Quarta-feira, 25 Janeiro, 2017

OMAR-S Sink Holes 12″

€ 13,95 12″ FXHE

[audio:http://www.flur.pt/mp3/i696-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/i696-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/i696-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/i696-4.mp3]

Começa com pouca surpresa, aquece o banho ácido regular como se procurasse desde logo estabelecer um patamar. Mas são as 3 faixas restantes que mantêm, de facto, Omar-S na dianteira. Maravilha filtrada em “Hell On Earth”, enquanto “Hit It Bubba” mete peso na batida e entra num sistema de samples em loop meio ghetto, meio DJ Sneak, só fogo na pista de dança. Por fim, “Party Marty” retoma um certo ácido, ali praticamente só a servir como linha de baixo; é um banger minimalista mas não minimal. Venha.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 12 Janeiro, 2017

JOHN F. KENNEDY / DAVID BRINKLEY / ADLAI E. STEVENSON The Kennedy Wit LP

€ 7,00 LP RCA Victor (VDM-101)

Exemplares originais da prensagem norte-americana de 1964 / Original 1964 US pressing. EXC. Sleeve not from actual copy.

Edição original de 1964, limpinha, a voz de Kennedy sempre um clássico para samples (incontáveis exemplos na história mais recente da música popular). Introdução por Adlai E. Stevenson, derrotado na eleição para o candidato Democrata às presidenciais de 1960 mas nomeado pelo próprio kennedy para o cargo de embaixador norte-americano junto das Nações Unidas. Muita história, a voz carismática de JFK, narração competente de David Brinkley (jornalista na NBC e CBS) e um documento inevitável para coleccionadores de spoken word. Tem um pequeno corte promocional no canto inferior direito.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 12 Janeiro, 2017

THE XX I See You CD / LP / BOX

€ 11,95 CD Young Turks

€ 22,95 LP (+ CD) Young Turks

€ 52,95 BOX LP + 12″ + 2CD Young Turks

O terceiro álbum dos The xx, “I See You”, nasceu num processo diferente dos anteriores. A banda espalhou a sua gravação por vários locais e ao longo de dois anos, fugindo do conforto de Londres e um período de gravação concentrado que os ajudava a justificar o som concentrado, minucioso e geométrico do passado. Esta abertura é uma justificação para a mudança, contudo a mudança não implica que as qualidades que se reconhecem no som dos The xx se tenham perdido. O som continua compacto, geométrico, redondo, a construir a boa aparência de que tudo está – e bem – no sítio. Para o que fazem essa ideia das coisas estarem no sítio, arrumadas, perfeitamente estruturadas, é essencial, seguindo a tradição de “Colossal Youth” dos Young Marble Giants, que ainda em “I See You” se consegue ouvir. A evolução do passado-presente é feita precisamente com a noção da sua identidade e graças a isso nada se perde em “I See You”. É um álbum consciente da importância, influências e, em parte, grandiosidade dos The xx em 2017.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 12 Janeiro, 2017

RASHAD BECKER Traditional Music Of Notional Species Vol II LP

€ 23,50 LP PAN

[audio:http://www.flur.pt/mp3/PAN74LP-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PAN74LP-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PAN74LP-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PAN74LP-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PAN74LP-5.mp3]

Um segundo volume para “Traditional Music of Notional Species” concretiza e expande a ideia do primeiro volume de que Rashad Becker está a criar um universo e que o oferece sem a explosão de um bing bang mas no processo das coisas já estarem feitas. Ou seja, o som destas “Notional Species” não começa no primeiro volume, é algo que existe algures e que Becker nos está a mostrar. Haverá uma ordem, sim, mas não é uma cronológica mas de catalogação: a numeração dos temas deste segundo volume continua a já existente do primeiro. A música de Rashad Becker é, portanto, um catálogo de um universo que apenas existe na sua música. É um feitiço que sai da mente do feiticeiro, que não existe no campo do mitológico, e, sim, na realidade e no conhecimento único de Becker. Aqueles anos todos na D&M em Berlim, a masterizar vinil, deram-lhe algo único para a exploração de som. E se o primeiro volume de “Traditional Music of Notional Species” era um ovni, este segundo é a aceitação de que música assim existe e que deve ser abraçada. É um dos discos que mais gostámos de 2016, que só nos chega agora, mas em força para o arranque de 2017.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 12 Janeiro, 2017

FILIPE FELIZARDO & GABRIEL FERRANDINI Under The Volcano CASSETE

€ 9,95 CASSETE Labareda

[audio:http://www.flur.pt/mp3/LABAREDA005-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LABAREDA005-2.mp3]

Durante a sua vida, Malcolm Lowry só completou dois romances. O segundo, e último, intitula-se “Under The Volcano”, que serve agora para o primeiro lançamento de Gabriel Ferrandini (bateria) e Filipe Felizardo (guitarra eléctrica). Amigos de longa data, companheiros noutros projectos (como ACRE, com Pedro Sousa), um duo rico e cúmplice em “Under The Volcano”, onde encaixam em ambos os lados desta cassete duas peças que poderiam estar no catálogo da Constellation e assombrar o mundo com comparações a GY!BE e restantes ramificações. O lado B é um sinistro incrível, com tempos bem pontuados e a guitarra de Felizardo a encontrar um bom porto entre o doom e o blues.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 12 Janeiro, 2017

VAN AYRES Sorry Stars LP

€ 13,50 LP Ed. Autor

[audio:http://www.flur.pt/mp3/VANAYRES1-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/VANAYRES1-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/VANAYRES1-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/VANAYRES1-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/VANAYRES1-5.mp3]

Van Ayres editou alguns álbuns no seu bandcamp entre 2013 e 2014 e deixou um silêncio até finalmente oferecer este “Sorry Stars” no final do ano passado. Na capa fica um certo ar de paladino que não se deixa vencer e a sua música reflecte precisamente isso. É um híbrido de ingenuidade e engenharia, atirando-se a um território que fica entre a música de dança e a electrónica com uma sensibilidade pop natural. É um álbum de canções que não são para cantarolar, mas deixam a vontade disso acontecer, algures entre um karaoke pela madrugada e uma festa sem fim.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 11 Janeiro, 2017

BRIAN ENO Reflection CD / 2LP

€ 15,50 CD Warp

€ 23,95 2LP Warp

[audio:http://www.flur.pt/mp3/WARPCD280-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD280-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD280-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/WARPCD280-4.mp3]

O melhor Brian Eno ambiental é aquele que passa despercebido. O que integra a sua música num habitat. De repente ela torna-se parte do cenário, inclui o ouvinte no cenário, como se a música criasse tudo à volta. Em vários dos seus discos deu o testemunho desse elemento da música como aspecto fundador, criador. O melhor é que é algo que não transcende, mas que faz parte, que assume o seu papel e carácter humano e que em parte alguma diz ao ouvinte que é uma dádiva. Afinal, o ouvinte é uma peça fundamental para a música de Brian Eno ser funcional. Muitas vezes o ouvinte não sabe disso. O desconhecimento é uma questão de percepção, do facto da música de Eno ser tão facilmente assimilada. Não tem a ver com aprendizagem. O melhor que Brian Eno pode fazer em 2017 quando lança um novo disco ambiental é mostrar que ainda o sabe fazer. É impossível colocar “Reflection” lado-a-lado com dogmas do passado: porque há uma história, há um elemento fundador. Mas é um álbum que toma conta de espaços, cria o seu próprio ambiente, enfia-se na vida do ouvinte como um aspecto natural. Ao longo desta hora (ou infinitamente, em repeat) são vários os momentos em que a abstração de ouvir um disco – ou algo – é total. E quando por vezes se dá conta de que realmente é isso que está a acontecer, é motivo para se soltar um sorriso, ser feliz. Afinal Eno colocou-nos num sítio bonito. Em vários, até. “Reflection” é mais um deles.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 6 Janeiro, 2017

OVAL Popp CD / LP

€ 11,95 CD Uovooo

€ 17,95 LP Uovooo

[audio:http://www.flur.pt/mp3/EOVA_03-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EOVA_03-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EOVA_03-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EOVA_03-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/EOVA_03-5.mp3]

Parece um som novo para Oval, não custa concluir. O próprio Markus Popp, no texto promocional, marca a diferença entre a sua assinatura na década de 90 e o trabalho pós-2010, em termos de detalhe e qualidade da produção. São temas de clube, mas isso também não soa bem adequado. A desconstrução mantém-se como principal operação de Oval, só que “Popp” (que não é um disco pop) aproxima-se mais da cena IDM / glitch / breakcore de material clássico na Planet Mu e Rephlex do que propriamente a qualquer álbum anterior de Oval. Batidas desregradas, em fundo, pesam na mistura final mas raramente conduzem a marcha. Esta é dominada pelas camadas de acidentes programados e ambiência cortada com que Popp inunda o espectro. Confuso, inesperado, exigente para o ouvido, muita coisa a acontecer, como se estivéssemos a escutar dois ou mais discos em simultâneo. Desafio da semana.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 6 Janeiro, 2017

MINIMAL COMPACT Minimal Compact MLP

€ 16,50 MLP (2016 reissue) Crammed Discs

[audio:http://www.flur.pt/mp3/CRAM015-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/CRAM015-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/CRAM015-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/CRAM015-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/CRAM015-5.mp3]

Este abriu a discografia dos Minimal Compact em 1981. Zona normalmente difícil, em retrospectiva, aquela proximidade com dark wave, uma saída do pós-punk em direcção a algo que não é bem indie, tem uma aura mais artística. “Minimal Compact” carrega bem o adn da época, com o tom sério até em palavras fraternas como estas: “Everyone says business is bad. Friendship has always been more important. That’s what produces the music.” Este excerto pertence a “Ready-Made Diary”, tem uma sombra que recorda Tuxedomoon, mas o conjunto das cinco canções assenta numa base bem sólida de baixo e bateria. Força nostálgica, há que notar bem. Não é um disco à frente do seu tempo, é um disco do seu tempo. Para fãs.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 6 Janeiro, 2017

TODD MODES Native Visions EP

€ 12,95 12″ FIT

[audio:http://www.flur.pt/mp3/FIT015-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FIT015-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/FIT015-3.mp3]

Metido, no ano passado, em “Midnight Exotics” de Modes & Severson, pela Golf Channel, Todd Modes volta a nós pela FIT. “Ariadne” tem batucada digna de Torske & Sotofett, voz exótica, piano exótico. “Knossos” retoma a orientação mais a leste, saxofone e bom jogo de bateria; “Native Visions”, a fechar, manda distorção, elefantes e shaker, a guitarra parece samplada de uma cena baleárica. Bom.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 28 Dezembro, 2016

THE DIABOLICAL LIBERTIES Dance Floors Of England LP

€ 14,95 LP Ed. Autor

[audio:http://www.flur.pt/mp3/TDL001-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TDL001-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TDL001-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TDL001-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TDL001-5.mp3]

Strictly limited edition one-off pressing. Edition of 300. Hand-stamped and numbered in full colour sleeve. Art direction by Robi Walters.

As delícias de uma loja física: quando Gilles Peterson visitou a Flur para, a partir daqui, fazer o seu show Worldwide em directo, veio junto com Rob Gallagher. Na conversa com Rob, ele fala de Diabolical Liberties e dos dois discos que gravou com esse nome em 2016. A partir daí foi só fazer com que as coisas encaixem. Gallagher tem um passado musical que nem vamos focar decentemente, basta falar em Galliano, Two Banks Of Four e Earl Zinger. “Dance Floors Of England” soou, desde a primeira escuta, como algo que puxa uma energia e empenho Pop Group e cruza com uma sabedoria invulgar do que é música de dança (breaks, house, disco…). Temos nas mãos um álbum irrequieto, no qual a História não pesa, antes irradia uma força actual na qual se sente um entusiasmo quase juvenil. Mensagens espalhadas pelas letras das canções mostram um espírito contestatário sempre em défice. “Sons Of The Bassbin” é um manifesto de geração, sim, mas qual geração, afinal, quando o baixo continua a mexer com os corpos? Os textos soam feitos de cabeça, na hora da gravação, qualquer coisa de Karl Hyde, uma ideia vaga, mas a voz escolhida para representar Diabolical Liberties já não pode ser confundida com nenhuma outra. Álbum inglês, ok, com bocas para os ingleses, e então?

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 28 Dezembro, 2016

THE DIABOLICAL LIBERTIES omAr’S deLivERenCe / BeG fRieND 7″

€ 8,95 7″ Ed. Autor

[audio:http://www.flur.pt/mp3/TDL002-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TDL002-2.mp3]

Rob Gallagher a.k.a. Earl Zinger, ex-Two Banks Of Four, Galliano, etc.
Hand-stamped and numbered. Edition of 100.

Ali um pedaço mais jazz que as faixas no álbum “Dance Floors Of England”. A voz cheia de eco, arrastada, voltamos a dizer inconfundível, vai acompanhando os sopros em “Omar’s Deliverence”; “Beg Friend” é electro? Beatbox bem marcada, shouts por cima e uma muito improvável guitarra a mandar um riff carismático. Mais nervo nesta, também mais estranha, mas estamos a perceber que Diabolical Liberties se encontram, de facto, bem ao lado da cena de dança. Respeito.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 9 Dezembro, 2016

SUN RA Singles – The Definitive 45s Collection Vol. 1: 1952-1991 3CD / 3LP

€ 26,50 3CD Strut

€ 36,50 3LP Strut

[audio:http://www.flur.pt/mp3/STRUT148CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STRUT148CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STRUT148CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STRUT148CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STRUT148CD-5.mp3]

Ao longo de várias décadas e vários lançamentos, Sun Ra editou uma série de 45s, a maioria através da sua Saturn, que oferecem viagens bastante diferentes daquelas que se encontram nos seus álbuns. “Singles – The Definitive 45s Collection 1952-1991” é uma solução para reunir esses temas e, também, um número de canções que são difíceis de encontrar e que estão espalhadas em diversos lançamentos póstumos, e não só, muitos carecem do selo de oficial. Um dos problemas, ainda hoje, é encontrar boas edições de muitos dos seus discos na Saturn, uma grande parte das que estão no mercado não são oficiais e são as réplicas possíveis de um extenso catálogo. Esta compilação organizada pela Strut é um trabalho monstruoso, com 65 canções que oferecem outras galáxias do universo de Sun Ra. Um resultado valioso, para convertidos, não-convertidos e cépticos, se existirem.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

CD 1
1. SUN RA – I AM AN INSTRUMENT
2. SUN RA – I AM STRANGE
3. SUN RA & THE NU SOUNDS – CHICAGO USA
4. SUN RA & THE NU SOUNDS – SPACESHIP LULLABY
5. SUN RA & THE COSMIC RAYS – DADDY’S GONNA TELL YOU NO LIE
6. SUN RA & THE NU SOUNDS – A FOGGY DAY
7. BILLIE HAWKINS with SUN-RA & HIS ORCHESTRA – I’M COMING HOME
8. BILLIE HAWKINS with SUN-RA & HIS ORCHESTRA – LAST CALL FOR LOVE
9. SUN RA & HIS ARKISTRA – SOFT TALK
10. SUN RA & HIS ARKISTRA – SUPER BLONDE
11. LE SUN RA & HIS ARKISTRA – SATURN
12. LE SUN RA & HIS ARKISTRA – A CALL FOR DEMONS
13. LE SUN RA & HIS ARKISTRA – DEMON’S LULLABY
14. LE SUN RA & HIS ARKISTRA – SUPERSONIC JAZZ
15. LE SUN RA & HIS ARKISTRA – MEDICINE FOR A NIGHTMARE
16. LE SUN RA & HIS ARKISTRA – URNACK
17. THE QUALITIES – IT’S CHRISTMAS TIME
18. THE QUALITIES – HAPPY NEW YEAR TO YOU
19. YOCHANAN (THE SPACE AGE VOCALIST) – M UCK M UCK (MATT MATT)
20. YOCHANAN (THE SPACE AGE VOCALIST) – HOT SKILLET MAMA
21. SUN RA & THE COSMIC RAYS – BYE BYE
22. SUN RA & THE COSMIC RAYS – SOMEBODY’S IN LOVE
23. LE SUN RA & HIS ARKESTRA – HOURS AFTER
24. LE SUN RA & HIS ARKESTRA – GREAT BALLS OF FIRE

CD 2
1. SUN RA & HIS ASTRO INFINITY ARKESTRA – OCTOBER
2. SUN RA & HIS ASTRO INFINITY ARKESTRA – ADVENTUR IN SPACE
3. THE COSMIC RAYS with SUN RA & ARKESTRA – DREAMING
4. THE COSMIC RAYS with SUN RA & ARKESTRA – DADDY’S GONNA TELL YOU NO LIE
5. SUN RA & HIS ASTRO INFINITY ARKESTRA – ROUND MIDNIGHT
6. SUN RA & HIS ASTRO INFINITY ARKESTRA – BACK IN YOUR OWN BACK YARD
7. LE SUN RA AND HIS ARKESTRA – SATURN
8. LE SUN RA AND HIS ARKESTRA – VELVET
9. YOCHANAN with SUN RA & HIS ARKESTRA – THE SUN ONE
10. YOCHANAN with SUN RA & HIS ARKESTRA – MESSAGE TO EARTHMAN
11. YOCHANNAN with SUN RA & HIS ARKESTRA – THE SUN MAN SPEAKS
12. SUN RA & HIS ARKESTRA – SPACE LONELINESS
13. SUN RA & HIS ARKESTRA – STATE STREET
14. SUN RA & HIS ARKESTRA – THE BLUE SET
15. SUN RA & HIS ARKESTRA – BIG CITY BLUES
16. SUN RA & HIS ARKESTRA featuring PAT PATRICK – A BLUE ONE
17. SUN RA & HIS ARKESTRA featuring PAT PATRICK – ORBITRATION IN BLUE
18. SUN RA & HIS ARKESTRA – OUT THERE A MINUTE
19. LITTLE MACK with SUN RA & HIS ARKESTRA – TELL HER TO COME ON HOME
20. LITTLE MACK with SUN RA & HIS ARKESTRA – I’M MAKING BELIEVE

CD 3
1. SUN RA & HIS OUTER SPACE ARKESTRA – THE BRIDGE
2. SUN RA & HIS OUTER SPACE ARKESTRA – ROCKET # 9
3. SUN RA & HIS ASTRO-SOLAR-INFINITY ARKESTRA – BLUES ON PLANET MARS
4. SUN RA & HIS ASTRO-SOLAR-INFINITY ARKESTRA – SATURN MOON
5. SUN RA & HIS ASTRO-INTERGALACTIC INFINITY ARKESTRA – JOURNEY TO SATURN
6. SUN RA & HIS ASTRO-INTERGALACTIC INFINITY ARKESTRA – ENLIGHTENMENT
7. SUN RA & HIS ASTRO-INTERGALACTIC INFINITY ARKESTRA – I’M GONNA UNMASK THE BATMAN
8. SUN RA & HIS ASTRO-INTERGALACTIC INFINITY ARKESTRA – THE PERFECT MAN
9. SUN RA & HIS ARKESTRA – LOVE IN OUTER SPACE
10. SUN RA & HIS ARKESTRA – MAYAN TEMPLE
11. SUN RA QUARTET – SKY BLUES
12. SUN RA QUARTET– DISCO 3000
13. SUN RA – ROUGH HOUSE BLUES
14. SUN RA – COSMO-EXTENSIONS
15. SUN RA & HIS OUTER SPACE ARKESTRA – QUEST
16. SUN RA & HIS OUTER SPACE ARKESTRA – OUTER SPACE PLATEAU
17. SUN RA ARKESTRA – NUCLEAR WAR
18. SUN RA ARKESTRA – SOMETIMES I’M HAPPY
19. SUN RA ARKESTRA – ON JUPITER / COSMO DRAMA
20. SUN RA ARKESTRA – COSMO DRAMA
21. SUN RA – I AM THE INSTRUMENT

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 7 Junho, 2013

THE CARETAKER An Empty Bliss Beyond This World CD / LP

€ 20,95 LP (Edição Limitada) History Always Favours The Winners

[audio:http://www.flur.pt/mp3/HAFTW008-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HAFTW008-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HAFTW008-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HAFTW008-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/HAFTW008-5.mp3]

Ao longo dos últimos meses, temos visto uma série de discos de Leyland Kirby a serem apresentados depois de um 2010 relativamente calmo. Foi uma forma de dizer que o triplo “Sadly, The Future Is No Longer What It Was” deveria perdurar no nosso consciente. E assim foi. Porque Kirby, seja assinando como Leyland ou como Caretaker, é um ginasta do tempo e da memória numa época em que essas duas coisas são trabalhadas quase sempre de forma errada. E o que ele nos pede quando ouvimos os seus discos é uma tarefa quase injusta nos tempos que correm, na forma como nos habituámos a ouvir música: pede tempo para si. Tempo para ser ouvido, para nos exercitarmos no som que produz, e esse é como um abanão para nos livrarmos da apatia em que nos enfiámos. Talvez esta enchente de discos seus (estes dois de que falámos mais os três volumes de “Intrigue & Stuff”) seja uma forma de nos despistar ou um modo de mandar material cá para fora e nos forçar a encontrar a direcção na sua música. Também pode ser tudo aleatório, mas isso é muito pouco romântico (mas igualmente digno de Leyland Kirby).
Com “An Empty Bliss Beyond This World” de Caretaker viajamos por belíssimas rotinas do tempo, sons que de alguma forma se enfiaram no nosso imaginário mas que nos habituámos a segregar noutro sítio qualquer. O tratamento, o filtro quase Basinskiano que lhes dá é um vestígio de um outro mundo gravado em memórias que estão a ser queimadas em película.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »