Sexta-feira, 6 Julho, 2012

SIR RICHARD BISHOP Intermezzo LP

€ 21,50 € 17,95 LP Ideologic Organ

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Originalmente editado por Sir Richard Bishop em CDR, “Intermezzo” é um disco fabuloso que se distancia um pouco do contexto por vezes demasiado fechado dos seus discos na Drag City e que aqui se aproxima mais da liberdade que tem quando toca ao vivo. Isto significa que é um disco mais solto, que passeia pelas diversas abordagens à tradição da guitarra a que Bishop sempre no habituou (inclusivé nos Sun City Girls). É um grande disco no fabuloso catálogo da Ideologic Organ e que já se encontra esgotado na fonte.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 6 Julho, 2012

BRUNO SPOERRI & BETHA SARASIN Ax+By+Cz+D=0 LP

€ 18,50 LP Dead-Cert  ENCOMENDAR

Bruno Spoerri é uma paixão antiga, por assim dizer. A edição de “Gluckkugel” já tem uns anitos, mas permaneceu desde então como um dos nossos trabalhos favoritos no catálogo da Finders Keepers. Mais uma vez, “AX+BY+CZ+D=0” é um disco raríssimo de 1982, agora reeditado com um som magnífico. Aqui, Spoerri junta-se com Betha Sarasin para expandir o seu som “library”, entrando em campos mais próximos da composição minimal e da electrónica com alguma afinidade ao jazz. É um disco muito mecânico, ou com uma funcionalidade quase mecânica (tudo parece mapeado com um rigor matemático), que se afasta da habitual sonoridade das reedições do genéro. Belíssima entrada no catálogo para uma descoberta mais intensa do trabalho de Spoerri.


http://soundcloud.com/experimedia/bruno-spoerri-and-betha

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 6 Julho, 2012

NAZORANAI Nazoranai CD / 2LP

€ 16,50 € 12,95 CD Ideologic Organ

€ 27,50 € 22,95 2LP Ideologic Organ

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

A relação começa com o lado físico deste disco: desenhado por O’Malley, “Nazoranai” é um labirinto visual, fugidio e traiçoeiro, com relevos e espessuras que tornam o objecto atraente desde o início. Depois, o ritual não foge muito daquilo que queremos e desejamos, ou não fosse este trio constituído por Keiji Haino, Oren Ambarchi e Stephen O’Malley, três músicos que, à sua maneira muito própria, formam um universo sonoro plenamente identificado. A aventura em trio inicia-se com alguma contenção, como se fosse do silêncio e do respeito que tudo tem que começar, mas depois, ao longo dos temas, a intensidade, meticulosamente controlada, vai escalando até a electricidade carcomer parte das suas próprias fundações. E se acham que é O’Malley quem afoga o silêncio, enganam-se: o norte-americano trata do baixo, Ambarchi da bateria e é Haino quem pega na guitarra. Intenso e poderoso, ou como um trio destes jamais deixaria escapar a hipótese de fazer música assim.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 6 Julho, 2012

FENNESZ Aun CD

€ 14,50 € 12,50 CD Ash International

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ASH95-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ASH95-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ASH95-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ASH95-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ASH95-5.mp3]

O livro dentro do CD traz-nos 28 páginas onde podemos sentir visualmente o que é o filme “AUN” de Edgar Honetschläger – provavelmente esta será a única maneira de ver o filme, que conta a história de um cientista japonês que vê o seu trabalho em torno das energias alternativas prosseguido por um matemático brasileiro, depois da sua trágica morte vinte anos antes. Mas, como todos deverão esperar, a música original de Fennesz para esta banda sonora pode bem dispensar as imagens, recorrendo ela própria à criação de todo um filme imaginário, parte abstracto, parte feito por todas as informações que circulam na nossa cabeça. Música atmosférica, que preenche todos os espaços livres com aquelas filigranas que são mais que identificáveis mas que nunca deixam de nos levitar. Três temas com o piano suspenso de Ryuichi Sakamoto trazem um colorido extra a um álbum que, tal como todos as obras de Fennesz, não falha nunca os seus objectivos. Parece doentio recomendar todos os discos do austríaco, mas o que se pode fazer depois de ouvir este “AUN” senão pedir-vos, pelo menos, para fazer o mesmo?

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 6 Julho, 2012

SIMONE WHITE Silver Silver CD / LP

€ 16,50 € 12,50 CD Honest Jon’s

€ 16,50 € 12,50 LP Honest Jon’s

[audio:http://www.flur.pt/mp3/HJRCD66-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HJRCD66-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HJRCD66-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HJRCD66-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HJRCD66-5.mp3]

Tínhamos gostado de “Yakiimo”, o seu anterior álbum para a Honest Jon’s, mas apesar de tudo não pensámos que Simone saísse da sua zona de conforto, entre o baladeiro aroma da country e uma tentativa de se impor como uma valente singer-songwriter. “Yakiimo” era, por isso, despido e sincero, duas qualidade importantes, mas que podiam não chegar para nos entusiasmar a continuar a ouvi-la. Sobretudo depois de alguma exposição no mundo da publicidade. “Silver Silver” dá-nos uma prova das suas ambições: os arranjos abrem-se luxuriantemente à pop acústica (e até electrónica), que com a sua doce voz nos dá uma imagem pastoral das suas canções. Continuam a ser, de certa maneira, canções folk, que soam tanto místicas como, às vezes, a nursery rhymes, mas é a composição musical inteligente e assumidamente frágil que nos dá o valor deste álbum. Andrew Bird e Victoria Williams são dois convidados importantes, mas não são eles que deverão atrair as pessoas para aqui: “Silver Silver” é uma valente surpresa.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 5 Julho, 2012

DREXCIYA Journey Of The Deep Sea Dweller II CD / 2LP

€ 14,95 CD Clone Classic Cuts  ENCOMENDAR

€ 16,50 2LP Clone Classic Cuts

[audio:http://www.flur.pt/mp3/CCC023CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/CCC023CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/CCC023CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/CCC023CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/CCC023CD-5.mp3]

Segunda de uma série de quatro partes dedicadas à discografia de Drexciya, um empreendimento sério da editora Clone, que nunca escondeu a sua dedicação e chegou mesmo a editar alguns dos últimos discos do colectivo de Detroit em 2002. A viagem é fascinante, aqui está uma parte sólida da construção do techno apresentada por um dos seus nomes mais militantes. Drexciya tinham uma agenda política e social no modo como abordavam a questão da legitimidade no techno: numa entrevista de 1995 para o Melody Maker, James Stinton fala na diferença que existe entre os seus pares, que sempre tiveram de trabalhar para conseguir chegar a algum lado, e putos brancos como Richie Hawtin ou Moby, que recebiam dinheiro dos pais e podiam comprar coisas (instrumentos) facilmente. A aura de activismo mas também sigilo que se gerou em torno de Drexciya é reforçada pela música geralmente pouco acessível, intensa e quebrada (por oposição ao techno puramente 4/4), dramática. Quase percebemos o Big Bang com Kraftwerk, ouvimos o hardcore britânico, electro norte-americano, industrial europeu e as ramificações que foram despontando em Detroit ainda durante os 80s. As imagens na música são muito fortes e a audição de todo o disco garante a entrada numa zona desconfortável em que os circuitos e fios estão expostos. Tudo isto foi devolvido à Europa e teve como resultado um culto que ainda perdura. Uma legião de putos brancos reviu-se na militância e secretismo de Drexciya e Underground Resistance como forma de exprimir a sua diferença em relação às correntes principais. Essencial, essa atitude e também este disco. CD em embalagem alongada em formato DVD.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 5 Julho, 2012

D.A.F. Ein Produkt Der
Deutsch-Amerikanichen Freundchaft LP

€ 16,50 € 13,95 LP Bureau B  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/BB101-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BB101-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BB101-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BB101-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BB101-5.mp3]

Encontramos neste primeiro álbum quase todos os elementos basilares do que viriam a ser os DAF durante os 80s, mas em formato punk rock. Ainda sem Gabi Delgado mas já com Robert Görl (bateria) e ainda Michael Kemner (baixo), Pyrolator (sintetizador) e Wolfgang Spelmanns (guitarra). Som captado ao vivo, música totalmente instrumental próxima da força bruta de uns SPK contemporâneos muito mais enraízados na massa punk original do que no som industrial. De outro lado, detecta-se também um elemento marcial para equilibrar a descarga eléctrica, e isso relaciona-se mais claramente com o futuro electrónico dos DAF. “Ein Produkt…” é um álbum de garagem, um protótipo, uma maquete por concluir, mas tudo isto, se vos parece depreciativo, é na verdade um elogio à energia instintiva que sempre brota das criações genuínas e em bruto. Se a vossa curiosidade de época se estende para além da No Wave nova-iorquina e dos primeiros Sonic Youth, este disco assentará perfeitamente como um reflexo no espelho.


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 5 Julho, 2012

oOoOO Our Loving Is Hurting Us MCD / 12″

€ 9,50 MCD Tri Angle  ENCOMENDAR

€ 12,50 12in Tri Angle  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/TRIANGLE11-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TRIANGLE11-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TRIANGLE11-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TRIANGLE11-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TRIANGLE11-5.mp3]

Quase old school falar em witch house nesta altura, um género fulgurante que rapidamente deixou de ser falado. Mas a Tri Angle mantém a sua estética imaculada, independentemente das considerações sobre o nome a dar-lhe. “Our Loving Is Hurting Us” explora o lado esotérico e contemplativo da bass music para um resultado próximo do que seria Burial se escolhesse reduzir o tempo dos ritmos. oOoOO soam genuinamente, neste EP, como uma banda de baladas que escolheu transmiti-las de um modo inteiramente diferente do que se esperaria de vocalistas acompanhados pelos acordes que vêm nos manuais. É um resultado bizarro mas não exactamente desconcertante, porque os sons fazem sentido no contexto das atmosferas criadas.


Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 5 Julho, 2012

INDIAN OCEAN School Bell / Treehouse 12″

€ 9,50 12″ (reedição) Sleeping Bag  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/SLX023-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/SLX023-2.mp3]

Já bem dentro dos 80s, este maxi não pode ser incluído na produção Disco de Arthur Russell. O tempo havia passado, mas na cabeça de Russell o que existia eram espaços entre zonas conhecidas. Nunca foi realmente Disco, mas quando foi pop foi mesmo pop. “Schoolbell / Treehouse” não tem género, pensamos que é seguro dizê-lo. Conhece-se apenas um disco (este), editado em 86 e produzido com Peter Zummo, um multi-instrumentista mais recentemente envolvido com Arthur’s Landing, um colectivo de músicos que trabalhou com Arthur Russell. A versão “curta” de 7 minutos é complementada com uma clássica mistura de Walter Gibbons que atinge a marca dos 10 minutos. É um tema essencialmente percussivo, progride na velocidade, é obsessivo nos detalhes de groove – partículas minúsculas existem por breves momentos) e dificilmente satisfaz uma pista de dança. A sua duração garante a devida imersão no ritmo cujo balanço se torna irresistível. Muita coisa boa nesta viagem de Arthur Russell aos trópicos imaginários que poderão ser uma versão exótica da sua infância no Iowa. Génio, e já nem sequer é incompreendido.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 5 Julho, 2012

S_W_Z_K CD / 2LP

€ 15,50 € 12,50 CD Tresor  ENCOMENDAR

€ 17,50 € 15,50 2LP Tresor  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/TRESOR253-1.mp3.http://www.flur.pt/mp3/TRESOR253-2.mp3.http://www.flur.pt/mp3/TRESOR253-3.mp3.http://www.flur.pt/mp3/TRESOR253-4.mp3.http://www.flur.pt/mp3/TRESOR253-5.mp3]

Swayzak deixou cair algumas letras e, num acto de coordenação, a música também perdeu coisas voluntariamente. Ambiência e melodia são coisa antiga, e perdeu-se também James Taylor. Agora é apenas David Brown (com ajuda de Richard Davis) num formato bastante mais Monolake do que Swayzak antigos. A pedra lascada no centro da capa dá uma indicação da nova atitude não exactamente rudimentar mas espartana e dura. O que se faz consegue-se com o que está à mão. A editora Tresor continua a divulgar sons para servir a antiga cave do seu espaço mítico em Berlim.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »