Quinta-feira, 26 Março, 2015

NISENNENMONDAI N’ EP MLP

€ 17,50 € 14,95 MLP Blast First Petite

[audio:http://www.flur.pt/mp3/PTYT084-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PTYT084-2.mp3]

Com uma letrinha apenas, “N” foi finalmente o álbum que colocou as japonesas Nisennenmondai na cena do lado de cá do globo. Foram 40 minutos fulgurantes, com um pequeno motor a impor um rigor relojoeiro a uma bateria, uma guitarra e um baixo num estado de graça geométrico. Os momentos que se seguiram foram os tradicionais quando ouvimos um disco fantástico: muita exposição, óptimas críticas, listas do ano e um circuito de concertos que mostrou como toda a máquina era feita. Para quem as viu em concerto, o rigor das suas actuações tira a respiração – a nós, sobretudo. “N” não teve companhia em vinil, para desgosto de muitos, mas agora há uma espécie de compensação: “N’” – notem a diferença – recupera dois dos temas e manda-os para estúdio, supostamente para serem refeitos depois da digressão errática que o trio teve um pouco por todo o mundo. A máquina continua a funcionar, com ligeiras mudanças na velocidade, e tudo o resto continua a gravitar num Espaço muito bonito para se viver. Nem que seja por 20 minutos – que nunca parecem 20 minutos. Em cheio, mais uma vez.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 26 Março, 2015

NISENNENMONDAY N CD

€ 16,50 € 12,50 CD Blast First Petite

[audio:http://www.flur.pt/mp3/PTYT083-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PTYT083-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/PTYT083-3.mp3]

Em 2008 e 2009 vibrámos muito com as edições ocidentais que a Smalltown Supersound lançou, mas depois de “Destination Tokyo” achámos que o trio tinha terminado, dada a falta de notícias. Mas o mundo é ainda um local muito extenso para sabermos o que se passa em todo o lado e agora percebemos que estas japonesas que deram o nome do “erro informático do ano 2000″ ao seu grupo estão vivas. E eis mais uma ajuda ocidental: é a Blast First Petite que agora edita o seu mais recente álbum, “N”, que vem de 2013, e podemos já assentar esta letra na lista dos melhores do ano. E a novidade qual é? A suprema economia de recursos sonoros e a magistral concentração técnica. Três mulheres japonesas em delírio kraut, geomético e cósmico, miminal com resultados maximais, com um plano de ataque perfeito que nunca dá espaço nem tempo para evitarmos a armadilha. “N” tem 40 minutos, que nunca parecem 40 minutos, e podiam ser 400, ouvidos em contínuo, até haver uma catástrofe que nos impeça de prosseguir a audição. Um valente chapéu tirado às Nisennenmondai.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »