Quarta-feira, 7 Novembro, 2018

DEMDIKE STARE Passion 2LP

€ 25,50 2LP Modern Love

Nos dois álbuns de Burial, “Burial” e “Untrue”, a música electrónica/dança encontrou um cenário futurista que servia as necessidades de um novo século, lançando as bases para a construção e desconstrução que surgiria na década seguinte – até hoje – da música de dança britânica dos anos 1990s. Construir sobre o mesmo, sendo o mesmo um passado que uma geração lembra com saudosismo – ou só está na memória – e que para outra nem sequer fez parte do seu passado, por isso é fruto de fantasia, imaginário. Burial não foi o início e, sim, o catalisador de um processo que dá voltas e voltas a sim mesmo, constrói, desconstrói, e parece regozijar com a ausência de uma cena fresca: como se a rejeição do “já foi tudo feito” fosse trabalhar no mesmo – não se confunda isto com revivalismo, é totalmente diferente. Nesse mundo pós-Burial os Demdike Stare têm sido dos activistas mais viris deste repensar da música de dança, principalmente a partir da série “Testpressing”: antes, curiosamente, pareciam imaginar música do passado que nunca existiu. Ei-los agora, novo álbum, “Passion”, a atacar várias frentes, sem o maravilhamento de outro tempo, ou o ocultismo, mas entregues a uma atitude punk-electrónica de destruição do jungle, d’n’b ou do dancehall. Se até aqui passaram algum tempo a reconstruir os 1990s à sua maneira – “Testpressing” e “Wonderland” –, em “Passion” adivinham o futuro um pouco como Burial fez com os seus dois álbuns. Não há apocalipse, falsa tensão pré-milenar (o que teria a sua graça), mas uma forma funcional de conjugar esses estilos em música que tem tanto de vanguardista como funcional. O que tem o seu quê de bonito: durante uma década anda-se às voltas de soluções de como recriar um estilo que esteve confinado a um tempo, estilo de vida, tornando-o cerebral, quase inacessível à medida que os “testes” avançavam, e agora aparece a solução-translúcida. “Passion”, com o seu frenesim e urgência, é o tesouro que todos andavam à procura. A música dos Demdike Stare já não é passado ou futuro: é fantasia.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 7 Novembro, 2018

ELIZA McCARTHY & MICA LEVI Slow Dark Green Murky Waterfall LP

€ 17,95 LP Slip

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Nenhuma compositora – vamos chamá-la assim – conseguiu ao longo da última década afirmar-se de uma forma tão justificada na pop, electrónica e música clássica/contemporânea como Mica Levi. Começa a ser injusto separar as águas e é necessário assumir Mica Levi como um todo, seja a criar beats para Tirzah, a deslumbrar na pop-pastel como Micachu ou, ainda como Micachu, a adoçar a electrónica quebrada em “Feeling Romantic Feeling Tropical Feeling Ill” ou assinar duas das mais brilhantes bandas-sonoras desta década, “Under The Skin” e “Jackie”. “Jackie” foi uma das ocasiões em que trabalhou com a pianista Eliza McCarthy no passado recente, juntando agora seis composições conjuntas e originais neste “Slow Dark Green Murky Waterfall”. Se na pop Mica Levi sabe encerrar as suas criações em deleites de 3 minutos, quando compõe de uma forma mais clássica é exímia a criar música sem fim, com melodias que derivam facilmente para a fantasia e nos sugam para o espaço que cria: aqui é caloroso, pacífico, flutuante. O diálogo entre as duas é afinado, resolvido para não deixar pontas soltas e para criar diálogo para a peça seguinte: todas elas muito curtas e com uma sensação de infinidade natural. Drama e riso, por vezes a música das duas é um filme mudo para acontecer. Lindíssimo.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 12 Setembro, 2018

SHINICHI ATOBE Heat 2LP

€ 24,95 2LP DDS / Demdike Stare

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Shinichi Atobe reapareceu há uns anos depois de ter apenas no seu currículo um 12” lançado em 2001 pela Chain Reaction, entretanto reeditado pela DDS. Desde 2014, altura em apareceu “Butterfly Effect”, que quase anualmente se é inundado por nova música de Shinichi Atobe, sem a certeza de que se foi feita agora ou gravada há umas décadas. Ou se existe mesmo um Shinichi Atobe. Verdade ou não, o mistério tem funcionado e apesar de já estarmos longe do maravilhamento causado com “Butterfly Effect” (que parecia um longa-duração de continuação de “Shin-Scope”), continuamos maravilhado com a solidez com que os discos de Atobe se apresentam. “Heat” é profundamente house, com uma espécie de certidão de clássico (podia ter sido gravado há décadas) e ideias fluídas e rápidas que acarretam a juventude de alguém que bebe das origens agora. Há algo de balsâmico em “Heat” – e na música de Atobe – que desafia a lógica. A primeira prensagem esgotou num instante, recebemos agora exemplares da segunda. Um clássico de 2018, um daqueles que vai para os livros.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »