Quinta-feira, 10 Julho, 2014

ENO / HYDE High Life CD

€ 14,95 CD Warp

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WARPCD255-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD255-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD255-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD255-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD255-2.mp3]

Segundo fôlego, pouco após “Someday World”, agora numa barragem polirrítmica descrita pelos músicos como tendo sido inspirada por Steve Reich e Fela Kuti. Ninguém dorme no terreno e, se há uma certa África a respirar no álbum, “Lilac”, a partir do meio, é quase textualmente Underworld em rock africano. Muita textura inesperada nesta colaboração substancialmente diferente de “Someday World”, revelando a incessante produção de Brian Eno como uma das grandes dádivas musicais à Humanidade. “High Life”, título directamente referencial do estilo africano que fundou o afrobeat, nem sequer é bem um disco pop ou, se o é, pisa outros degraus também, e é fácil ver nele uma vontade em alienar potenciais ouvintes. No entanto, para quem segue Brian Eno, nada na música em que está envolvido é particularmente alienante, passando à categoria de enriquecedor quando se dá o caso de estarmos a ouvir música dele que não seja propriamente o que esperaríamos. “Cells And Bells”, no final, une celestialmente o ambiente-Eno com a perfeita e reconhecível voz sintética de Hyde. Única via possível, aqui, é escutar.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 9 Maio, 2014

BRIAN ENO & KARL HYDE Someday World CD / 2LP

€ 14,50 CD Warp

€ 22,50 2LP + mp3 Warp

€ 27,50 2LP + mp3 + art print Warp

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WARPCD249-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD249-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD249-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD249-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD249-5.mp3]

Não existe propriamente um limite estilístico para a música de Brian Eno. Da pop glam mais extravagante com Roxy Music à música mais “discreta” de sempre, Eno inventou fórmulas, refrescou a pop, deu ânimo ao punk, inspirou a cold wave, fabricou música ambiental, escreveu, fotografou, filmou. O seu impressionante legado não é transparente neste novo disco com Karl Hyde, carismático vocalista dos Underworld, que deu ao mundo mantras culturais e geracionais em faixas do álbum “Dubnobasswithmyheadman” (1994) e, especialmente, o famoso “Lager lager lager!” em “Born Slippy”, algum tempo depois. Que esperar de “Someday World”? Talvez um disco menos pop do que na realidade é, mas que significa isso? Eno traz, entre outros, Andy MacKay dos Roxy Music, Will Champion dos Coldplay, John Reynolds (produtor de Sinead O’Connor) e outros. Isto continua sem nos dar pistas.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »