Quinta-feira, 21 Março, 2019

FLOATING POINTS People’s Potential 12″

€ 8,50 12″ (2019 repress) Eglo

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2

Originalmente editado em 2010, “Peoples Potential” representava já Floating Points em cruzeiro numa área ampla que não criou mas que habitou com distinção. Já o escrevemos: “entre house, jazz e funk, numa incessante remodelação a partir de formas – podemos dizê-lo – clássicas.” O lado B “Shark Case” assume uma pressão mais electrónica, com a batida e os pratos em uníssono a fazer lembrar “Make It Happen” de Playgroup. mas também assume mais jazz no serpentear do piano, uma presença que, soando aleatória, expressa a vontade de transcendência do produtor. “People’s Potential” abre em boogie ácido para uma marcha pausada mas tensa. Old school. Classe, de regresso em reprensagem actual.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 21 Março, 2019

FLOATING POINTS Vacuum EP 12″

€ 8,50 12″ (2019 repress) Eglo

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3

Uma década, praticamente, desde a primeira edição de um EP que orgulhosamente trazia para a frente a fusão natural entre house, jazz e funk, numa incessante remodelação a partir de formas – podemos dizê-lo – clássicas. A sensibilidade, aqui, seria sempre diferente e mais abrangente do que o maxi médio que sai directo para a pista de dança. “Argonaute II” é um grande exemplo. Floating Points assinalou 2009 com vários discos (para a Planet Mu, R2 e a sua própria Eglo), deixando claro um programa que viria a expandir pouco depois, de forma mais orgânica, com o Floating Points Ensemble, praticando o seu treino musical clássico em regime mais sério. Classe, de regresso em reprensagem actual.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 10 Janeiro, 2019

STEVE SPACEK Natural Sci-Fi LP

€ 18,50 LP Eglo

O álbum que abre com uma canção R&B ácida com 8:40 esteve mais de uma década em produção. Spacek abre aqui toda a hipótese de interpretação que um título aparentemente contraditório como “Natural Sci-Fi” pode ter. A voz acontece muito à nossa frente, navegando a complexa mas espaçosa teia rítmica. A tarola regular em “Well Well Well” remete para a street soul britânica dos 90s, quando elementos mínimos sustentavam as vozes, mas não serve de regra à base instrumental do álbum, muito mais produto da convulsão criativa de final de século que percorreu a música desde a electrónica mais experimental (Mego, Mille Plateaux) ao R&B e hip hop mais comerciais (Timbaland, N*E*R*D). Para além da voz de Steve Spacek, é o constante desassossego da música que garante a genialidade de “Natural Sci-Fi”, 13 anós após “Space Shift” e alguns álbuns com o seu grupo Spacek. Urbano, mas não deste planeta.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 3 Fevereiro, 2017

SAUCE81 Dance Tonight 7″

€ 9,50 7″ Eglo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ATH041-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ATH041-2.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 9 Dezembro, 2016

SHAFIQ HUSAYN On Our Way Home 12″

€ 8,50 12″ Eglo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGLO52-1.mp3]

Em avanço do próximo álbum “The Loop”, Husayn (Sa-Ra) mostra aqui uma faixa apenas e o nosso queixo cai. Com Fatima e Jimetta Rose na ajuda, “On Our Way Home” é um clássico soul moderno. A produção complicada, estranha, dissonante até, ajusta-se perfeitamente à energia positiva, poderosa, das vozes. A narrativa começa quase em regime de afinação de instrumentos numa banda para depois abrir com voz e ritmo. A progressão atrai todo o tipo de pontuações elevadas e adjectivos favoráveis, como se abrissemos janela após janela para a mais deslumbrante paisagem que se possa imaginar. Soa como expressão de vida e também um certo fim de linha, porque ao ouvir as palavras “on our way home” podemos pensar naquele local mítico onde cada um de nós gostaria de acabar os seus dias. Apenas Sol e um corpo cheio de saúde. Este disco!

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 30 Setembro, 2015

FLOATING POINTS Shadows 2×12″

 € 18,95 2×12″ (2015 repress) Eglo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGLO022-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO022-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO022-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO022-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO022-5.mp3]

“Jazz is the teacher” (Juan Atkins) é uma frase apropriada para o que acontece, maioritariamente neste EP. “Myrtle Avenue” estabelece o modo com o ritmo permanentemente quebrado, as teclas, as vibes e a espécie de swing; “Realise” soa a Burial num dia de Sol, complicando mais o padrão rítmico, e até “Obfuse”, na sua glória jack, pode ser interpretado como equivalente a um bom solo de bateria. “Arp3″ é deep house, mas reparem nas teclas: História. “Sais” é, de novo, uma deslocação de Burial para o Sol, algo ainda mais luminoso do que “Realise”. Pura beleza sintética com referência mais ou menos directa à cena broken beat de Londres de há uma década atrás.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 30 Julho, 2015

MAALEM MAHMOUD GUINIA + FLOATING POINTS / JAMES HOLDEN Marhaba 12″

€ 11,50 12″ + LIVRO Eglo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGBC001-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGBC001-2.mp3]

Parece difícil reconhecer a identidade de cada um dos nomes mais familiares neste disco – Floating Points e James Holden – mas é precisamente em projectos desta natureza que essa identidade mais ressalta. Talvez não a consigamos ligar ao que já conhecemos deles, e teriamos certamente de gastar muito tempo a seguir os pontos, só que estas jams com o mestre Mahmoud Guinia obrigaram cada um a decidir que abordagem resultaria melhor para si. Logo, a identidade de Floating Points está resolvida no modo como deitou um tapete electrónico em espiral, convidando a improvisação de Mahmoud Guinia e a sua banda. Notórias e celebratórias, as vozes, as palmas e as cordas do guembri. Para Holden, a marca resolve-se com mais drama na flutuação constante do seu synth modular por entre o fogo aguerrido da banda. Aconteceu em Marrocos, num dia à beira de uma piscina, com a comunicação entre os dois britãnicos e os músicos marroquinos a fazer-se inteiramente através de tradutores. Para a música que gravaram em conjunto, no entanto, não há necessidade de intermediários. A acompanhar o disco, livro generoso com a documentação dos acontecimentos em fotografia.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 21 Maio, 2015

SAUCE 81 Natural Thing / Bustin 7″

€ 8,50 7″ Eglo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGLO40-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO40-2.mp3]

Japão ou Estados Unidos, anos 80? Japão. É tudo tão gloriosamente clássico, nestas duas malhas boogie, que é preciso ultrapassar um pouco da desorientação inicial para perceber que isto é contemporâneo. “Bustin” tem um nada de Dinosaur L (Arthur Russell), mas o que queremos dizer é que cada vez é mais notória a existência de um património universal, mais ou menos imutável porque perfeito, e que serve de base e inspiração praticamente infindáveis para gerações seguintes. “Natural Thing” pega nos cânticos festivos de algum rap inicial, quando Disco servia para desafios vocais entre MCs, e materializa uma máquina de groove 100% fiel ao espírito e artifícios da época. Soa fresco e irresistível e, logo, está acima de qualquer racionalização adicional.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 1 Outubro, 2014

FLOATING POINTS Sparkling Controversy 12″

€ 8,50 12″ (1-sided) Eglo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGLO038-1.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 5 Junho, 2014

FATIMA Yellow Memories CD / LP

€ 15,50 € 12,50 CD Eglo

€ 19,50 LP Eglo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGLO36CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO36CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO36CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO36CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO36CD-5.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 5 Dezembro, 2013

FUNKINEVEN / THE ABSTRACT EYE Egypt / Reflexes 12″

€ 8,50 12″ Eglo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGLO30-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO30-2.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 16 Agosto, 2013

FATIMA Circle 12″

€ 8,50 12″ Eglo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGLO28-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO28-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO28-3.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 26 Abril, 2013

V/A Eglo Records Vol.1 2CD

€ 17,50 € 13,95 2CD Eglo Records

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGL026-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGL026-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGL026-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGL026-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGL026-5.mp3]

A Eglo, primeiramente conhecida por ser um veículo para edições de Floating Points, depressa passou a representar as particulares fusões britânicas a partir da cultura de breaks com respeito pela sua sólida herança enraizada no período rave. Muitas das evoluções que daí nasceram são incorporadas, de uma forma ou outra, na selecção deste duplo CD. Hardcore, 2 Step, House, Ácido, Blip, Acid Jazz,Hip Hop, R&B, Dubstep, uma certa adaptação da vibe norte-americana em momentos de Shaunise ou Fatima (que prepara um álbum). “She’s Acid” de Funkineven é inequivocamente britânico, há incorporações do corpo pesado dos 90s como, de novo em Funkineven, com “Heart Pound” (“It’s a new sound from an old town”); Arp 101 tem o seu quê de Skwee e Electro-Funk desviado por Dubstep, tal como Mizz Beats. Variedade e qualidade num disco grande (bom, dois discos) que perfazem uma aula prática sobre parte significativa da música de dança britânica dos últimos anos. A editora celebra o quarto aniversário.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

CD1
1.Floating Points – “Radiality” 2.Floating Points – “Vacuum Boogie” 3.Funkineven – “Kleer” (feat Fatima) 4.Shaunise – “Catch” 5.Fatima – “Soul Glo” 6.Funkineven – “She’s Acid” 7.Floating Points – “Shark Chase” 8.Arp 101 – “Dead Leaf” 9.Funkineven – “Heart Pound” 10.Arp 101 – “Flush” 11.Mizz Beats – “Sanctuary”

CD2
1.Fatima – “Innervisions” (feat Floating Points) 2.Floating Points – “Sais Dub” 3.Floating Points – “Marylin” 4.Funkineven – “Roland’s Jam” 5.Floating Points – “Danger” 6.Arp 101 – “U” 7.Mizz Beats – “Scientific Brainpriest” 8.Floating Points – “Myrtle Avenue” 9.Fatima – “Visit You” 10.Floating Points – “Wires” 11.Shaunise – “Mercy” 12.GB presents The Abstract Eye – “Reflexes”

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 22 Agosto, 2012

FUNKINEVEN / FATIMA Phone Line EP 12″

FUNKINEVEN / FATIMA
Phone Line EP
Eglo 12″ 8.50 eur

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGLO024-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO024-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO024-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO024-4.mp3]


Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 23 Setembro, 2011

FUNKINEVEN Rolands Jam 12″

€ 8,50 12″ Eglo  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EGLO20-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO20-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EGLO20-3.mp3]

Com quatro maxis editados na Eglo, o londrino Funkineven (Steven Julien de nascença) tem apresentado em cada edição variações em volta do acid house, com maior ou menor sentimento pelo boogie e pelo cosmic. “Roland’s Jam” não tem muito que enganar, uma malha num Roland TB-303 com variações de ritmo e de velocidade que são um disparate mas que caem muito bem. Tem tanto da emergência e desespero de algum dubstep como da satisfação inerente do boogie/disco. É o seu tema mais forte desde “She’s Acid”. Do outro lado, “Take Back” segue a toada do lado A mas com um amor maior pelos sintetizadores dos anos 80, enquanto “XXX” é o boogie acelerado que já nos mostrou noutros maxis.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 3 Junho, 2011

FLOATING POINTS Sais (dub) 10″

 € 8,50 10″ Eglo  ENCOMENDAR

<a href="http://www.youtube.com/watch?v=fRR_DeoILzo?hl=en"><img src="http://blog.flur.pt/wp-content/plugins/images/play-tub.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>

Floating Points foi um dos nomes de 2010 com “Peoples Potential”, parte de uma geração de produtores que actualmente domina as atenções. Desde esse ponto em Março de 2010 (“Peoples Potential” teve de ser reeditado meses mais tarde para satisfazer a procura), Floating Points gravou um single próximo de Cinematic Orchestra (para a Ninja Tune), com um ensemble que inclui a vocalista Fatima. “Sais (dub)” é uma espécie de pequena desmaterialização do som mais orgânico desse ensemble, aproximando-se de uma forma etérea tal como praticada por Burial embora mantenha um tom erudito na atmosfera. Os graves são profundos, os beats ganham progressivamente impacto e as cordas dramáticas, a meio da faixa, fazem pensar já no álbum que se avizinha na Ninja Tune. Um lado apenas, nesta edição pensada para o Record Store Day 2011. Restam poucos exemplares.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »