Terça-feira, 3 Abril, 2018

K2 Zug Too 12″

€ 11,95 12″ Detroit Underground

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2

Kero + Kyle Hall


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 3 Fevereiro, 2016

KYLE HALL From Joy 3LP

€ 44,95 3LP Wild Oats

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WO18K-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO18K-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO18K-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO18K-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO18K-5.mp3]

Em relação a “Boat Party”, o álbum anterior, “From Joy” segue uma direcção claramente mais musical e harmoniosa. Em mais do que apenas alguns momentos, remete para uma filosofia rítmica muito cara à cena broken beat britânica de há 15 anos. Kyle Hall anuncia este álbum como “um mecanismo e um lembrete” para regressarmos a um estado energético semelhante ao que se experimenta em criança, quando estamos mais em contacto com quem realmente somos. Intenções à parte, “From Joy” espalha de facto uma vibração luminosa. Não sendo um disco simples, consegue extrair essa luz natural de um cruzamento complexo de house e jazz, sobretudo. Kyle Hall sempre se colocou ligeiramente (e às vezes bastante, oiçam o seu disco na FXHE) ao lado do curso rítmico e harmónico habitual na música de dança, mas neste álbum dá-se uma espécie de aproximação a um centro mais universal, ainda que “Feel Us More”, por exemplo, retenha toda a sabedoria “de esquerda” tão bem explicada nos primeiros maxis que editou na Wild Oats. Kyle Hall avança na idade, como toda a gente, e “From Joy” mostra-o em mais claro contacto com quem o segue.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 13 Julho, 2015

KYLE HALL Must See EP 12″

€ 9,50 12″ Third Ear

[audio:http://www.flur.pt/mp3/3EEP201001-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/3EEP201001-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/3EEP201001-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/3EEP201001-4.mp3]

REPRESS

Kyle Hall é um prodígio ainda abaixo dos 20 anos de idade, mas “Must See EP” mostra pleno domínio da linguagem house forjada quando ele nem era ainda nascido. A diferença é a quantidade de ângulos que aparecem na sua música, distinguindo-a da suavidade dominante na cena deep house / dub house, genericamente aborrecida a menos que se procure unicamente a criação de um ambiente homogéneo. Sob uma capa de aparente superficialidade melódica, “Must See” revela camadas inesperadas e um apuro de composição que não está, acreditem, ao alcance de todos.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 18 Setembro, 2014

KMFH (KYLE HALL) Down 12″ + 7″

€ 21,50 12″ + 7″ (2014 repress) Wild Oats

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WO6KWO17K-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO6KWO17K-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO6KWO17K-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO6KWO17K-4.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 5 Junho, 2014

KYLE HALL Girl U So Strong / Take Me Away 12″

€ 9,50 € 8,50 12″ Hyperdub

[audio:http://www.flur.pt/mp3/HDB084-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HDB084-2.mp3]

Segundo maxi de Kyle Hall na Hyperdub, um novo objecto estranho que mistura de forma fluída a ambiência de Detroit, electro, footwork e só o suficiente de UK Bass para pertencer à família. Génio sempre em acção, mostra sobretudo em “Take Me Away” como sabe trabalhar harmonia e texturas em contextos deslocados de normas apertadas. Esta é a sua direcção, camada em topo de camada, apresentando um manifesto de ritmo quebrado que não é house nem techno mas assimila todas essas raízes para chegar sempre a uma assinatura própria. Muita história condensada nestas duas faixas que projectam ainda mais no futuro a expectativa do que será possível ainda sair da imaginação de Kyle Hall.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 13 Dezembro, 2013

KYLE HALL The Boat Party Bonus 12″

€ 10,95 12″ Wild Oats

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WO13-5K-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO13-5K-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO13-5K-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO13-5K-4.mp3]

KMFH com adenda ao álbum de 2013, “The Boat Party”, em que foi notória a diversão com o ritmo, a exploração do esqueleto básico, a quase hipnose em torno do beat, em modo jack e em modo edit clássico, relembrando as fundações house mas com todo o twist benéfico que uma cabeça segura de 22 anos consegue dar actualmente. “Flemmenup” é recuperado do LP e mexido para nova versão, e o resto é uma ideia muitíssimo concreta do que podemos esperar, por exemplo, de um set de Kyle Hall. Aliás, já comprovámos isso mesmo nas suas visitas ao Lux. Base rítmica essencial e tudo o resto composto por cima, venha de um mundo Disco de onde nasceu a música de dança como conhecemos, ou venha de um subterrâneo em baixo de uma fábrica (“12 Doors”). Em qualquer dos casos, estas são ainda algumas das abordagens mais genuínas e consequentes nas pistas de dança actuais. Não durmam, até porque é mito difícil dormir com isto.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 9 Setembro, 2013

FUNKINEVIL Ignorant / In The Grid 12″

€ 10,95 12″ Wild Oats

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WOEVIL02-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WOEVIL02-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WOEVIL02-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WOEVIL02-4.mp3]

O maxi electro de Kyle Hall e Funkineven, exibindo o tac-tac-tac da caixa-de-ritmos a cortar uma linha de baixo ácida que carrega tudo para a frente, mas devagar. Isso é “Ignorant”, passeio por uma subcave onde Funkinevil gostam de fazer experiências com as mãos nas máquinas. “In The Grid” não aumenta velocidade, mas acrescenta espaço de respiração por cima das palmas sintéticas ainda enraizadas nas zonas certas de >Detroit e Miami. Duas faixas nitidamente para a cabeça + uma Intro e uma Outro para estabilizar ainda mais.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 15 Maio, 2013

KYLE HALL The Boat Party 2LP

€ 21,95 2LP Wild Oats

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WO13K-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO13K-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO13K-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO13K-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO13K-5.mp3]

Kyle Hall, look what you’ve done! Relativamente distante da matriz house pela qual ganhou mais nome mas seguro nas explorações constantes que avançam de disco para disco. Uso e abuso de efeitos e dinâmica rítmica num álbum cuja direcção, não sendo bem o caos, terá dificuldade em ser seguida sem pré-disposição para a aventura. Raízes de Detroit bem vincadas nas faixas em que se nota a influência de 3 Chairs (Disco-house filtrado com estilo e alma), rudeza nas pancadas rítmicas, quase-footwork em “Finnapop” e “Flemmenup”, títulos estranhos (e europeizados?) numa manobra fantástica de diversão pura com os rudimentos da música de dança. Mais a ironia do título “The Boat Party”, em alusão às festas glamorosas em barcos na Europa, quando Kyle aparece sentado num barco encalhado provavelmente na neve de Detroit (teríamos de lhe perguntar). Realidade e firmeza sem perder o coração mole de genuíno entusiasmo pela manipulação dos sons. Álbum para dividir opiniões, embora a nossa esteja mais do que resolvida: o mundo, o mercado, as gentes precisam de Kyle Hall. É o produto no mercado que tem pouco açucar e faz-nos sentir bem e fortes. Mas esqueçam, é errado chamar-lhe produto.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 14 Dezembro, 2012

KYLE HALL / KERO Zug Island 12″

€ 11,50 12″ Wild Oats  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WO-K2-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO-K2-2.mp3]

“K2 Attack!” soa bastante mais sintético do que a escola que Kyle Hall fundou e na qual era professor e aluno. Em teamwork com Kero (outra geração, música editada ainda nos 90s), isto parece Drexciya reduzido à essência dos breaks (super-clínicos) e ácido complementar numa construção que deixará o pessoal na pista a pensar nos passos que vai fazer para continuar a dançar. Ciência abstracta mas a funcionar como um relógio bem acertado. “Zug Island” é um título dado em homenagem à ilha artificial com o mesmo nome que foi fabricada em Detroit para facilitar a circulação de navios. A herança industrial nota-se na música mas de uma forma quase romântica e, sobretudo, contida. Onde se esperariam beats sólidos encontramos tudo filtrado em ecos e sugestões de tensão que por vezes se assemelham ao bater da chuva em chapas de revestimento de um telhado sob o qual nos encontramos. Também tem ácido, a conta-gotas, e tudo nesta faixa parece ter sido pensado para nos deixar a querer – não, precisar – de mais.


Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 12 Outubro, 2012

FUNKINEVIL
Night / Dusk / After Dark 12″

€ 11,50 12″ Wild Oats

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WOEVIL01-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WOEVIL01-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WOEVIL01-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WOEVIL01-4.mp3]

Parte do processo de mutação de Kyle Hall ou, pelo menos, da linha estética mais intensa que segue em tempos mais recentes. Disco absolutamente normal para quem ouviu o seu set no Lux há poucos meses e aqui, combinado com Funkineven, segue para território duro em “Night”, uma súmula do corpo bem testado dos 90s, em que o beat é uma marca física inescapável. O disco está vagamente organizado em função dos momentos que encerram um dia. Se o que ouvimos de Evil se chamava “Night”, retrocedemos para “Dusk” com Kyle Hall a fazer magia com a sua ideia de house. Linha de baixo em contratempo num passeio de perfeição absoluta. Nas pontas do disco, “Intro” e “After Dusk” aproximam tudo isto do Contacto Cósmico universal, com linhas de sintetizador que parecem saídas de uma abstracção jazz fora deste mundo. Queremos mais disto.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sábado, 11 Dezembro, 2010

KYLE HALL Kaychunk / You Know What I Feel 12″

€ 7,95 12″ Hyperdub

Kyle Hall, de quem já falámos aqui algumas vezes (discos seus parecem estar sempre nos nossos favoritos de cada ano), estreia-se na Hyperdub com um maxi que acentua a tendência breakbeat do seu último disco. Kaychunk” e “You Know What I Feel” são exemplos de house mutante que, exagerando um bocado, evoluem como fractais para se manifestarem mais à frente no tempo com outras características em relação ao início do processo. Não se deixem aborrecer por esta conversa meio desesperada para tentar descrever música. Mesmo superlativo absoluto sintético que usámos acima: Óptimo, ou deveriamos dizer: Lindo!


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 26 Novembro, 2010

V/A Rick Wilhite presents Vibes: New & Rare Music CD

€ 13,50 CD Rush Hour

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RH111CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RH111CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RH111CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RH111CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RH111CD-5.mp3]

Não nos odeiem por tentarmos lembrar regularmente que é importante olhar para as fontes eternas de onde muita criatividade brota. Em 2010, a cidade de Detroit parece ainda eterna, em termos de influência e importância na música dos últimos 50 anos. O efeito duradouro do melhor techno produzido na cidade desde os anos 80 tem precisamente a ver com a incorporação futurista da tradição, uma continuação, como Derrick May ou Kevin Saunderson tentaram, da soul de gerações anteriores.
Rick Wilhite e outros prolongam essa ligação umbilical, mas ele escolheu também ter uma loja de discos (que se chama Vibes) para solidificar essa tradição em produto que as pessoas possam ter. Este CD reúne música editada em vinil ao longo dos últimos meses, produções de históricos como Urban Tribe, Theo Parrish, Marcellus Pittman e The Godson ele próprio (Rick Wilhite) a par de nomes mais recentes ou emergentes como Kyle Hall, Vincent Halliburton, Marc King, Derwin Hall e Ricardo Miranda. Urban Tribe está mais próximo do que é considerada a origem da cena house (Disco), mas é Theo Parrish quem, logo na abertura, utiliza uma sample que, mais uma vez, recorda que o tambor está na génese de toda a música. Parrish exercita da melhor forma o seu tipo de jazz tribal clássico, se tal forma pode ser definida, e radicaliza uma expressão na qual muitos podem não reconhecer “soul”. Mas mesmo os mais cépticos podem, logo a seguir, baixar as barreiras com uma incrível produção deep house de Glenn Underground, mais próxima da história “oficial” de toda esta música. Tudo o resto em “Vibes…” mostra um cenário rico em detalhe, construção sentida e orgulho próprio plenamente justificado. Em referência óbvia a um dos grandes clássicos da cena, Marc King termina o disco com o título “Can U Feel It?” House.

CD: 01. Theo Parrish “When I’m Gone” 02. Glenn Underground “Ninja” 03. Ricardo Miranda “Urbanism” 04. Derwin Hall “Kaliedescope” 05. The Godson & Kyle Hall “Microburst” 06. The Godson “Analog Love” 07. Marcellus Pittman “In Due Time” 08. Kyle Hall “After All” 09. Urban Tribe “First Mistake” 10. Vincent Halliburton “Something I Feel” 11. Marc King “Can You Feel It”

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 19 Novembro, 2010

NSNT PRJCT Laygo My Faygo 12″

nsnt prjct

€ 10,50 12″ Wild Oats  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WO-NSNT-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO-NSNT-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO-NSNT-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WO-NSNT-4.mp3]

Outra amostra do poder de Kyle Hall na competição actual. New School N1994 Techno tem quatro faixas co-produzidas com Manuel Gonzalez e passa uma sensação de que é tudo gravado ao vivo, direkt em jam session. Talvez não seja assim, mas o som transporta muito bem essa mensagem. Esta música não procura uma conclusão propriamente dita, aparece quase do nada, quase puramente rítmica, mas se prestarmos atenção ao que acontece entre as batidas percebemos que é território conseguido à força, por imposição de uma criatividade sem regras. Algumas secções recordam a ciência primordial de Errorsmith, mas aqui é tudo mais quente e envolvente.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 22 Outubro, 2010

DJ KASE N POINT (KYLE HALL) The Costume Mix CDR

€ 9,95 CDR Wild Oats  ENCOMENDAR

Kyle Hall tocou no Lux há uma semana, quem esteve lá pôde assistir a um set de house tocado com  alegria e entusiasmo. Kyle não é tecnicamente invisível, ou seja, as suas misturas são sentidas, são – digamos – “reais”, trabalha bastante a mesa para criar momentos especiais (não tão radical como Theo Parrish, mas também ninguém o é), e o seu movimento constante na cabine inspira entusiasmo e vontade de dançar. Kyle deixou-nos alguns exemplares para vender de uma mixtape de 2009, e é com o seu set ainda fresco na memória que ouvimos com prazer esta selecção de house esteticamente baseada na década de 90, ainda que muita da música seja bem mais recente do que isso. Cybotron e paul Hardcastle aparecem vindos de outra zona mas perfeitamente integrados com sons de Kyle Hall, Omar-S, Marcelus Pittman e outros. CDRs identificados à mão e embalados/desenhados pelo próprio Kyle Hall. É como se fosse um presente para uma amiga ou amigo.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 14 Outubro, 2010

KYLE HALL Sun Goddess EP 12″

kylehall

€ 9,95 12″ Wild Oats  ENCOMENDAR

Os maxis de Kyle Hall não são apenas mais um lote a chegar à loja. Cada passo na logística (criar a ficha do artigo, atribuir-lhe preço e colocá-lo no expositor) é feito com o prazer seguro de estarmos a contribuir para que algo que gostamos muito possa ser fisicamente partilhado com mais pessoas. No momento, Kyle é o produtor que toda a gente respeita, conquista tudo com a sua visão deep house temperada por boa parte da vida (ele não tem ainda 20 anos) a fazer beats. Este maxi equilibra as duas coisas que melhor o distinguem: “Solar Funk” é mais uma obra-prima deep house, rica em pormenor, longe da paisagem estéril da maioria das produções no auge do género (final dos 90s) e também na actualidade – muito superior a quase tudo o que passa por deep house hoje em dia. Há muito funk a fervilhar uma ou duas camadas abaixo do beat, difícil de conter em condições normais mas Kyle Hall domina a sua ciência e consegue ser bom na suprema arte da contenção. “Dances With A Sun Goddess” mostra o lado mais físico e tribalista, é uma faixa rítmica que nunca chega a ser ácida mas contém todo o poder jack necessário para uma afirmação crua de que isto é excitante, não é esquisito.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 1 Julho, 2010

V/A Rick Wilhite presents: Vibes New & Rare Music part C 12″

€ 8,50 12″ Rush Hour

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RH111C-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RH111C-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RH111C-3.mp3]

Uma colectânea de talentos novos e antigos com ligação à loja de discos de Wilhite em Detroit, a Vibes. A parte C começa com um som atípico em Kyle Hall, uma manipulação de loops rítmicos em que parece que ouvimos os filtros e efeitos a ser mexidos em directo. Wilhite (ou Godson) faz uma cena meio Moodyman com “Analog Love” – lento, baixo pesado, hi-hat bem em cima, voz feminina mergulhada em efeito. No lado B, Hall e Wilhite, juntos, produzem o que podia ser um encontro entre 3 Chairs e Wolfgang Voigt, profundo, escuro e dramático, com beats em contra-mão como Voigt colocava no seu projecto M:I:5.

 

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 9 Abril, 2010

Lista #13: Kyle Hall

kyle hall floating points

Kyle Hall (EUA)
Produtor / DJ

ABRIL 2010

KYLE HALL - Kaychunk / You Know What I Feel
THE HUNDRED IN THE HANDS – Dressed In Dresden (Kyle Hall rmx)
KYLE HALL - Must See Ep
SPACE DIMENSION CONTROLLER – Journey To The Core Of The Unknown Sphere (Kyle Hall rmx)
KYLE HALL - The Dirty Thouz
KYLE HALL – Plastik Ambash
RE:GROUP – The Anti Chance EP
ACTRESS – Machine And Voice
FLOATING POINTS - People’s Potential
BIG STRICK – 100% Hustler

MySpace


/ / Etiquetas: / / Comentar: Um comentário »

Sexta-feira, 22 Maio, 2009

KYLE HALL The Perfekt Sin 12″

kyle-hall-perfekt-sin1

€ 9,95 12″ Wild Oats  ENCOMENDAR

Incrível. Combo de putos com filho de Amp Fiddler na bateria e o melhor som deep house do momento: “The Perfekt Sin” é a primeira faixa neste maxi e vem assinada por Bsmnt City Anymle Kontrol. As outras duas faixas são típica cena Kyle Hall, um prodígio na aprendizagem com o som Theo Parrish para o levar para ainda outra dimensão. Melhor gajo do momento, com Tim Toh. A sua maneira de cruzar soul com beats desordenados e um fantástico kick com som de jam em estúdio faz esta música ascender ao topo (não estamos a falar de segundos nem terceiros lugares), dinâmica e arrojada, absoluto must em 2009 e para além.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »