Quinta-feira, 28 Junho, 2018

RIVAL CONSOLES Persona CD / 2LP

€ 11,50 CD Erased Tapes

€ 23,50 2LP Erased Tapes

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Rival Consoles (Ryan Lee West) utiliza o techno para viagens interiores ricas não só em detalhe mas, sobretudo, em panorâmica. A definição hi tech das suas composições serve perfeitamente a aura sofisticada da Erased Tapes, mais conotada com uma abordagem de galeria de arte. “Persona” parte da inspiração no filme com o mesmo título de Ingmar Bergman (na verdade, inspira-se na cena de abertura, ela própria um monumento avantgarde excepcional) para uma reflexão em som acerca do que nos compõe e de como somos percebidos a partir de fora. Pretexto talvez difuso para a música (qualquer música), mas a verdade é que encontramos uma certa correspondência entre comportamentos reais e a transposição musical em faixas como “Be Kind” e até em “Dreamer’s Wake”, uma espécie de percurso que acompanha um possível estado de vigília. “Untravel” parece indicar, sonicamente, uma chega a qualquer parte, eventualmente, para se cumprir sem resolução que não seja o mero percurso sem objectivo. Álbum aquecido por um tipo de produção aveludada que não provoca sobressalto imediato mas, em contrapartida, deixa uma boa margem para nos mexermos na cadeira em busca de posição mais confortável.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 27 Junho, 2018

NILS FRAHM Encores 1 MLP

€ 15,50 MLP Erased Tapes

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

A história começa com a construção do seu próprio estúdio. Nils Frahm dedicou algum tempo nos últimos a construir o Funkhaus em Berlim. O sentido de novidade, a abstração causada pelo excesso de ideias, levou-o a trabalhar diferentes direcções até chegar à selecção que ouvimos no maravilhoso “All Melody”, editado no início deste ano. Para chegar a essa coesão, Frahm passou por inúmeros processos de experimentação, construções sem paralelo de som e a sua amplificação, ideias que ficaram de lado por não simularem a ideia de um álbum. Antes de “All Melody” existiram outras ideias de álbum, outras ideias de como o lançar, outros temas e emoções que ficaram empatadas na vulnerabilidade de um conceito. “Encores 1” é um desses conceitos iniciais antes de “All Melody” ganhar forma, quando Nils Frahm imaginou o seu sétimo álbum como uma coisa tripartida, dividida em três momentos diferentes, atravessados por ideias que cruzavam as fronteiras de novas melodias e interacções da sua música. Cinco temas, vinte e cinco minutos de música que precisa de ser ouvida, compõem esta primeira parte de um projecto que repudia a ideia de lado B: até porque “The Dane”, umas das canções deste encore tem sido um sucesso nos concertos ao vivo de Nils Frahm. “Encores 1” é magno na sua tristeza e solidão, se “All Melody” é um álbum de amplitudes, os cinco temas deste MLP são um confronto com um espaço, um desafio à incerteza das possibilidades que um novo estúdio pode criar. É composto por sons com questões, frases inacabadas à procura da eternidade – e não de uma reticência sincronizada pela incerteza – que é revelada em “All Melody”. Íntimo e caloroso.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Terça-feira, 27 Março, 2018

HATIS NOIT Illogical Dance MCD / MLP

€ 11,50 MCD Erased Tapes

€ 13,95 MLP Erased Tapes

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4

Glitch extremo e a voz de Hatis Noit (Japão) entregue a miscigenações complicadas com electrónica e processamento pesado. Referências em caleidoscópio, desde tradição japonesa a ópera ocidental, vozes búlgaras, ambientes naturais, harmonias vocais, pop de vanguarda e, selando talvez a componente experimental, um edit voluntário dos Matmos para “Illogical Lullaby”. Disco ousado de música contemporânea que se desafia a si mesma, épico, dinâmico e, ao seu modo figurativo, rock ‘n’ roll.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 12 Fevereiro, 2018

NILS FRAHM All Melody CD / 2LP Erased Tapes

€ 12,50 CD Erased Tapes

€ 24,50 2LP Erased Tapes

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

O piano de Nils Frahm tem o poder de suspender a realidade. Discos como “Solo”, “Felt” e “Spaces” têm feito parte do nosso imaginário ao longo da última década e têm coordenadas para localizar a evolução do cruzamento entre a música clássica e contemporânea no século XXI, bem como a sua aproximação com a pop. A pop enquanto localização e estado de espírito. Para “All Melody” Nils Frahm ocupou o estúdio Funkhaus na Berlim do leste, estúdio mítico construído em 1950, e transformou-o numa casa onde permitiu que este disco nascesse e crescesse. Foram dois anos a construir a matéria de sonhos que agora se tem a oportunidade de ouvir. Matéria de sonhos porque “All Melody” é uma nuvem de melodia, enriquecida pelo de desejo de Frahm elevar a sua música a um estado que tanto serve a electrónica como soluções clássicas, criando belíssimas espirais que fazem lembrar algumas melodias de Robert Ashley a brincar com a candura de uns Múm. A erudição faz-se sentir em cada segundo deste álbum, até nas alturas em que o sentido pop de Frahm é accionado ao máximo e queria belíssimas epopeias sonoras: “Sunson” ou “A Place”. E rapidamente transforma o horizonte, nas belíssimas teclas que caem no ambiente de “My Friend The Forest” ou na revisitação a Jon Hassell em “Human Range”. Álbum que inflaciona com as sucessivas – e inevitáveis – audições e que é um ponto alto – mais um – na carreira do pianista. O título ainda por cima dá a indicação certa, mas não aponta para a saída deste “quarto mundo” de Nils Frahm. Delícia.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 19 Outubro, 2017

PENGUIN CAFE The Imperfect Sea CD

€ 14,95 € 11,95 (-20%) CD Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP097-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP097-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP097-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP097-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP097-5.mp3]

Após a morte do pai (Simon Jeffes) em 1997, Arthur Jeffes deixou Orchestra e continuou como Penguin Cafe, procurando no novo milénio prolongar uma importante história na música contemporânea. Penguin Cafe Orchestra representaram, na década de 70, parte da corrente alternativa ao rock, no seio da música popular, tecendo harmonias tradicionais talvez mais neutras, seguindo próximo dos mundos ambientais de Brian Eno e projectando um certo optimismo em relação ao estado do mundo e à relação do ser humano com a Natureza. Na verdade, estas últimas linhas podem ser aplicadas na íntegra a “The Imperfect Sea”, um novo manifesto sobre o poder da música na cura emocional (para quem a procura). Penguin Cafe transportam a mesma ruralidade de câmara, com Arthur Jeffes rodeado de colaboradores (nenhum da formação original) como CassBrowne (Gorillaz, Senseless things), Neil Codling (Suede) e vários outros nomes mais reconhecíveis dos circuitos de música clássica e contemporânea. O álbum sugere um filme em écran panorâmico e HD. Palavra-chave: esperança.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 6 Janeiro, 2017

PETER BRODERICK Partners CD / LP

€ 12,50 CD Erased Tapes

€ 16,50 LP Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP088CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP088CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP088CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP088CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP088CD-5.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 6 Janeiro, 2017

DOUGLAS DARE Aforger LP

€ 17,95 LP Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP089LP-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP089LP-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP089LP-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP089LP-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP089LP-5.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 4 Janeiro, 2017

RIVAL CONSOLES Night Melody MLP

€ 13,95 MLP Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP087LP-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP087LP-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP087LP-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP087LP-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP087LP-5.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 24 Agosto, 2016

WOODKID / NILS FRAHM / ROBERT DE NIRO Ellis OST CD / MLP

€ 11,95 CD Erased Tapes

€ 12,95 MLP (+ mp3) Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP086-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP086-2.mp3]

O filme para o qual esta banda sonora foi composta retrata a história de Ellis Island, porta de entrada para a imigração nos Estados Unidos, e as memórias dos incontáveis milhares de seres humanos que entraram no país por essa via ou foram rejeitados mesmo ali. Woodkid, ele próprio ligado à realização (videos para Lana Del Rey, Katy Perry, Taylor Swift, Drake / Rihanna, John Legend, etc.), estende uma narrativa melancólica que acompanha, no filme, o passeio de Robert De Niro pelas instalações abandonadas do complexo. Este último é chamado a intervir no disco, também, contando na primeira pessoa algumas experiências e sentimentos de um imigrante há muito desaparecido, abandonado pelos pais. O conforto, neste disco, é meramente estético: a beleza da composição e a voz familiar do actor. Nils Frahm reduz o tom mais clássico de Woodkid a um drone constante, tapete para De Niro, pontuando a linha com esporádicas subidas de tom, planantes, sem pressa.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 17 Março, 2016

TRANCE FRENDZ An Evening with Ólafur Arnalds and Nils Frahm LP

€ 16,95 LP Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP081LP-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP081LP-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP081LP-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP081LP-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP081LP-5.mp3]

O material aqui incluído é pela primeira vez editado em vinil, depois de ter feito parte da edição de “Collaborative Works”, resultado de umas sessões improvisadas entre Oláfur Arnalds e Nils Frahm. Dessas sessões foi feito um vídeo (pode ser visto aqui) e o material incluído nesta edição em vinil também pode ser ouvido no filme. Tudo foi gravado em 28 de Julho do ano passado em Berlim, numa sessão de oito horas, em que improvisaram pela noite dentro: e embora haja muito em comum entre os dois, há uma procura na sessão de explorarem território que lhes era pouco familiar. Os temas aqui presentes são excertos dessa sessão, não editados. São cerca de trinta e cinco minutos de uma candura fabulosa e com a clarividência habitual de Arnalds e Frahm.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 6 Janeiro, 2016

MASAYOSHI FUJITA Apologues CD / LP

€ 12,50 CD Erased Tapes

€ 16,50 LP Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP075CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP075CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP075CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP075CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP075CD-5.mp3]

Fujita apareceu na nossa frente com Jan Jelinek em “Bird, Lake, Objects” (2010), uma proposta bastante diferente de “Apologues”. O brilho do vibrafone entra e sai de campo consoante a mensagem que traz, em cada fase das composições no álbum. Tão próximo de uma linguagem jazz como de um – talvez mais evidente – neoclassicismo, o instrumento convive com outro material muito orgânico para representar imagens que não poderão ser dissociadas de uma certa melancolia rural ou ruas empedradas na zona antiga de uma cidade europeia clássica. São só imagens, é certo, mas a música em “Apologues” carrega tal potencial de imaginação que é muito difícil distanciar o que se escuta das paisagens que imediatamente surgem no olho da mente.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 6 Janeiro, 2016

LUBOMYR MELNYK Rivers And Streams CD / LP

€ 12,50 CD Erased Tapes

€ 18,50 LP Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP077CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP077CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP077CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP077CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP077CD-5.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 17 Setembro, 2015

RIVAL CONSOLES Odyssey / Sonne CD

€ 12,50 CD Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP069CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP069CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP069CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP069CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP069CD-2.mp3]

Não é muito normal ouvirmos estas coisas na Erased Tapes, mas a electrónica assim, tão directa e sem desvios, já andou por aqui, quase sempre pela mão de River Consoles – ou seja, Ryan Lee West, de Londres, que com Oláfur Arnalds tem o projecto Kiasmos (aquém das nossas expectativas). Em 2013, a Erased editou o EP “Odyssey”, e em 2014, o EP “Sonne”. Agora, em 2015, em formato CD, sempre económico, os dois esgotados EPs estão juntos para nos dar dois lados de qualquer coisa. Primeiro, “Odyssey”, uma épica representação em formato electrónico borbulhante de uma ideia pop, algures entre Efterklang, System 7, Metamatics, Orb clássico, ou muitos dos projectos da Warp e made in UK. De certa maneira, quase se percebe alguns golpes electrónicos de Nil Frahm, quando larga o piano e liga a electricidade nos seus teclados. Som vintage, estruturas clássicas, e alguma liberdade de movimentos que parecem não encontrar grande encaixe nos dias de hoje. Às vezes, isso vale tanto como descobrir a pólvora. Depois, “Sonne”, e o prolongamento de tudo, com mais espaço e menos automatismos. Adeptos da electrónica pop instrumental podem encontrar muito sumo aqui.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 10 Setembro, 2015

DAWN OF MIDI Dysnomia CD / 2LP

€ 12,50 CD Erased Tapes

€ 22,95 2LP Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP068CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP068CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP068CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP068CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP068CD-5.mp3]

Estamos a escrever sobre um álbum de 2013, vejam bem. “Dysnomia” é uma daqueles discos que nasceram no lado errado da cama, fora de tempo, e depois ficam meses e anos a conquistar as pessoas, devagarinho, até chegar a alguém que não acredita que música assim exista sem que faça um enorme estrondo. Esta justiça tardia tem outros exemplos muito conhecidos, o que prova que de facto há demasiada música por aí mas a que vale a pena chega-nos sempre aos ouvidos. Ou quase sempre. (E que a errada ocupa demasiado espaço à nossa volta.) Portanto: Marrocos, Índia e Paquistão em piano, contrabaixo e bateria, um trio cujas bissectrizes dos seus lados encontram Nova Iorque onde este trio – Amino Belyamani, Aakaash Israni e Qasim Naqvi, respectivamente – luta arduamente por um lugar ao sol. Talvez tenha vindo mascarado de “primeira parte” durante uma digressão esgotada de Nils Frahm pelos Estados Unidos no ano passado: público rendido, crítica rendida e uma reedição na Erased Tapes no saco. Nove temas, em corrente invencível, ritmo galopante e respiração techno, mas feito com alguns dos pressupostos que os Necks ofereceram ao mundo há muito tempo. Há um motor avassalador que parece alimentado por electricidade, mas há muito coração também, e é nesse espaço onde coabitam o melhor desses dois mundos que jaz toda a atração que temos por estes Dawn Of Midi. Não percam esta inebriante surpresa.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 31 Agosto, 2015

NILS FRAHM Music For The Motion Picture Victoria CD / LP

€ 12,50 CD Erased Tapes

€ 16,50 LP Erased Tapes

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

O primeiro tema de “Victoria” é altamente desconsertante: “Burn With Me” é de DJ Koze e não de Nils Frahm, e apesar das incursões na electrónica do pianista alemão, o techno ainda não faz parte do seu léxico. Pelo menos numa estrutura tão retilínea e clássica como aqui. Depois da falsa partida, mas que faz parte da banda sonora, entramos então na banda sonora escrita por Nils Frahm para um filme, a sua primeira aventura – por incrível que pareça – neste domínio. Realizado por Sebastian Schipper, “Victoria” é um filme feito num único take, e gravita à volta de uma rapariga espanhola que se vê em apuros à porta de um clube techno – daí “Burn With Me”. Conta-se que lhe foi pedido silêncio – o que garantia um “sim” automático de Nils Frahm. Contudo, não se fechou no piano e convidou Anne Muller (violoncelo), Erik Skodvin dos Deaf Center (guitarra) e Viktor Árnason (violino) para o acompanharem numa espécie de partitura em surdina, em que menos é mais, criando, crê-se, o tapete ideal para uma história feita de momentos de alguma tensão. “In The Parking Garage”, por exemplo, espraia-se num drone que se movimenta num ruído exterior, como se fosse um elemento vivo. Ouve-se “Victoria” e parece fazer todo o sentido que Nils Frahm trabalhe com imagens, ao mesmo tempo que nada da sua música parece alterar-se por estar ao serviço do cinema. Talvez este cinema o ajude, e vice-versa, e que outros convites mais ambiciosos não deturpem o que ele tem para dizer. Depois do explosivo “Spaces”, Frahm continua a mostrar-nos contenção e ideias pouco habituais para quem atingiu uma espécie de olimpo. O rapaz é esperto e este “Victoria” é um belíssimo disco para todos os que seguem a sua música: explosiva ou em surdina.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 23 Abril, 2015

LUBOMYR MELNYK Evertina MCD / 10″

€ 13,50 € 9,95 MCD Erased Tapes

€ 15,50 € 12,95 10″ (+ download code) Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP064CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP064CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP064CD-3.mp3]

Se gostaram muito de “Corollaries” ou de “The Watchers” (este com a estimada e importante colaboração de James Blackshaw), este “Evertina”, embora de dimensão reduzida, é bem surpreendente por não prolongar aquilo que conhecemos depois deste ucraniano-canadiano reaparecer no lado vísivel da indústria (a nossa, claro). Lubomyr criou a fama da sua rapidez no teclado, tornou-se uma espécie de ídolo exagerado para a cena neo-clássica, mas este mini-álbum afasta-se ligeiramente da sua marca de “piano contínuo”. E dizemos ligeiramente porque as suas composições continuam a deslizar no tempo, criando pequenas histórias ilusórias em círculo. Mas o círculo aqui é falsamente fechado e Lubomyr consegue a proeza de criar temas de uma beleza extrema de onde quase não se suporia que acontecessem. Talvez prefiramos ouvi-lo num contexto mais minimal, mas por um momento, e curto, esta é uma boa prova do que este velho senhor é capaz.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 23 Abril, 2015

DOUGLAS DARE Whelm CD / LP + LIVRO

€ 15,50 € 12,50 CD Erased Tapes

€ 18,50 € 15,95 LP + LIVRO (+ download) Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP057CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP057CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP057CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP057CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP057CD-5.mp3]

A Erased Tapes vai convencendo-nos que é uma editora de “modern classical”, um género de difícil definição embora isso também ajude a alguma liberdade quando falamos de música. Pianos e cordas é um assunto recorrente, mas depois há todo um campo que vai para além disso – como “Whelm” – mas que ainda mostra um feeling de câmara e acústico, como se a pop voltasse a ser algo muito sério e imponente. Há espaço para tudo e Douglas Dare agarra com unhas e dentes um espaço muito seu, feito com uma ambição que não sentimos todos os meses do ano. De Londres – onde, para além de Berlim, também opera a Erased Tapes -, Douglas Dare impressiona com os seus 23 anos e com o à-vontade com que escreve canções e, sobretudo, como as veste. Parte frágil, parte épico, Dare sabe exactamente o equilíbrio dos seus arranjos para levitar as suas palavras do chão sem nunca as deixar fugir. Parte acústico , parte electrónico, Dare tenta entrar num espaço pop que nem sempre é bem habitado. Profusamente comparado a James Blake ou Rufus Wainwright, Dare também convence pelas ideias que tem. Uma estreia fantástica e um punhado das mais impressionantes canções deste ano!

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 9 Abril, 2015

NILS FRAHM Solo CD / LP

€ 15,50 € 12,50 CD Erased Tapes Sounds

€ 21,50 € 16,50 LP Erased Tapes Sounds

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

De repente: um novo álbum de Nils Frahm. Preparado no silêncio e escondido de todos até à data de lançamento, “Solo” aparece no mercado livre depois do esmagamento de “Spaces” e da projecção intergaláctica do jovem pianista alemão. E como já fizera uma vez com “Felt” (alguma da técnica desse disco foi agora repetida), Frahm mostra ter estofo para inverter o que esperam dele e sussurrar-nos ao ouvido. Apesar da edição ter sido inesperada, todo o seu enredo foi transmitido ao longo de meses via Facebook e em muitos artigos: o Klavins M370 é um piano vertical, talvez o maior que existe no mundo, pesando quase 2 toneladas de madeira e cordas, e com quase 4 metros de altura. Impressionante. Tal como o som que daqui sai, presumimos. E não sabemos ao certo porque Nils Frahm preparou-o com tecidos e microfones estratégicos para retirar do instrumento o feeling perfeito para as suas composições. Durante três dias gravou dezenas de horas e o cut final é aquilo que melhor exemplifica o casamento entre Frahm e Klavins – o alemão confessa que a imponência do piano fê-lo tocar cada vez mais lento, tentando manter vivas as notas o mais possível. Depois da explosão de “Spaces”, Nils Frahm recolhe-se e decide dar-nos um relato desse recolhimento: único, pelo instrumento e pelos resultados de pianista tornado estrela.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 17 Julho, 2014

A WINGED VICTORY FOR THE SULLEN Atomos VII MLP

€ 17,50 € 12,50 MLP (+ download) Erased Tapes

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ERATP056LP-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP056LP-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ERATP056LP-3.mp3]

A contagem decrescente já ecoa nos vários pisos do edifício da Flur. Muitos anos depois do álbum de estreia – Setembro de 2011, vejam bem! -, Adam “Stars Of The Lid” Wiltzie e Dustin O’Halloran preparam o segundo filho da sua magnífica união, dando-nos um 12” com três temas. Um deles estará no CD/2LP em Outubro (banda sonora retrabalhada para uma peça de dança de Wayne McGregor), mas os outros dois momentos valem o investimento: “Minuet For A Cheap Piano Number One” é uma sobra do álbum de estreia, uma doce e melancólica (adjectivo óbvio, sim) dança em câmara lenta que nos vai parando o sangue no corpo, cheia de notas de piano abandonado e estática desoladora entre as teclas; “Atomos VII (Greenhouse Re-Interpretation)” é uma versão de 15 minutos do primeiro tema deste disco, com camadas de Inverno islandês a serem lançadas e destapadas por Ben Frost (mas podia ser Tim Hecker) sobre filigrana acústica em crescendo. Tudo simples e tremendamente eficaz. Como dizíamos no início, as saudades eram muitas, e este disco – apenas em vinil transparente, e posto cá fora em quantidade limitada – vai ter mesmo que chegar até Outubro.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Domingo, 13 Abril, 2014

A WINGED VICTORY FOR THE SULLEN Atomos CD / 2LP

€ 15,50 € 12,50 CD Erased Tapes

€ 26,50 € 23,50 2LP Erased Tapes

Com Dustin O’Halloran, Adam Wiltzie encontrou um bom parceiro para prosseguir as viagens que nos mostrou com os Stars Of The Lid. Depois do passo em falso que foi Dead Texan (falso porque estava a milhas de outros trabalhos de Wiltzie), A Winged Victory For The Sullen foi um na direcção certa. Em O’Halloran encontrou alguém para modernizar o seu som, escapar aos drones e criar algo que até entra mais em contexto com aquilo que se faz nesta década. Depois da estreia surpreendente com o álbum homónimo, “Atomos” é uma continuação fantástica do som que nos haviam apresentado há uns anos. O encontro entre os dois é um daqueles raros casos em que o melhor de dois mundos funciona como um elogio e não uma tirada de marketing para justificar uma banhada. Há de facto um encontro entre esse “melhor”, pela forma como Halloran faz suspender o tempo e como Wiltzie consegue reunir sempre condições para nos dar paisagens lindíssimas. Há qualquer coisa de clássico aqui, nada reinventado, com um cheiro a novo, que é difícil de apanhar em discos que vêm marcado com pop. “Atomos” é muito especial.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »