Terça-feira, 7 Agosto, 2018

MIKA VAINIO / JOACHIM NORDWALL Monstrance 2LP

€ 21,95 2LP (2018 reissue) iDEAL Recordings

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

O mundo da electrónica é generoso em colaborações, já se sabe. E graças a deus, Mika Vainio é um dos mais trabalhadores músicos que existem. Mas com Joachim Nordwall ainda não havia uma ligação, apesar da música que ouvimos aqui ser fruto de uma experiência bem sucedida que remonta a 2010, quando se aventuraram no estúdio dos Einstürzende Neubauten. Não foi apenas um delírio electrónico, o que se passou; tanto Vainio como Nordwall aproveitaram as condições do local para largarem métodos tradicionais e apostarem num revival bem especial. Como se o fantasma dos Neubauten andasse por lá, corroendo as gravações e o metal de “Monstrance”. O resultado é mesmo uma pequena tempestade eléctrica, semi-rock, semi-digital, onde vem ao de cima o poder sonoro que Nordwall e Vainio possuem. Parece o fim do mundo, mas na verdade é um mundo novo.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 9 Fevereiro, 2017

JOACHIM NORDWALL The Ideal Black LP

€ 15,50 LP iDEAL Recordings

[audio:http://www.flur.pt/mp3/IDEAL151-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/IDEAL151-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/IDEAL151-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/IDEAL151-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/IDEAL151-5.mp3]

O título é esclarecedor. Segundo o próprio Nordwall “The Ideal Black” é uma referência a um local em que gosta de estar, de se acomodar. Há algo de intenso neste seu último disco, não é um disco de escuridão, mas um disco que ofusca a escuridão com ela. Fisicamente intenso, “The Ideal Black” aproveitou as frequências e ressonâncias do espaço onde gravou (equipado com uma série de amps) para fazer transcender a própria ideia de espaço e, por associação, de isolamento. Porque o estúdio pode ser um local de isolamento. Isso não carrega nada de negativo neste caso, este é um disco que ataca a espinha e cria espasmos. O som é projectado com fisicalidade, sem preparação para o ouvinte. A repetição afina a ideia do espaço envolvente, ou seja, sente-se o som a ser projectado no estúdio, a misturar-se, envolver-se, transformar-se. É uma entidade viva, estranhamente viva, como não ouvíamos há muito tempo. É um wall of sound condensado, Nordwall constrói batimentos cardíacos que se tornam mais presentes nos nossos ouvidos do que os do próprio coração. Enorme surpresa. Maravilha! Limitado a 300 cópias.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »