Quinta-feira, 12 Maio, 2016

HYPNOSIS Pulstar / End Title (Blade Runner) 7″

€ 3,50 7″ Zyx Records (ZYX1038)

Exemplares originais da edição alemã de 1983 / Original German 1983 release. EXC. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
Pulstar, End Title (Blade Runner)

“Pulstar” vem na versão Disco Mix, apesar de ser o single pequenino. Hypnosis dedicavam-se a algumas versões de clássicos synth em modo Italo e este single sintetiza bem a sua abordagem Carpenteriana ao género (ou à fusão de géneros). A batida seca equilibra os synths exuberantes mas o que queremos ouvir mesmo é o lado B com a interpretação do tema final de “Blade Runner”. O clip acima é da versão longa, mas dificilmente vão conseguir o maxi pelo preço a que propomos o 7″. “End Title” é o ouro do bandido, escondido e compactado numa versão económica de 3:40 com o essencial da melodia eterna da escapada de Rick Deckard no filme e um beat metronómico que sustenta a pista de dança bem sólida. Tem claps, alterações de humor, dinâmica. Vale!

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 12 Maio, 2016

CHRIS AND COSEY Trust LP

€ 18,00 LP Nettwerk (W1-30026)

Exemplares originais SELADOS (com pequeno buraco promocional na capa) da edição original canadiana de 1989 / Original Canadian 1989 release. SEALED with small promo hole! Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
Deep Velvet, Trust, Percusex, Rise, Infectus

“Trust” é também o nome da última faixa, encerrando o álbum em modo sonoro quanse New Age enquanto Cosey canta “Do you feel no shame as you break me again?” e fala sobre membros decepados sobre uma ambiência mega suave. Sweet! Em “Percusex” ouve-se a época, os beats são o standard industrial / EBM de fim de 80s, mas Chris & Cosey nunca foram bem equiparados à maioria do que acontecia. É a voz de Cosey que, mais uma vez, transporta a música para outra dimensão. Este é um período talvez menos considerado por quem se foi desligando à medida que a banda ia assumindo um lado mais pop, só que – surpresa – este não é um álbum pop. O sexo está sempre presente, a sedução, e a relação com a máquina e o ser sintético, mais do que qualquer noção muito cliché que possamos associar ao “industrial”. Álbum esquecido? Sem dúvida.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 5 Maio, 2016

LAWRENCE Yoyogi Park CD

€ 14,50 CD Mule Musiq

[audio:http://www.flur.pt/mp3/MULEMUSIQCD54-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/MULEMUSIQCD54-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/MULEMUSIQCD54-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/MULEMUSIQCD54-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/MULEMUSIQCD54-5.mp3]

Há quantos anos, Lawrence? Pelo menos desde a estreia em álbum em 2002, com o nome Lawrence, Peter Kersen nunca saiu do nosso radar. Geralmente sabemos o que esperar, e é precisamente isso que ele entrega e sempre com satisfação nossa. Genial empreendedor de um género de deep house muito europeu, sem ser propriamente vazio, ou seja, chamar-lhe “minimal” é generalizar demasiado o que acontece aqui. A ambiência é sempre forte, sim, o Oriente aparece e desaparece a gosto, as referências a Chicago e Detroit são inevitáveis mas raramente óbvias ao ponto da citação, e o que Lawrence desenvolve é um percurso peculiar em que pouco se desvia da SUA norma para experimentar, por exemplo, mais assertividade na pista. E como não é isso que esperamos dele, perfeito. “Yoyogi Park” não consegue fugir à palavra muitas vezes menosprezada: “elegância”. Bom álbum de techno para a cabeça, como sempre.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 22 Abril, 2016

V/A Conspiración Progresso LP

€ 12,95 12″ Halcyon Veil

[audio:http://www.flur.pt/mp3/HALC004-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HALC004-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HALC004-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HALC004-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HALC004-5.mp3]

De alguma forma ligada à cena musical promovida pela “entidade” Janus em Berlim, esta compilação dispara em muitos sentidos na música electrónica contemporânea, não sendo exactamente de dança mas assente em batidas progressivas que tanto assimilam footwork como UK bass e, até, Nigga Fox. Verdade. O “Vipra Lento” do Nigga está meio alterado (pela mão de Rabit?). Rabit anda a espalhar maxis há meia década, mas entendemos por exemplos destes como o eternamente polémico “som de Lisboa” está cada vez mais essencial para a produção global de beats de dança. Os artistas na compilação vêm anónimos (é o que vêm na imagem), e há tanto de latino como africano nesta onda europeia de fascínio pelo maluco e quebrado. Um pouco de Trilogy Tapes, que também parece não ter direcção, mas sabe bem qual a sua agenda, a Halcyon Veil faz aqui um showcase de “Progresso”. No entanto, nós, em Lisboa, sabemos que não é o que está para vir mas sim o que já cá está.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 8 Abril, 2016

FIT SIEGEL / TIM ‘LOVE’ LEE Living Is Serious Business 12″

€ 12,95 12″ FIT

[audio:http://www.flur.pt/mp3/FIT-014-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FIT-014-2.mp3]

+ Carl Craig RMX

Famílias juntam-se. Aaron Foit Siegel, Tim “Love” Lee e Carl Craig juntos? UAU. No disco aparecem nomeados os dois primeiros, e o seu tema original é uma excursão por cantos menos claros do techno (“Living Is Serious Business” caraças!), juntando a experiência house de Siegel ao que ultimamente associamos mais a “Love ” Lee: jams analógicas espaciais. No lado B, Carl Craig segura a nave com maior pujança de pista mas mantêm praticamente as dinâmicas e cores do original, respeitando quem o respeita. Pequeno épico que vai cair direito no colo dos fâs. Deepness.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 6 Novembro, 2014

BEN ‘COZMO D’ CENAC Cozmic House Ep

€ 13,95 12″ Dizkotek

[audio:http://www.flur.pt/mp3/THUG011-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THUG011-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THUG011-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/THUG011-4.mp3]

Gravações de arquivo de Ben Cenac (Dream 2 Science, Push/Pull) e quase basta dizer que este EP inclui uma das canções house mais irresistíveis de todo o sempre: “Who Loves You?”. Garantida para provocar lágrimas (tristeza ou felicidade, vai depender do período que se atravessa). Todas as faixas são vocais, todas de alguma forma vão bem dentro à nossa cabeça. “Deeper And Deeper”, com Shareen Evans, é circular, o tom como o refrão é cantado perdura e torna-se quase um standard para todas as vezes que precisarmos de dizer as palavras “Deeper and deeper”; “Seems To Me” é cantada por Lady E (Yvette Cenac, companheira de Ben), a letra é de desgosto mas provavelmente não se aplicava ao casal; “Pay Me”, de Cellar Boyz, exige o pagamento do amor que alguém deve ao vocalista – meio caminho entre house, freestyle e electro funk, próximo de produções de Bobby Orlando, voz incluída. Quente! Tudo perfeito, neste disco trazido de uma época “cerca de 1990″ para o centro de interesse actual.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 11 Outubro, 2012

TRAKS Long Train Running LP

€ 10,00 LP Savoir-Faire / Polydor (2374201)

Exemplares originais da edição alemã de 1982 / Original German 1982 release. EXC. Sound clips and sleeve not from actual copy.

OUVIR / LISTEN:
Long Train Running, Driving Here On Broadway, Drums Power

Mais conhecido na versão de Doobie Brothers, “Long Train Running, a canção, encontra aqui a perfeita encarnação disco-rock para agitar torsos peludos. Aquelas vozes a que estamos habituados em ambiente soft rock, quando são deslocadas para a pista de dança são frequentemente muito mais sentimentais do que no seu habitat natural. “Home is where the heart is”, certo? Este álbum é praticamente perfeito, no sentido em que junta canções poderosas como a faixa-título e a inexcedível “Driving Here On Broadway”, mais assumidamente disco, com todo o groove exactamente nos pontos correctos, a voz que proclama “my soul is all alone driving on Broadway”, metais, baixo, refrão, tudo memorável. Se quiserem brincar, tem ainda break instrumental incrível. Algumas versões diferentes do inevitável “Drums Power” estão aqui, pitch e durações diversas, destacando-se a parte 2 (último dos clips acima), uma bela ferramenta rítmica para sentir o pulso do verdadeiro underground disco. Obrigatório.”

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »