Sexta-feira, 20 Dezembro, 2013

V/A In The Dark: Detroit Is Back 2CD / 3LP

€ 16,95 2CD Still Music

€ 30,95 3LP Still Music

[audio:http://www.flur.pt/mp3/STILLMDCD011-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDCD011-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDCD011-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDCD011-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDCD011.mp3]

Como “Detroit Is Back” se nunca foi embora? Mas ao ultrapassar esta questão que para nós e muitos outros não faz sentido, entramos na viagem com mudanças automáticas que Detroit tornou sua marca registada. É, no entanto, uma viagem com desvios cénicos suficientes para enriquecer a vista e a audição. Respeito eterno para Reggie Dokes, Patrice Scott, Marcellus Pittman, Keith Worthy, Terrence Dixon, pela consistência de qualidade no seu som assinado por mão própria há muitos anos; mas Gabbamonkey, nome inicialmente infeliz que se revela com sentido se o imaginarmos em 3D, lança “2 Pace Back” com incrível charme baleárico (what?); Patchwork com remistura de Amp Fiddler representa o Funk, a inclinação para outro tempo na Motor City, o qual comunica na perfeição com todos os outros até à actualidade. Disco eclético no passo, no coração e na alma, tudo muitíssimo bem trabalhado nesta cidade desde que as nossas pernas começaram a mexer-se numa pista de dança e a cabeça a procurar escape intergaláctico ou apenas a sucessão de luzes à beira da autobahn. Claro que todos os elementos constituintes já lá estavam antes de nós os vermos ou sentirmos. Crédito a todos os que chegaram primeiro.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

CD1
1-Craig Huckaby – The Answer Feat Kelly Hayes 2-Alex Israel – Cash Neutral 3-Reggie Dokes – Cyber Love 4-Patrice Scott – Cosmic Rituals 5-Gabbamonkey – 2 pace back 6-Delano Smith feat. Diamondancer – A Message For The Dj 7-Todd Modes – I’d Rather Be With You 8-Patchworks – Celebration Amp Fiddler Rmx 9-Mike “Agent X” Clark – Free your mind 10-Raybone Jones & Jon Easley – As She Moves 11-Rick Wilhite – Magic Water St Jean remix 12-Tony Ollivierra – Hemoglobin Jerome Derradji Acid Mix

CD2
1-Marcellus Pittman – Make It Work 2-Alex Israel – Cash Neutral 3-Terrence Dixon – The Fall Guy Pt.1 4-Keith Worthy – Cyclops 5-DJ 3000 – Faygo 6-Gerald Mitchell – Strongholds 7-Terrence Dixon – The Fall Guy Pt.2 8-Gabbamonkey – Underlying dreams 9-Tony Ollivierra- Hemoglobin 10-D.L. Jones feat. Amp Fiddler – Lonely 11-Delano Smith- Inception Dub 12-Gerald Mitchell – Fly Like Eagles

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 28 Fevereiro, 2013

BASIC SOUL UNIT Motional Response CD

€ 14,50 CD Still Music

[audio:http://www.flur.pt/mp3/STILLMCD008-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMCD008-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMCD008-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMCD008-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMCD008-5.mp3]

Primeiro álbum de Basic Soul Unit, há muito tempo a construir reputação na cena house mais ligada às raízes e ao som analógico “estranho”. Acolhido por algumas das editoras mais significativas do novo século (Philpot, Mule Electronic, Crème e outras, sempre com maxis), estreia-se em forma grande na Still Music, ultimamente muito activa pela mão de Jerome Derradji e a sua selecção de artistas. Aliás, a última faixa é uma remistura de Jerome para “Breathe”, o segundo tema neste álbum. “Motional Response”, como título, é quase uma reacção literal ao berço do Techno, à Motor City, aos automóveis, movimento, apesar de Stuart Li ser canadiano. O “E” que seria natural ler (“Emotional”) está mesmo assim subtilmente presente nas 10 composições do álbum, que nos dirige para parte incerta mas sem perder o rumo. Não sabemos onde vai terminar a viagem, apenas isso, e podemos até querer mais. Sacha Williamson dá voz a “Breathe”, soul intensa com um fundo sintético perfeito para servir o pranto da voz. De resto, a única voz que poderemos ouvir é a nossa própria interpretação desta música intemporal.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 2 Novembro, 2012

V/A 122 Bpm The Birth Of House Music 2LP

€ 16,95 € 14,95 2LP Still Music

[audio:http://www.flur.pt/mp3/STILLM3CD006-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLM3CD006-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLM3CD006-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLM3CD006-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLM3CD006-5.mp3]

A História continua a escrever-se, ou antes, já foi escrita e boa parte dos acontecimentos não estão nos livros. Ainda Chicago como fonte do que hoje é a corrente mais respeitada na house, onde toda a gente interessada no sumo primordial regressa, mais tarde ou mais cedo para rejuvenescimento. A energia nesta música é ainda impressionante e, para lá das mais habituais editoras Trax ou D.J. International, havia muita coisa a acontecer na cidade. “122 BPM” não é arqueologia no sentido extremo em que algumas notícias na net fazem crer, “musito antes de a Trax ou a D.J. International terem sequer sido sonhadas”. Não é nada assim, na verdade. Muitas das faixas neste disco são contemporâneas dessas duas editoras ou até posteriores aos seus primeiros discos. O que acontece aqui é uma ideia de como as coisas começaram em Chicago, alguns antecedentes e sobretudo, ênfase nas editoras Mitchball e Chicago Connection e na parceria de Nemiah Mitchell, Jr. com o seu filho Vince Lawrence. Este último esteve na génese do que mais tarde se chamaria House, ele fazia parte de Z-Factor, com Jesse Saunders, e a sua interpretação do som electrónico europeu resultou na produção que hoje associamos ao som clássico de Chicago. Não esquecer, no entanto, que tudo isto era vanguardista na época, mesmo as faixas mais soul, encarregues de passar o testemunho r&b para a nova geração. Não vale a pena destacar muita coisa, em “122 BPM”, mas “Shake Your Body”, de Jeanette Thomas, apesar de largamente citado ao longo dos anos, é sempre incrível e, representando um possível manifesto, “The Jacking Zone”, de Risque Rythum Team, diz as palavras mágicas. O primeiro dos 3CD é misturado por Jerome Derradji, bossman da Still Music e a sentir no corpo toda a herança. A versão em vinil resume tudo em oito faixas, terminando com McGhee, “I Got Broke Breakdancing”. Ambos os significados da palavra são válidos: teso, porque se gastou dinheiro em discos, e partido com os ângulos desta música.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 8 Junho, 2012

V/A In The Dark: The Soul Of Detroit 2LP

€ 19,50 2LP Still Music  ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3/STILLMDLP005-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDLP005-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDLP005-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDLP005-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDLP005-5.mp3]

Compilação de 2005 agora reeditada, inclui temas raros de Marcellus Pittman, Moodymann, Rick Wilhite, Keith Worthy, Mike Huckaby e outros. Há uma viagem para fazer ao som desta música que reforça a herança soul da house mais espiritual. A vibe, por vezes, é de clube de jazz, uma interpretação muito sofisticada da cena house sem que isso implique alienação do propósito fundamental: fazer dançar. Raybone
Jones, Pittman e Rick Wilhite conseguem-no mesmo à justa na faixa que dá título à compilação, um groove maquinal em desagregação iminente, como uma experiência facilmente volátil que pode não se repetir quando se volta a tentar. Chefes. Mas logo a seguir Mike Huckaby envia notícias da “Jazz Republic” (está no título). É no equilíbrio entre duas sensibilidades para muitos irreconciliáveis que este disco respira vitalidade. Yin e Yang em acção, sem vantagem aparente para nenhuma das forças em relação à outra. Como sempre, é a nossa cabeça que decide o que é claro e o que é escuro, sem esquecer que o mundo é cada vez mais cinzento. Calor da noite.

A1 Marcellus Malik Pittman “A Walk Thru Osaka” B1 Rick The Godson Wilhite & Kenny Dixon Jr. “Bosmos” B2 Delano Smith “Hot-N-Funky”
C1 Keith Worthy & Malik Alston “Ecoutez” C2 Raybone Jones, Marcellus Malik Pittman & Rick The Godson Wilhite “In The Dark” D1 Mike Huckaby “Melodies From The Jazz Republic”

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: 2 Comentários »

Quinta-feira, 5 Maio, 2011

RICK “THE GODSON” WILHITE Analog Aquarium CD / 2LP

rick+wilhite

€ 12,95 CD Still Music

€ 20,50 2LP Still Music

[audio:http://www.flur.pt/mp3/STILLMDLP004-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDLP004-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDLP004-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDLP004-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/STILLMDLP004-5.mp3]

Um dos produtores responsáveis pela incrível fertilidade que a cena house tem mostrado nos últimos 5/6 anos. Como temos dito (repetindo o que outros já disseram), o amor pela house nunca deixou de gerar música importante desde que o género ganhou autonomia há quase 30 anos. “Analog Aquarium” é um dos mais recentes testemunhos do seu fôlego, originalidade (ainda possível) e compatibilidade com o formato álbum. Wilhite esteve no centro, em 2010, com a série “Vibes” na Rush Hour, mostrando essencialmente música de pessoas de quem gosta. Em 2011 renova o peso do seu próprio nome com um álbum em que, inevitavelmente, acolhe contribuições de Theo Parrish, Marcellus Pittman, Osunlade, Billy Love e outros. Os arranjos bizarros deslocam a música da pista de dança, transformam-na numa peça duradoura, elevada acima do solo, pronta a ser contemplada tanto quanto a ser incorporada numa noite de dança. Desde o muito tradicional “In The Rain” (tradicional no sentido em que a house de Detroit está associada a este género de base samplada a partir de malhas disco ou soul) ao contemplativo e espartano “Cosmic Jungle”, ainda espaço para um quase standard da Terra Paralela (“Blame It On The Boogie”) e um incrível erro da natureza como “Muzic Gonna Save the World”. De resto, quase nada falha. Talento e a sua aplicação prática – “Analog Aquarium” é um manifesto não escrito, sem teoria, apenas substãncia.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »