Segunda-feira, 4 Fevereiro, 2019

MARK LECKEY Fiorucci Made Me Hardcore LP

€ 20,95 LP (2019 repress) The Death Of Rave

Primeira edição de uma editora financiada pela Boomkat, The Death Of Rave, a tornar físico aquilo que tão bem fazem no seu site: elevar o disco físico a um objecto de arte. E para começar, nada melhor do que este “Fiorucci Made Me Hardcore”, o som da instalação vídeo homónima de Mark Leckey (vencedor do prémio Turner em 2008), de 1999, um exercício de colagem de sons (e de imagens) que discorriam décadas de cultura de dança britânica. Quinze minutos imperiais e absolutamente imprescindíveis que hoje, face a alguns cenários musicais que se vivem, continua a fazer total sentido. Do outro lado, uma versão editada de outro trabalho de Leckey (“GreenScreenRefrigeratorAction”). Cópias limitadas e muito contadas – é uma edição única.


Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Terça-feira, 7 Agosto, 2018

NOZOMU MATSUMOTO Climatotherapy 12″

€ 14,95 12″ The Death Of Rave

OUVIR / LISTEN:
CLIP1CLIP2

É raro um artista do qual nunca se ouviu falar surpreender desta forma. A surpresa é fácil, acontece constantemente, talvez valha a pena pegar no “desta forma”. E por “desta forma” assume-se com uma visão estética tão elaborada e conseguida no primeiro trabalho que lança para o “grande público”. Nozomu Matsumoto é um japonês, residente em Tóquio, mais habituado à curadoria artística do que à criação musical. “Climatotherapy” é um resultado desse contacto com as artes, com a música enquanto espaço multimédia e um tela para um sem número de performances. “Climatotherapy” impressiona por diversos aspectos e nenhum deles tem a ver com a relativa anonimidade de Matsumoto. Há vários níveis, o choque-Robert Ashley, em como do nada o japonês conseguiu aperfeiçoar a fórmula, por via de James Ferraro, mas os dezasseis minutos de “Climatotherapy” soam mais como a realização de uma ópera do que Ferraro alguma vez conseguiu; a cumplicidade estética com outros artistas (Ryuichi Sakamoto, Alva Noto, Mica Levi, Nico Muhly) e superioridade moral do texto que é lido com uns tomates do outro mundo. E tudo isto é feito com um cálculo preciso – as peças estão incrivelmente no sítio – num HD sonoro que pede para ser ouvido até o mundo em redor rebentar. Sente-se cada minuto a passar, as vibrações de um mundo a desabar. De uma clareza emocional, estética, racional e musical rara. Tudo junto, tudo balançado. Perfeito. É, sem ser preciso olhar para a frente ou para trás, um dos melhores discos do ano. Absolutamente essencial.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 21 Setembro, 2017

TERESA WINTER Untitled Death LP

€ 16,95 LP The Death Of Rave

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RAVE020-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE020-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE020-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE020-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE020-5.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 7 Julho, 2016

BLACK MECHA AA LP

€ 16,50 LP The Death Of Rave

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RAVE011-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE011-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE011-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE011-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE011-5.mp3]

Dar a volta é algo que acontece frequentemente na música. A história repete-se para alguns, mas na música, mesmo que algumas coisas soem parecidas, há fluxos de criatividade em que essa repetição acontece com uma nova abordagem que corresponde às percepções do momento. Sorrateiramente há momentos no noise dos últimos anos que seguem linhas daquilo que aconteceu na transição do século, que já era em si uma espécie de regresso a alguma coisa dos anos 1980. Pode-se ver isto como uma continuidade, mas é estranho falar numa continuidade quando há quebras nas explorações nos mesmos oceanos sonoros e a justificação apenas existe por alguns nomes de outro período continuarem a editar. Há uns anos a The Death Of Rave reeditou “Postsocial” de Wold, um disco magnífico que entregava um olhar fresco sobre o drone/metal/noise. Fresco porque parecia estranho ouvido naquele momento, quando muita coisa do que se aproximava dali vinha do industrial. Mas ali havia qualquer coisa diferente, uma condensação de ideias e de quem sobe olhar em volta e, simultaneamente, rever a matéria estudada. Black Mecha é Fortress Crookedjaw e neste “AA” apresenta uma electrónica que é, tal como os Wold, uma espécie de anti-música, uma construção de tons e de sensações que contraria a lógica do ruído e que o faz por via de alguma electrónica da Mego com a perfeita noção de que este seria um disco que nunca aconteceria na Mego. Há cerca de 15 anos seria um disco que caberia na Load, provavelmente na linha da frente das suas edições, e encontrar-se-ia aqui uns Sightings se estivessem colados à electrónica. Em 2016 é algo que dá um tom refrescante ao noise e à electrónica actuais e que é um desafio a cada gesto.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 21 Março, 2016

MARK LECKEY Dream English Kid 1964-1999 AD MLP

€ 18,95 MLP The Death Of Rave

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RAVE016-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE016-2.mp3]

Em 2012 a The Death Of Rave lançou-se com uma edição do som do vídeo de Mark Leckey, “Fiorucci Made Me Hardcore”. Em 2016 Mark Leckey regressa à editora com outra banda-sonora, à falta de melhor designação, desta vez para a peça “Dream English Kid 1964-1999AD”. É um período de trinta e cinco anos e, mais uma vez, o limite são os 1990s mas desta vez em vez de trabalhar uma memória presencial que é depois editada, o trabalho aqui é uma busca de Mark Leckey pelas suas recordações, pelas coisas que fizeram parte do seu imaginário – e que encontrou em diversos tipos de média das mais diversas formas – antes de se tornar um artista reconhecido. 35 anos de memória explorados através de som, distorcidos, trabalhados com o blur das lembranças reunidos com os espasmos da cultura popular de parte da segunda metade da década do século XX, mais centrada no Reino Unido, mas não exclusivamente. Outra obra-prima de som e um reflexo daquela tensão pré-milenar que hoje, lá está, faz parte da memória. Mas quem não se lembra?

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »

Sábado, 14 Março, 2015

NATURKUNDE MUSEUM OSTKREUZ Tropycaliptic Excursions 12″

€ 11,95 € 7,50 12″ The Death Of Rave

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RAVE009-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE009-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE009-3.mp3]

Há ali um segundo no início de ‘Tropocaliptic Excursions” (canção e álbum) em que nos sentimos transportados para um concerto na Nova Iorque da No Wave. Há Kid Creole, DNA e James Chance num único instante e é um que lança logo uma série de ideias que serão exploradas mais à frente. Porque a metamorfose que os três temas apresentam é um desafio para perceber se estamos num clima tropical ou numa cidade acabada de ser bombardeada. É uma forma de desafio, menos na procura de referências ou de tentar enquadrar esta música, mais no sentido de perceber porque é que este tipo de som, quase expressão de uma certa irracionalidade, ainda mexe connosco e nos faz sentir frescos e novos. Aqui é mais na forma, não tanto para onde os sons nos levam, a construção e desconstrução de secções e o modo como interagem entre si: “Zaragoza Variations” tem tanto ingrediente na sopa que não oferece um único segundo de estabilidade.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sexta-feira, 13 Março, 2015

THE AUTOMATICS GROUP Summer Mix 2LP

€ 23,50 2LP The Death Of Rave

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RAVE008-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE008-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE008-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE008-4.mp3]

Nestes anos que já levamos a falar da The Death Of Rave uma coisa tem ficado clara: esta irmã da Boomkat não se limita ao conceito de The Death Of Rave, apesar disso ter transparecido nos primeiros lançamentos (Mark Leckey e Powell). É, sim, um fluxo contínuo de ideias à margem, não necessariamente marginais, mas exploratórias da forma como hoje encaramos a nostalgia e, principalmente, a forma como a nossa memória refaz tudo aquilo de que nos lembramos de outros tempos. O 12” homónimo de Powell foi uma excelente concretização desse conceito, apresentando música nova com bases demarcadas dos anos 1980, de um rock e das suas ondas amigas que Powell não teve possibilidade de ouvir na altura, mas que depois conheceu e fez a tal tradução. É possível que não estivéssemos aqui – ou estávamos, de outra forma completamente diferente – sem Leyland Kirby, responsável em segunda mão pelo nome desta editora. Falamos de Kirby porque este disco de The Automatics Group vive à base dessa destruição dos chamados “hinos da dança” de outros tempos e de uma reconstrução absolutamente maníaca desses sons: ao ponto de desfazer esse esqueleto. Já vimos Lee Gamble a fazê-lo recentemente, por isso este “Summer Mix” nem é novidade em segunda mão, mas é um disco igualmente bem concretizado na linha de Gamble. Disco ambiental, todo ele feito de estímulos: seja da nossa memória, seja da forma como reconstruímos todo o processo de cada tema, ao ouvir e a ler o que está para além deste novo esqueleto. Soberbo. Não esperávamos ouvir outro disco que mexesse tanto connosco quanto “Diversions 1994-1996” de Lee Gamble.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 30 Outubro, 2014

GÁBOR LÁZÁR EP16 12″

€ 12,95 12″ The Death Of Rave

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RAVE006-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE006-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE006-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE006-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE006-5.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE006-6.mp3]

Pequenas variações de padrões genéricos da música de dança, repetidos, por vezes mais lentamente, por vezes é a própria repetição que cria uma ilusão da realidade da velocidade de “EP16”, uma grande estreia de Gábor Lázár na The Death Of Rave. É uma música só com pontuação, abstraída de qualquer tentativa de melodia ou até de uma busca vasta de tons. O processo da repetição faz com que por vezes cada tema de Lázár pareça trabalhado a partir de matéria com menos de um segundo, repetido, esticado e adulterado para criar ligeiras variações e confundirem os nossos ouvidos. “EP16” confunde noções de ritmo e prega partidas ao nosso cérebro, há ligações directas com Mark Fell, mas o som de Lázár é mais redondo, menos críptico mas também contido e sem ansiedade de se expandir. É um grande exercício – técnico e estético – e uma das melhores desmaterializações de som que ouvimos este ano.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 20 Outubro, 2014

WOLD Postsocial LP

€ 18,95 LP The Death Of Rave

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RAVE007-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE007-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE007-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE007-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE007-5.mp3]

“Postsocial” é a segunda entrada no universo noise na The Death To Rave. E é provavelmente aquela que aborda o território do black metal pela primeira vez. É difícil caracterizar se é noise ou black metal, ou se é outra coisa qualquer, há uma particularidade no som dos Wold que os torna verdadeiramente únicos, uma insistência num ruído profundo e denso que se prolonga ao longo dos temas, com poucas ou nenhumas variações, no qual a voz parece enterrar-se e desenterrar-se, sendo ela o instrumento que cria diferentes ondas no som de “Postsocial”. É também um disco que transcende o conceito de “visceral” ou do domínio das “vísceras”, a sua música não se rende a esse facilitismo e não funciona em campos positivos ou negativos. Há aqui mesmo a procura de um novo som, um encontro intenso entre a electrónica noise, o black metal e o drone que parece uma massa sónica comprimida até existir apenas uma gigante massa circular de ruído. Tem tanto de fascinante como de bizarro, mas é umas das maiores surpresas que ouvimos nos últimos meses. Não conhecíamos Wold, passámos a conhecer nesta excelente edição em vinil. Talvez até soe a algo que ouviram antes, mas dificilmente ouviram com uma total abstinência pela variação e uma entrega tão directa e simples de som. Pode ser agressivo no primeiro minuto, mas quando entra é como estar em cima de uma nuvem.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 13 Março, 2014

DELROY EDWARDS Teenage Tapes LP

€ 21,50 LP The Death Of Rave

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RAVE005-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE005-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE005-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE005-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE005-5.mp3]

Depois de um lançamento algo fora com um álbum de Merzbow, a The Death Of Rave parece que voltou a encontrar o seu ritmo com este “Teenage Tapes” de Delroy Edwards. Como o nome indica, são gravações que fez quando ainda era um adolescente, músicas sem grande consistência a um nível formal, que são apenas experiências sem qualquer tipo de prisão, coisas que claramente fez para ver que resultado dava, entre pedais, fita e drum machines. O resultado atira-nos logo para a no wave, porque tudo o que não conseguimos compreender e é algo rock leva-nos para aí, mas há claramente uma estrutura aqui, uma forma de pensar, uma mentalidade que, a nível rítmico, está muito mais próxima de algum noise que se fazia em finais dos anos noventa até meados da década passada. O que realmente fica neste “Teenage Tapes” não é tanto o resultado dessas experiências, mas a força com que nos atingem: realmente raw power. E esse impacto, esse à-vontade, quando está junto ao talento é poderoso. Edição esgotada em praticamente todo o lado. Temos mesmo um número limitado de cópias.


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 5 Agosto, 2013

MERZBOW Grand Owl Habitat LP

€ 16,50 LP The Death Of Rave

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RAVE004-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE004-2.mp3]


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Sábado, 1 Junho, 2013

KAREEM Porto Ronco LP

€ 16,95 LP The Death Of Rave

<a href="http://www.youtube.com/watch?v=j1axVruKCLw?hl=en"><img src="http://blog.flur.pt/wp-content/plugins/images/play-tub.png" alt="Play" style="border:0px;" /></a>

Devagar, devagarinho, a The Death Of Rave tem-se impondo como uma das principais editoras de electrónica da actualidade. A importante edição de “Fiorucci Made Me Hardcore” de Mark Leckey foi um óptimo primeiro passo, mas o que se seguiu foi inesperado. O maxi homónimo de Powell é um decreto na fusão de ideias de rock e dança, demarcando claramente a editora de uma identidade sonora e sim de uma identidade mais associada a ideias, conceitos e, porque não, afirmações. Só assim se consegue que um dos melhores maxis de dança da actualidade esteja numa editora que dificilmente (será?) terá no catálogo algo assim. Como seria de esperar, “Porto Ronco” é completamente diferente dos outros dois títulos. Kareem, moniker de Patrick Stottrop, um artista berlinense que esteve muitos anos sem compor, resolveu voltar à música no ano passado, durante um retiro onde tinha a intenção de superar a morte de um familiar próximo. 44 minutos contínuos (mas partidos ao meio pelo formato do vinil) de electrónica ambiental que se transforma regularmente e apesar de se poder equalizar com algum techno industrial (mais em conceitos do que no concreto), “Porto Ronco” é mais banda-sonora de uma viagem ao espaço durante os anos 1960. Está constantemente a evocar outro tempo, outro espaço, como se quisesse ser música sem localização. Patrick criou uma peça que nos pede para ser ouvida de forma diferente. Isso não quer dizer que temos de estar sentados ou em pé, ou com o estado de espírito apropriado. Pede que nos apaixonemos pelo que ouvimos, um pouco como Leyland Kirby faz recorrentemente.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 28 Fevereiro, 2013

POWELL Untitled 12″

€ 11,95 12″ The Death Of Rave

[audio:http://www.flur.pt/mp3/RAVE002-12-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE002-12-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE002-12-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/RAVE002-12-4.mp3]

Segunda edição da The Death Of Rave, editora associada à Boomkat e que em meados do ano passado lançou o magnífico “Fiorucci Made Me Hardcore” de Mark Leckey. Esta entrada é bem diferente, Powell é um elemento bem mais presente na contemporaneidade e a música que faz não é tanto um processo em volta da não-música de dança (como Leckey ou os lançamentos na Pan de Lee Gamble), mas um techno com imensas recordações do drum & bass, acid house e, algo fora do contexto, no wave (oiçam a apropriadamente chamada “Oh No New York” e “Rider” leva-nos directamente para um encontro entre Ike Yard e Suicide). Discreto e totalmente fora do panorama da música de dança/electrónica que se faz actualmente. Uma lufada de ar fresco.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , / / Comentar: aqui »