Quinta-feira, 14 Março, 2019

CHUPAME EL DEDO No Te Metas Con Satan LP

€ 16,50 LP Souk

Metade Meridian Brothers (Eblis Alvarez), metade Romperayo (Pedro Ojeda), os Chupame El Dedo são uma composição interessante de banda quase-cartoon que criou a visão possível de uma espécie de metal tropical. O acontecimento vai além da descrição no papel da coisa e os colombianos consagram-se numa excelente mistura entre acid, folk e beats tropicais. São a relação multicolorida entre os Devo e os Residents se estes se tivessem casado numa igreja de satã: o que seria mais provável, porque nenhuma outra os aceitaria. A Souk – uma editora irmã da Discrepant – explora as margens dos chamados global beats, promovendo a ideia de que a música de dança se pode encontrar nos transes menos expectáveis. Este “No Te Metas Con Satan” é uma epifania. Festeja os ritmos celebratórios que a editora quer promover enquanto cria uma espécie de aventura surreal num qualquer desenho animado musical. A maior dificuldade de “No Te Metas Con Satan” passa por considerá-lo como um simples disco: é mais do que isso. É uma aventura gráfica misturada com uma droga multicolorida e uma qualquer febre de novela sul-americana. Uma constante festa, uma perversão estética com o melhor gosto e primor das perversões estéticas no mundo da pop. Tem uma das melhores canções do século, “Alexandra Candelaria”, um maravilhoso pecado auditivo que arruma na gaveta todos os devaneios do passado. É o que dá quando se brinca com satanás.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 24 Janeiro, 2019

ROMPERAYO Que Jue? LP

€ 16,50 LP Souk / Discrepant

Segundo capítulo de uma nova sublabel da Discrepant, a Souk, dedicada a beats, com os mesmos fundamentos que se assumem na filosofia da editora mãe: não há razões para se criarem fronteiras. “Que Jue” encontra Romperayo (Pedro Ojeda) a viajar por técnicas clássicas de cumbia e a dopar a manipulação do som com frenéticos impulsos de bateria, esquizofrenia psicadélica e magnetismo suado. Os temas de “Que Jue” são viciados em padrões repetitivos, em manobras astutas de convencer que há um infinito número de beats, de variações, em cada segundo. Quando os ritmos mudam a meio dos temas, é quando Romperayo expressa todo o seu império de sons. “Que Jue” é louco e nuclear, uma bomba prestes a explodir, sem exotismos, sem global beats, só suor, fantasia, ácidos e os Jefferson Airplane tropicando.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »