Quinta-feira, 23 Outubro, 2014

THURSTON MOORE The Best Day CD / 2LP

€ 12,50 CD Matador

€ 22,95 2LP (gatefold) Matador

[audio:http://www.flur.pt/mp3/OLE1062-2-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/OLE1062-2-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/OLE1062-2-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/OLE1062-2-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/OLE1062-2-5.mp3]

O melhor elogio que se pode fazer a “The Best Day” é o de que facilmente se confunde com um disco de Sonic Youth. É o sucessor de “Demolished Thoughts”, um óptimo disco em nome próprio de Thurston Moore, e aquele em que sentimos que se calhar perdeu a timidez de assumir na totalidade o não-problema em seguir sem fim o som dos Sonic Youth na sua carreira a solo ou paralela: porque o mesmo já havia acontecido com os Chelsea Light Moving, mas não de uma forma tão bem conseguida. Talvez ajude o facto de aqui partipar Steve Shelley na bateria e de ainda contar com a ajuda de James Sedwards (Nought) e de Deb Googe (My Bloody Valentine) e da formação seguir mais o ritmo ao qual Moore nos habituou ao longo de anos de carreira. Entre temas mais longos (começa logo os oito minutos da brilhante “Speak To The Wild”) e alguns mais curtos, “The Best Day” soa mesmo a um disco que existe para arrumar as boas ideias que Moore teve desde o final dos Sonic Youth e não um desvio de ressaca. Tínhamos saudades.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 15 Maio, 2014

THURSTON MOORE & MARGARIDA GARCIA The Rust Within Their Throat LP

€ 18,95 LP (Limitado 299 ex) Headlights

Daqui a alguns anos, muitos, talvez poucos, ninguém sabe, vamos todos olhar para trás e comentar aquele determinado período na vida da nossa capital onde Thurston Moore viveu e deixou a sua marca. Nunca chegou a ser um residente, mas o tempo que passou, e ainda passa, em Lisboa, tem resultado em concertos e, claro, nos seus directos testemunhos. Depois de há umas semanas termos falado no trio com Ferrandini e Sousa, eis que Moore reaparece nas nossas editoras – o que prova que andam todos atentos aqui – com mais um LP. Desta vez com a Margarida Garcia, fruto de um concerto na ZDB em 2013, no âmbito de “Uma Coisa Muito Séria”, que juntou ainda Manuel Mota, Wolf Eyes, Rodrigo Amado, entre outros. Foi a Headlights a ter a agilidade para podermos ouvir agora este duo espontâneo e extraordinário, longe dos paradigmas do free, com ambos os músicos a tecerem ambientes negros feitos de uma carga eléctrica – tenebrosa e profunda, no caso da Margarida; generosa e sinuosa, no caso de Thurston – que daria para alimentar uma cidade de tamanho médio. Se o caminhar lânguido do lado A deixa-nos sem fôlego e oxigênio, o lado B parece querer sair dessa gravidade e, à medida que se extingue, vai-nos dando luz, como se pudéssemos finalmente ver a manhã – a sério: o final deste disco é de uma beleza quase indescritível. Música poderosa na forma e nas intenções, com uma capa lindíssima, uma edição única com 299 exemplares/oportunidades. Não cheguem tarde porque depois resta-nos aqueles sensaborões ficheiros digitais sem paternidade assegurada. E isto merece o pacote todo.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 17 Abril, 2014

THURSTON MOORE / GABRIEL FERRANDINI / PEDRO SOUSA Live At ZDB LP

€ 21,50 LP Shhpuma

Por estes dias, Lisboa já é uma das cidades no mapa de Thurston Moore. O fim, quase silencioso, dos Sonic Youth fez com que os seus membros se fragmentassem por discos, colaborações e geografias várias, e na nossa capital temos tido a sorte da Zé Dos Bois ter conseguido aglutinar algumas dessas peças. Thurston Moore, uma das visitas mais regulares, ofereceu, em 2012, um concerto na celebração dos 18 anos da associação, fruto de uma pequena residência. A liberdade do rock, de quem Moore tem sido também um esteta tímido mas activo, encontrou-se com a energia atómica da bateria de Gabriel Ferrandini e a invenções patenteadas dos sopros de Pedro Sousa. Ao primeiro take, claro, saiu este “Live At ZDB”, como testemunho do encontro e da generosidade dos músicos – para quem assistiu ao vivo e para com eles próprios. Entre a procura dos detalhes e o voo livre assistido do jazz, furioso e aventureiro, este é um documento (limitado a 300 cópias) importante para todos – incluindo a Shhpuma, naturalmente -, mas é um documento muito importante para nós, pelo modo como nos empurra para coisas, todas elas boas e positivas.



NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , , / / Comentar: aqui »

Segunda-feira, 31 Março, 2014

V/A / THURSTON MOORE Mix Tape: The Art Of Cassette Culture LIVRO

€ 25,00 LIVRO Universe Publishing

Hardcover, 96 páginas, 24,5cm x 17,5cm.

Na contracapa:

Mix Tape: The Art Of Cassette Culture is the first book to focus on the unique confluence of cassette culture, featuring stories, essays and images from tapes compiled by and for friends, family and lovers over the last twenty years. Edited by Thurston Moore with contributions from artists, designers, directors, musicians, and writers, including:
Allison Anders / Tom Sachs / Byron Coley / Christian Marclay / Christian Schumann / Christopher Knowles / DJ Spooky / Damon & Naomi / Dan Graham / Dean Wareham (Luna) / Elizabeth Peyton / Glen E. Friedman / Jim O’Rourke / John Zorn / Kate Spadle / Tony Conrad / Richard Kern / Rita Ackermann / Ryan McGinness / Sue de Beer / Slim Moon and others!


NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , / / Comentar: aqui »

Quinta-feira, 21 Março, 2013

CHELSEA LIGHT MOVING Chelsea Light Moving CD / LP + CD + 7″

€ 12,50 CD Matador

€ 22,95 LP + CD + 7″ Matador

[audio:http://www.flur.pt/mp3/OLE1010-2-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/OLE1010-2-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/OLE1010-2-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/OLE1010-2-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/OLE1010-2-5.mp3]

Superbanda que é uma banda – e não uma coisa temporária – construída à volta de Thurston Moore que se reuniu com músicos que conhece há bastante tempo e que ao longo da sua carreira também foram abençoados por si: a maravilhosa Samara Lubelski, John Moloney (Sunburned Hand Of The Man) e Keith Wood (Hush Arbors). Tudo gente com um óptimo currículo e com liberdade para criar à volta de Thurston Moore: e é por isso que Chelsea Light Moving não soa aos Sonic Youth nem aos últimos discos de Thurston a solo. É claramente um novo som, abençoado pela criatividade de todos e que a espaços soa como uma rota alternativa que os Sonic Youth poderiam ter tomado depois de “A Thousand Leaves”: mas optaram por continuar a ser os Sonic Youth e a surpreenderem-nos. E se as vezes estes discos pesam um pouco por serem indistintos, este álbum de estreia tem oito canções que nos levam aos melhores momentos da nossa adolescência ou da nossa idade adulta enquanto imaginamos ser adolescentes (talvez seja melhor assim). Algo que Thurston sempre foi óptimo a fazer. Agora fá-lo de uma forma nova, igualmente contagiante, e com variações frescas que nascem dos seus “novos” amigos. Não se consegue ouvir nada menos que muito bom da família Sonic Youth, pois não?

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados



Sexta-feira, 3 Junho, 2011

THURSTON MOORE Demolished Thoughts CD / 2LP

€ 12,50 CD Matador   ENCOMENDAR

€ 23,95 2LP Matador   ENCOMENDAR

[audio:http://www.flur.pt/mp3//OLE-953-2-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3//OLE-953-2-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3//OLE-953-2-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3//OLE-953-2-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3//OLE-953-2-5.mp3]

Não tão longe quanto possível dos Sonic Youth, apenas bastante distante, embora canções como “Illuminine” ou “Circulation” recordem SY na altura de “Dirty”. Distante também do som juvenil que ainda se escutou em alguns momentos de “Trees Outside The Academy”, o seu álbum anterior. “Demolished Thoughts” parece tomado por uma nova capacidade de escrever canções, um outro espírito e um outro som. Produzido por Beck, o álbum tem sido comparado a Nick Drake, embora não seja nem tão profundamente melancólico nem tão despido de artifícios nos arranjos. O violino de Samara Lubelski, a harpa de Mary Lallimore, o próprio Beck (vozes, sintetizador, baixo…) e os restantes músicos contribuem para um outro mundo protagonizado por Moore – canções densas, bonitas, arranjos clássicos (falou-se também em Andrew Bird), uma parcela de Sonic Youth quase nada urbana, um realojamento eficaz do talento de Thurston Moore para a escrita de canções universais.

Thurston Moore (…)  edita novamente a solo, desta feita num álbum de cortante simplicidade criado sob o olhar atento de Beck (na cadeira da produção). A parceria (…) manifesta-se de forma superior numa colecção de nove belíssimas canções nas quais a voz suave de Thurston Moore e o dedilhar das cordas de uma guitarra acústica são o tutano de acontecimentos aos quais se junta a candura de uma harpa e o lirismo da presença de um violino. 5/5 in SOUND AND VISION


Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , / / Comentar: aqui »