Quinta-feira, 31 Março, 2016

JOSEPHINE FOSTER No More Lamps In The Morning CD / LP

€ 12,50 CD Fire Records

€ 16,95 LP Fire Records

[audio:http://www.flur.pt/mp3/FAME002-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FAME002-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FAME002-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FAME002-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FAME002-5.mp3]

Não é preciso muito tempo para perceber que este “No More Lamps In The Morning” é bastante diferente dos últimos discos de Josephine Foster. Diferente porque é um disco que volta ao passado de Josephine reinterpretando alguns temas de outros álbuns (“This Coming Gladness”, “I’m A Dreamer” e canções dos Born Heller) e não só. Nunca parece revisitação, mas uma exploração mais sensível e íntima do seu som. E daí vem a tal ideia ao passado, mais do que pela revisitação, há uma transparência e uma eloquência na voz de Josephine Foster que não se ouvia há uns bons anos. Quase como se “No More Lamps In The Morning” fosse um processo de redescoberta para si, um reencontro com as suas origens através da experiência que adquiriu na última década. E, por isso, este é um disco que soa melhor do que qualquer outro na sua discografia. Há uma maturidade avassaladora que está em sintonia com uma vertente mais livre e ingénua do início da sua carreira. E desde o primeiro segundo que a ouvimos brilhar como há muito não brilhava.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 31 Março, 2016

FINAL CUT Deep Into The Cut 2LP

€ 24,95 2LP (2016 reissue) We Can Elude Control

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WCEC012-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WCEC012-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WCEC012-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WCEC012-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WCEC012-5.mp3]

Quem recorda o período dominado pela Wax Trax! e o som industrial de Detroit (às vezes via Bélgica) talvez encare com naturalidade o que se ouve neste álbum de 1989. Jeff Mills foi um dos fundadores da banda, em plena força neste primeiro álbum em que se nota perfeitamente como se fez a ponte entre industrial europeu e techno norte-americano. Várias características da época são notórias: muito músculo, voz afectada em transmissão de raiva ou desprezo (belo exemplo em “She Destroys”), som metálico nas batidas, ambiente de fábrica em laboração, samples de voz com palavras-chave que substituem o vocalista. As 11 faixas não abrandam o passo e a meio, “Now That’s Funky” vai buscar de forma clara um som rave mais britânico que, sabemos, acabou por alastrar para alguns projectos industriais norte-americanos. Quase sem quebras, a experiência de “Deep into The Cut” é suposto ser intensa e, hoje em dia, existe como um marco de uma cultura muito saudavelmente iconoclasta que se demarcava do conformismo capitalista. Essa abordagem mantém-se válida, obviamente, e a música neste álbum deverá reposicionar a perspectiva de quem toma a recente vaga EBM e industrial como um cristão-novo. Bam!

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 31 Março, 2016

INHALANTS Deep Florida LP

€ 14,95 LP L.I.E.S.

[audio:http://www.flur.pt/mp3/LIES070-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LIES070-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LIES070-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LIES070-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LIES070-5.mp3]

Quase tudo o que a L.I.E.S. representa encontra-se neste álbum de Inhalants – Matt Morandi (Jahiliyya Fields) + Max Ravitz (Patricia). Florida reimaginada a preto-e-branco, em techno disfuncional (“Worry Cry Venus”) e mais um sinal dos tempos correntes em que mais e mais pessoas identificam um problema: “Evil Everywhere”. Esta música permite-se criar sem pudor uma camada de mau-estar por cima de quem for mais vulnerável, e títulos sujos como “humid Widow” compõem a palette de emoções que encontramos aqui. Neura da Era Atómica, medo e prazer no medo, sobretudo no plano estético em que a fantasia negra espalhada pelo álbum soa tão incrivelmente nas tintas para quase tudo.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 30 Março, 2016

ROCKY MARSIANO Meu Kamba Vol. Dois LP

€ 15,95 LP (red vinyl) Ed. Autor

Segundo volume de trabalho Rocky Marsiano por cima e em volta de originais da África lusófona. Quem já viu o Meu Kamba Soundsystem ao vivo tem melhor ideia do poder de movimento desta música, mas o disco oferece um vislumbre privado para soltar tudo à vontade, em casa. A batida fica mais segura, apenas para encorpar a espinha dorsal de música que já possui todos os elementos para fazer mexer a sério. Entre versões disco-ficadas, house disfarçado, breaks de afro beat, as dez faixas no LP recolocam aquela África para muitos familiar, para tantos ainda exótica, para quase todos desconhecida, mais próxima de um Portugal que parece estar mais abertamente a reconhecer-lhe afinidades. Basta olhar em volta.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation



Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 30 Março, 2016

CHIPPENDALE / GUSTAFSSON / PUPILLO Melt CD / LP

€ 15,50 CD Trost

€ 20,95 LP Trost

[audio:http://www.flur.pt/mp3/TR135-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TR135-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TR135-3.mp3]

Chippendale (Lightning Bolt) na bateria, Gustafsson em sax, Pupillo no baixo, tudo junto cria uma força bruta que, para quem já conhece os músicos em questão, se não surpreende garante, ainda assim, aquele coice agradável até ao outro lado da sala. O arranque da primeira parte de “Faces Of Fear” vai preparando o terreno, por linhas tortas, até à apoteose que é o resto da faixa, desde os 4 minutos, sensivelmente, até aos 16. Muita intensidade nesta jam improvisada que tritura o rock em velocidade de bateria, distorção de baixo e efeitos muito fora no saxofone. A parte 2 tem um buzz sintético poderoso e a mesma dose incrível de apocalipse portátil. No fim, “Melt” espalha algum grind na primeira metade, porque é mais lenta, esmaga mais devagar, mas com Chippendale a velocidade natural é outra e os saltos para outras dimensões acontecem frequentemente para nos obrigar a mudanças bruscas. Delicioso caos organizado.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Terça-feira, 29 Março, 2016

V/A Extended V.A: 001 & 002 2CDR

€ 13,50 2CDR Extended

A Extended reúne em 2 CDR as duas compilações digitais que lançou em 2015, abrindo ao mundo físico a sua noção de electrónica (ou música de dança, por vezes confundem-se as ideias) produzida em Portugal. A recolha é aberta e, na fase inicial, parece ir buscar sustento ao final do século XX. Rompante e Bababa entram em modo Detroit (ou West London, depende) e o som, se tende a ficar mais techno depois disso, é no sentido atmosférico, mesmo que Miguel Torga e Elite Athlete puxem um pouco mais. O segundo disco prolonga a variedade, com Sabre e Ondness a fazerem psych em pistas diferentes, Lukkas em modo breaks Aphex Twin e, no final, Citizen:Kane traz um brilho quase-MIDI dos 90s ao seu passo lento pelas tubagens da cidade e Augen faz maravilhas num cenário bem celestial que cruza os tempos (recentes) em que o rock mais fora já nem era rock e os mantras de Laraaji.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation



001
1. Rompante feat. Katso – Boundaries (Original Mix) 04:13
2. Bababa – Can’t Wait (Original Mix) 06:49
3. Inês Duarte – Morning Can Wait (Original Mix) 07:38
4. Lieben – Sangue (Original Mix) 04:08
5. Miguel Torga – Tenho os Azuis (Original Mix) 08:00
6. Elite Athlete – Pre-sure (Original Mix) 07:52
7. Mauno Koivisto – Cabre D’or & Queso de Méhéhéhéhéhéh (Original Mix) 19:11

002
1. Mike Bek – June 15th (Original Mix) 03:15
2. Ondness – Cortez (Original Mix) 10:43
3. Mind Safari – Floating on a River of Mesc (Original Mix) 05:55
4. Sabre – Ascending Alice (Original Mix) 06:36
5. Lukkas – Space Roller (Original Mix) 07:43
6. V i L – Digging Deep (Original Mix) 06:28
7. Citizen:Kane – Varys (Original Mix) 05:23
8. Augen – Arc En Ciel (Original Mix) 10:29

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 24 Março, 2016

GNOD Mirror CD / LP

€ 12,50 CD Rocket recordings

€ 19,95 LP Rocket recordings

[audio:http://www.flur.pt/mp3/LAUNCH090-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LAUNCH090-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LAUNCH090-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LAUNCH090-4.mp3]

A faixa “Mirror” parece reinstalar na drive uma época em que Scorn mutavam o Metal em Dub, ou vice versa. Claro que “Metal”, aqui, deve ser tomado em largo, não à letra, mas “Mirror” evoca o rasto pesado de que nos lembramos desses tempos. Uma manta suja de óleo, na bateria, que domina as operações junto com o baixo e a voz que, à distância, lembra Mark Stewart só ligeiramente menos zangado. No entanto, a contestação soa tão forte como nos anos Thatcher:
“The tracks were pretty much written on the road in May 2015. The final versions of the tracks on the album are a reaction to the results of the recent UK election also some shit that was happening to us and our friends during that period. Lyrically it deals with mental health issues and how things like social media are like a vehicle for our split personalities and egos – that and being under the thumb of forces and power structures we can’t really fully understand, or even if we understand them we feel helpless to change the situation. This album won’t change the situation or start any revolutions but it felt good for us to write some music to let the rage out.”
O pântano mantém-se denso ao longo do resto do disco, capturando um som “antigo”, rude, na melhor tradição contrária britânica, juntando o que soa experimental ao poder animal do rock. São decibéis em prol da sanidade, como se lê acima.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Terça-feira, 22 Março, 2016

NORMIL HAWAIIANS Return Of The Ranters CD / LP

€ 12,50 CD Upset The Rhythm

€ 18,50 LP Upset The Rhythm

Este seria – e é – o terceiro disco dos Normil Hawaiians. Gravado entre 1985 e 1986 nunca chegou a ver a luz do dia até a Upset The Rhythm pegar nele no final do ano passado. Mais do que um disco marcado pelo som da época e daquilo que a banda representava (algures entre a ressaca do punk e o pós-punk) é um disco que fala muito directamente sobre a sua geração e o Reino Unido daquele período. Sem papas na língua. E isso é uma oferta para uma viagem no tempo mas também para agora, principalmente agora, se perceber como muitas das coisas não mudaram. O contexto é diferente, mas há uma revolta aqui, tanto nas palavras como no som irrequieto – é impressionante como cada canção oferece algo diferente -, que é surpreendentemente adequada aos dias de hoje. E por hoje o estarmos a descobrir, soa a algo completamente revolucionário para os padrões do tempo que vivemos. Inconformado e paralisante e, por isso, soa a algo fresco na actualidade. Fresco e com um sentimento de orgulho por ouvirmos algo assim em 2016: porque é como se fosse novo, algo feito agora, e que se revolta contra a paralisia que paira em todo o lado.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation



Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 8 Outubro, 2015

GIGI MASIN Wind LP

€ 16,95 LP (2015 reissue) The Bear On The Moon

[audio:http://www.flur.pt/mp3/BAR00315-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAR00315-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAR00315-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAR00315-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/BAR00315-5.mp3]

Com as reedições da Music From Memory a exploração de um espaço em volta da ambient-pop/balearica-pop tornou-se mais clara para nós. Não foi necessariamente aí que a onda de reedições à volta destes discos começou, mas para nós foi o clique para nos aventurarmos um pouco mais. A compilação “Talk To The Sea” foi o segundo disco do catálogo e mostrou-nos Gigi Masin. Daí à reedição de “Wind” foi um salto. Editado originalmente em 1986, “Wind” oferece uma paleta de emoções para se entrar neste universo. Seja pela cadência dos sons – a forma como os efeitos se formam no contexto das melodias é perfeito – ou pelas inesperadas linhas vocais: são um reflexo tão perfeito do sentido que faz ouvir estas coisas dos 1980s agora que por vezes soam a milagre.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 31 Julho, 2014

SND Newtables 2LP

€ 20,50 2LP (2014 reissue) SND

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Em 1999, SND haviam refinado a sua abordagem para a distanciar mais ainda de um formato techno que pudesse ser facilmente reconhecível. Esta segunda edição própria, agora reeditada com 6 inéditos retirados do mesmo período, avança consideravelmente na estética de erro/glitch associada (ainda que marginalmente) à pista de dança. O sopro ambiental tão característico deste projecto atinge maturidade, aqui, como parte da teia de sons microscópicos que se atraem mutuamente para formar as entidades a que chamamos faixas. O som de SND, a acontecer sob a superfície e traduzido visualmente por uma redução de estímulos, mantém-se ainda hoje como um dos testemunhos mais importantes da vocação da música electrónica em transcender barreiras. Mesmo antes do novo milénio, esta foi uma das últimas fronteiras a serem transpostas. A partir de então, quase tudo se encontra previamente mapeado. “Newtables” soa agora como uma sonda regressada depois de ter sido enviada para explorar o Desconhecido. Simples e brilhante.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 31 Julho, 2014

SND Tplay, 1:5 2LP

€ 21,50 2LP (2014 reissue) SND

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2CLIP3CLIP4CLIP5

Às 5 faixas da edição original de 1998 são acrescentadas 6 inéditas. Em plena época de paradigma glitch na música electrónica, com toda a teorização mas também a prática a estar ligada ao que a editora Mille Plateaux ia mostrando, SND (Mark Fell e Mat Steel) construíam trabalho que rapidamente uniu o techno de clube às experiências mais esotéricas que estavam a ser feitas com música electrónica. Simplisticamente, soa como Oval misturado com Chain Reaction, algo que pode ser encontrado nas entrelinhas ou, como foi descrito, uma experiência de clube mas do lado de fora da porta, sentindo as vibrações dos graves e o beat abafado. Esse período, na música de SND, representou a união entre as frequentemente tão paralelas, até aí, cenas experimentais inglesa e alemã. Com o novo milénio, em especial, a globalização acelerou também nos intercâmbios sonoros entre gente com ideias e projectos similares. Mas ouvir “Tplay” está fora de considerações macro-culturais, basta sentir a suave repercussão do som em paredes almofadadas imaginárias, como a bola de Pong se movimentava, lânguida, entre as raquetes.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »