeiro disco depois de seis anos de pausa total na música. “Captain Of None” reconcilia-nos totalmente com o passado labiríntico e experimental, mas também parece já assimilar com bravura a pop de “The Weighing Of The Heart”. Como sempre, tudo parece nascer das suas cordas e das suas caixas de ressonância, e para nós isso bastaria, pois Cécile Schott tece como ninguém estes loops, agora acrescidos por uma câmara dub em homenagem a alguns mestres jamaicanos. Depois há canções frágeis, sussurradas com segurança, que se entrelaçam nas teias sonoras da sua viola barroca. Não seria preciso dizer isso agora, mas como “Captain Of None” é um álbum maravilhoso, não se esqueçam que esta francesa faz música que mais ninguém consegue fazer ou imitar: mandem-se de cabeça para “This Hammer Breaks”, o terceiro tema, e fiquem de queixo caído durante semanas.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 16 Maio, 2013

COLLEEN The Weighing Of The Heart CD

€ 15,95 CD Second Language

[audio:http://www.flur.pt/mp3/SL023-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/SL023-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/SL023-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/SL023-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/SL023-5.mp3]

São sete longos anos de ausência dos discos, desde “Les Ondes Silencieuses”, um disco tão bom quanto qualquer álbum que tenha editado desde 2003. “Everyone Alive Wants Answers”, nesse ano, revelaria uma obra imensa que ainda hoje parece ser o seu poder totalmente incólume – misterioso e fractal, feito como um cadáver-esquisito de sons e texturas de caixas-de-música fictícias. As composições foram sendo depuradas aos poucos, deixando à superfície melodias e texturas com as costuras à vista, apostando num formato menos tridimensional mas de igual impacto sonoro. “Les Ondes Silencieuses” foca-se nos instrumentos acústicos – viola da gamba e guitarra, principalmente – para cortar com os artificialismos do passado. E que passado haverá agora para fazermos as esperadas ligações a este novo álbum? Algumas, claro, porque há ainda esta bonita inquietação acústica, quase trovadoresca, que Colleen impregna nas suas melodias. A novidade – e é isso que procuramos sempre – parece estar num revestimento pop de alguns temas, fazendo relembrar Juliana Barwick ou Julia Holter no modo como espacializa vocalmente as canções. Parte de nós ainda prefere o lado instrumental, mas a verdade é que Colleen ainda nos dá pedaços raros e frágeis de encantamento, mostrando que sete anos de pausa não significaram a mesma coisa para nós. Edição cartonada com formato alongado diferente do que a imagem mostra.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »