Quinta-feira, 6 Dezembro, 2018

DON CHERRY Organic Music Society 2LP

€ 23,95 2LP (2012 reissue) Caprice

OUVIR ÁLBUM COMPLETO / LISTEN TO FULL ALBUM:
Organic Music Society

Editado originalmente em 1972 e gravado na Suécia, “Organic Music Society” é um dos discos mais emblemáticos de Don Cherry, onde junta uma série de músicos (Naná Vasconcelos, Tommy Koverhult, Tommy Goldman, Bengt Berger, Okay Temiz, entre muitos outros) para um percurso cósmico, que se desencontra do jazz, e procura as músicas do mundo, de uma forma espiritual, cósmica, num estado intenso de constante “procura”. Esta procura reside no facto de “Organic Music Society” desvendar o novo sem ter conhecimento do que está a fazer. Há barreiras que se quebram entre aquilo que se viria a conhecer como música cósmica nos anos 1980, ou de como a “world music” começou a ter os seus encontros com o ocidente nas décadas seguintes. Aqui não há amarras nem a preocupação de género. Um corredor espiritual, finalmente reeditado em condições.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 24 Abril, 2017

DON CHERRY Music, Wisdom, Love, 1969 LP

€ 16,95 LP Cacophonic! / Finders Keepers

[audio:http://www.flur.pt/mp3/18CACKLP-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/18CACKLP-2.mp3]

No final da década de 1960, em Paris, Don Cherry gravou umas sessões conhecidas como “Music, Wisdom, Love”, onde tocou com Karl Berger, Henri Texier e Jacques Thollot. A Finders Keepers conseguiu finalmente deitar mão a esse material e edita-o com duas versões, com ligeiras diferenças, ambas com Karl Berger, uma próxima do original e uma segunda editada para um filme de Jean-Philippe Delamarre, onde Anthony Braxton também colabora. É um exercício de estranheza e de colagens, oferecido à experimentação e que atinge um lado cósmico quando entra no registo spoken word.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 25 Fevereiro, 2016

DON CHERRY & JON APPLETON Don & Jon 7″

€ 10,50 7″ Cacophonic / Finders Keepers

[audio:http://www.flur.pt/mp3/CACK4506-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/CACK4506-2.mp3]

Em 1970 Don Cherry e Jon Appleton gravaram o álbum “Human Music” em conjunto, numa altura em que Don Cherry se afastava um pouco das convenções do jazz e andava a experimentar um pouco mais entre o jazz e outros géneros (é por esta altura que colabora, por exemplo, na banda-sonora de “Holy Mountain”). Os dois temas reunidos neste 7” são inéditos e encaixam na perfeição no contexto da época e daquilo que Jon e Don concretizaram juntos no álbum acima referido. É uma fusão perfeita entre electrónica e jazz, ambos os temas são experiências sonoras que quebram convenções e que se colocam nas fronteiras de outros géneros, e experiências na electrónica, que seriam populares – ou, melhor, que agora são populares graças às descobertas – na década de 1970.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 11 Junho, 2015

DON CHERRY, RONALD FRANGIPANE, ALEJANDRO JODOROWSKY The Holy Mountain 2LP

€ 43,95 2LP Finders Keepers

[audio:http://www.flur.pt/mp3/FKR074LP-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FKR074LP-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FKR074LP-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FKR074LP-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FKR074LP-5.mp3]

Há uns anos, aquando da edição em DVD das três primeiras longas-metragens de Alejandro Jodorowsky a ABKCO deu ao mundo pela primeira vez uma edição (na altura em CD) desta maravilhosa banda-sonora. Composta pelo próprio realizador, Don Cherry e Ronald Frangipane, “The Holy Mountain” é o complemento visionário em som para um filme todo ele visionário, não só em termos de linguagem, como de construção de iconografia. Na altura, Jodorowsky teve dinheiro para concretizar “The Holy Mountain”, mas a verdade é que por mais dinheiro e meios que tivesse na altura é ainda hoje difícil de conceber como conseguiu fazer uma obra tão única e rica a nível de imagem, com uma visão que mistura na perfeição ficção científica, espiritualidade e uma inconformidade em relação ao mundo presente de então, que ainda é o de hoje. É um filme que ganha uma própria intemporalidade e que consegue como poucos trabalhar a destruição de iconografia e construir uma nova sem que isso esteja propriamente dentro de uma agenda. Essa não-agenda é fundamental para “The Holy Mountain”, tanto o filme como a sua banda-sonora, pois confere-lhe uma liberdade rara capaz de construir a sua própria força. Entre prog-rock, jazz, psychedelia, field recordings e alguma composição mais tradicional, esta banda-sonora é, mais do que qualquer coisa que ilustra um filme, uma experiência única no universo musical. Pouca coisa soa a isto e poucas coisas se oferecem a tanta liberdade artística como o que aqui ouvimos. É possível contextualizá-la pelos tempos que se viviam, mas uniformizá-la em géneros acaba por ser um erro. É qualquer coisa de espiritual, mas de um espiritual sem regras: absolutamente libertário. E absolutamente essencial.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , , , / / Comentar: aqui »