Terça-feira, 31 Outubro, 2017

COIL Another Brown World / Baby Food LP

€ 18,95 LP Sub Rosa

OUVIR / LISTEN
Another Brown World
Baby Food

“Another Brown World” apareceu na compilação “Myths 4″ em 1989, um daqueles exemplos de discos (tal como a editora Touch também fazia frequentemente) que juntam Ocidente e Oriente, Hemisfério Sul com o Norte, avant-garde com tradição, e então temos também, nessa mesma compilação, um nome como Cheb Mami. Coil mantêm, por 12 minutos, um motivo meio dub de orgão, em torno do qual se entrelaçam sons invertidos, vozes e uma linha de baixo, como se fossem serpentes em torno de um tronco. O tom esperançoso do som de orgão tem de conviver com uma atmosfera mais pesada, de lugar nenhum, uma invenção ou um sonho. “Baby Food” apareceu em outra compilação da Sub Rosa, “Chaos In Expansion” (1993), e é tida como a primeira gravação de Coil com o sistema Sidereal Sound, usado mais tarde em discos de Coil quando assumiam a entidade ELpH (no CD “Worship The Glitch” surge a frase “This is a Sidereal™ Sound Recording untouched by human hands.”). “Baby Food” aproxima-se dessa fase de ELpH e já de “Time Machines” (a ser reeditado muito em breve) e desenvolve uma pulsação sónica redonda, suave, cósmica, evolutiva, que incorpora, mais à frente, uma atmosfera mais carregada (de novo com motivos de orgão) por cima do tapete original. Dois momentos memoráveis de Coil, já depois da fase mais conotada com a cena industrial.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 16 Maio, 2013

V/A Futurism & Dada Reviewed 1912-1959 CD

€ 15,50 € 12,50 CD LTM

[audio:http://www.flur.pt/mp3/LTMCD2301-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LTMCD2301-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LTMCD2301-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LTMCD2301-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/LTMCD2301-5.mp3]

Este tipo de discos, especialíssimos, geralmente desaparecem dos escaparates e são raras as ocasiões em que se encontra uma reedição. Foi uma das fantásticas compilações da Sub Rosa nos anos 80 – que fez com que a editora belga ficasse com a fama que tinha. Houve uma edição também em CD mas também essa durou pouco. Foi a LTM – Les Temps Modernes, de Edimburgo -, que se vai especializando num segmento muito próprio da música editada nos anos 80 e 90, que trouxe de volta “Futurism & Dada Reviewed”. E algum tempo depois de ausência, eis nova tiragem, provando que o público para esta obra tem vindo sempre a exigir este documento sonoro. E que documento! Em 14 faixas, é a História que está aqui, sem aspas ou qualquer interpretação subjectiva. Registada entre 1912 e 1959, estão aqui alguns dos maiores nomes da arte do século XX: Luigi Russolo, Antonio Russolo, Marinetti, Apollinaire, Duchamp ou Cocteau, por exemplo. Música, sons, declarações e entrevistas raras que valem o seu peso em ouro.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

1. LUIGI RUSSOLO Risveglio di una citta 2. ANTONIO RUSSOLO Corale 3. F.T. MARINETTI Sintesi Musicali Futuristische 4. ANTONIO RUSSOLO Serenata 5. F.T. MARINETTI La Battaglia di Adrianopoli 6. F.T. MARINETTI Definizione di Futurismo 7. LUIGI GRANDI Cavalli + Acciaio 8. WYNDHAM LEWIS End of Enemy Interlude 9. GUILLAUME APOLLINAIRE Le Pont Mirabeau 10. T. TZARA/M. JANCO/R. HUELSENBECK L’amiral cherche une maison à louer 11. MARCEL DUCHAMP La Mariée mise à nu par ses célibataires, même 12.RICHARD HUELSENBECK Inventing Dada 13.TRISTAN TZARA Dada Into Surealism 14. KURT SCHWITTERS Die Sonate in Urlauten 15. JEAN COCTEAU La Toison d’Or 16. JEAN COCTEAU Les Voleurs d’Enfants

“This is exceptional – from Wyndham Lewis’ posh tones to some skippy jazz-hot from Jean Cocteau, this is unremittingly fresh and joyous” THE WIRE
“Wonderful… You could imagine Tim Burton using it for a camp re-creation of a silent frightener” THE GUARDIAN
“The most enthralling LTM project to date, should lie in every record collection bar none” MELODY MAKER

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 16 Outubro, 2009

DAVID TOOP I Never Promised You A Rose Garden DVD

d toop dvd

€ 18,50 € 17,50 DVD Ome / Sub Rosa  ENCOMENDAR

Guy-Marc Hinant e Dominique Lohlé filmam David Toop em video, em casa, como se qualquer um de nós chegasse a casa de alguém para filmar: combinar como se faz, mudar um sofá de sítio para ficar mais perto da aparelhagem, etc. Assim decorrem os preliminares deste documentário de mais de 90 minutos. Sub-intitulado “Um retrato de David Toop através da sua colecção de discos”, o documentário, que no fundo é uma entrevista, alterna entre histórias pessoais de Toop e períodos de escuta da música que ele propõe, durante os quais o écran fica negro por alguns minutos para não existirem distracções visuais que possam condicionar a audição. Prestando atenção (e devemos fazê-lo) mergulhamos fundo em sons tão diversos como os cânticos de monges coreanos, a lenda country Porter Wagoner numa das suas mais escuras canções (“The Rubber Room”), Bo Diddley, Hasil Adkins, um favorito de Pan Sonic, eles aliás também aqui representados pelo EP “Osasto”, gravações de sapos, na Austrália, realizadas pelo ex-físico nuclear tornado artista sonoro Felix Hess. A cadência de David Toop é pausada, a maioria dos sons que nos mostra exigem disponibilidade e ele próprio, perto do final, confessa que se sente particularmente estúpido nessa manhã e que esgotou o que tinha para dizer. Tudo normal, enquanto aprendemos, ou nos relembramos, quão mais significativo e recompensador é pensar em Som e não somente em Música.

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 2 Julho, 2009

HENRI POUSSEUR Hommage Au Sauvage: Un Portrait DVD

5411867010067

€ 18,50 € 17,50 DVD OME / Sub Rosa  ENCOMENDAR

Gravado pouco tempo antes da sua morte, em Março de 2009, “Hommage Au Sauvage” é um road movie que nos leva a conhecer um lado mais pessoal do compositor belga. Aqui começamos por viajar com Pousseur quando este vai depositar o seu espólio – arquivo sonoro e documental – a Basel, na Suíça, onde leccionou durante alguns anos – sempre em discurso directo, registamos pensamentos, reflexões, partilhamos memórias e descobrimos o seu sentido de humor. Mais tarde assistimos a Pousseur a ensaiar algumas das suas peças, e mais uma vez partilhamos da sua relação com os músicos e ficamos a saber das suas intenções para cada pedaço de música. São 52 minutos de filme, sem guião, isentos de previsibilidade, em navegação pelo universo fantástico de Henri Pousseur. Realizam Dominique Lohlé e Guy-Marc Hinant, dupla responsável por outros retratos, tal como o de David Toop, agendados para os próximos tempos na Sub Rosa. A edição tem dupla face, contendo os formatos PAL e NTSC, livre de regiões e legendada em francês e inglês.

TOP

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »