Quarta-feira, 19 Julho, 2017

FLUX Uncarved Block CD

€ 10,50 CD One Little Indian

OUVIR / LISTEN
The Value Of Nothing
Children Who Know
Footprints In The Snow
Nothing Is Not Done
The Stonecutter

Flux Of Pink Indians chegam a 1986 com outra atitude mas os princípios anarco-punk intactos – “Nothing Is Not Done”, todos os seus gloriosos 9 minutos de dub tribal On-U Sound, anunciam claramente: “Refusing to submit!”. Temos uma coisa por este álbum há muitos anos. Adrian Sherwood nos controles, numa amálgama ambiciosa que junta elementos de African Head Charge, Gentle Giant e punk rockers com mente aberta. Tratamento On-U Sound muito particular, num disco que poderia ser pop – ouvimos “Footprints In The Snow” e a guitarra quase quase soa a The Edge, enquanto a voz de Lu Bell recorda Lora Logic. Mas a percussão desvia bastante a música para outras paragens e acaba por unificar diversas faixas no álbum, começando pela jam inicial, “The Value Of Nothing”, com Style Scott a brilhar. “Uncarved Block” termina com “The Stonecutter”, combinação genial de ambiência dub, vozes etéreas e um quê do universo arty de Brian Eno. O álbum inaugurou o catálogo da One Little Indian, editora fundada precisamente por Derek Birkett dos Flux. Tudo aqui funciona.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 5 Julho, 2017

KUKL Holidays In Europe (The Naughty Nought) CD

€ 10,50 CD (2002 reissue) One Little Indian

OUVIR / LISTEN
ÁLBUM COMPLETO / FULL ALBUM


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 5 Julho, 2017

K.U.K.L. The Eye CD

€ 10,50 CD (2002 reissue) One Little Indian

OUVIR / LISTEN
ÁLBUM COMPLETO / FULL ALBUM


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 5 Julho, 2017

FLUX OF PINK INDIANS The Fucking Cunts Treat Us Like Pricks & Taking A Liberty CD

€ 10,50 CD One Little Indian

OUVIR / LISTEN
ÁLBUM COMPLETO / FULL ALBUM


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quarta-feira, 5 Julho, 2017

FLUX OF PINK INDIANS Strive To Survive & Neu Smell CD

€ 10,50 CD One Little Indian

OUVIR / LISTEN
ÁLBUM COMPLETO / FULL ALBUM


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 20 Abril, 2015

BJÖRK Vulnicura CD / CD (Deluxe) / 2LP (Deluxe)

€ 16,95 CD One Little Indian

€ 20,50 CD (Deluxe Edition) One Little Indian

€ 37,95 2LP (Deluxe Edition) One Little Indian


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 4 Abril, 2013

CODY CHESNUTT Landing On A Hundred CD

€ 12,95 CD One Little Indian

[audio:http://www.flur.pt/mp3/TPLP1171CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TPLP1171CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TPLP1171CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TPLP1171CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TPLP1171CD-5.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 21 Outubro, 2011

BJÖRK Biophilia CD

€ 14,50 CD One Little Indian  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/TPLP1016CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TPLP1016CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TPLP1016CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TPLP1016CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/TPLP1016CD-5.mp3]

Paciente – e há que lhe dar brutal crédito por isso -, Björk estuda bem cada passo que dá, cada canção que compõe, cada disco que edita. E mesmo que nem todos possam ser soberbos, como todos sempre esperamos, a aplicação na empreitada é quase rara em artistas da sua dimensão. Nada parece deixado ao acaso, entre imagem, marketing, vozes, instrumentos, arranjos, convidados; e quase todos nós conseguimos construir todo um universo de referências com apenas o nome do álbum. Mas com isto tudo vem a expectativa, mais do que muitas vezes a mão madrasta que afoga a jovem cria. “Biophilia” parece sobreviver à sua progenitora como um saudável rebento, cheio de luz e ideias como há muito não víamos na sua discografia. Corre o rumor de que teríamos que recuar até “Vespertine” para sentirmos um álbum tão inventivo quanto este – quem somos nós para desmentir? “Biophilia” ganha sobretudo pela sua contenção e foco, talvez devido ao limitado número de convidados e a um maior controle das operações pela própria Björk. Justificações postas de lado, e esquecendo toda a tralha tecnológica e de marketing que atrofia o normal usufruto de um disco, bom regresso de uma das artistas mais originais de sempre.

“É muito mais do que um álbum de música, mas enquanto tal é mais um excelente disco da islandesa.” 4/5 in IPSILON / PÚBLICO

 

“Não apenas representa o seu melhor disco em dez anos como traduz a expressão de uma vontade de ir além da música, usando a imaginação e as novas tecnologias ao seu dispor como ferramenta para a criação de algo que é mais que apenas um disco. ” 4/5 in SOUND AND VISION

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Terça-feira, 2 Dezembro, 2008

FIREMAN Electric Arguments CD

€ 13,50 CD One Little Indian

Primeiro houve «Strawberries Oceans Ships Forest» (Strawberry Fields Forever?), isto em 1993. Cinco anos depois, o segundo disco, «Rushes». Ambos em registo instrumental electrónico, entre o ambientalismo e a pista de dança. Sobre a identidade do duo pouco se sabia, até que em 1998, o já extinto Melody Maker desfazia o mistério com um cabeçalho onde se podia ler “Paul McCartney descobriu a música de dança – o resultado é absolutamente brilhante!”. Dez anos depois os Fireman são mesmo Paul McCartney e Youth, produtor e baixista dos Killing Joke, e regressam com o terceiro disco. Dez anos depois e o que mudou? Quase tudo à excepção mesmo do duo. Primeiro as amarras que prendiam McCartney à EMI deixaram de existir para aparecer um legítimo e intenso namoro pelos circuitos mais independentes. Depois, a pista de dança parece ter sido tomada por uns Led Zeppelin em rota de colisão com Spacemen 3 e os longos instrumentais deram lugar a canções pop perfeitas às quais McCartney deu, finalmente, voz. E se hoje em dia Sir Paul tem algum mérito é o de conhecer de trás para a frente a fórmula com a qual se arquitecta uma canção pop de primeira água. “Electric Arguments”, se alguma coisa prova, é o regresso à boa forma de Paul McCartney.

Artigos relacionados

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »