Quinta-feira, 10 Novembro, 2016

VEX’D Degenerate 2CD

€ 12,50 2CD (2016 reissue) Planet Mu

[audio:http://www.flur.pt/mp3/ZIQ115CD-1.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZIQ115CD-2.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZIQ115CD-3.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZIQ115CD-4.mp3,http://www.flur.pt/mp3/ZIQ115CD-5.mp3]

Está aqui Roly Porter antes das edições a solo que conhecemos, já da segunda década deste século. Mas “Degenerate”, com Jamie Teasdale (que agora grava como Kuedo), saiu em 2005 para fixar o ponto da situação na evolução da cena hardcore britânica, actualizada então para dubstep e grime, essencialmente (podendo dizer-se que o drum & bass, ainda muito presente, é um género “clássico”). Tal como a recente reedição em vinil de “Where Were U In ’92?” de Zomby, este regresso de “Degenerate” ao mercado vem trazer à tona muitos e valiosos despojos da cultura rave mais bruta e esfuziante. Em 2004, a Rephlex mostrava o underground do grime em duas compilações. Os singles de Vex’d, do mesmo ano, são extras neste álbum que explica a mesma questão sónica com maior nervo. Tudo sempre em permanente tensão e queda, alarmes a soarem a todo o momento (não literalmente, na música, mas no tom que ela difunde). A subtileza é substituída por uma vontade urgente em construir uma ideia do presente alienante que se possa apresentar ao mundo. Exageramos, talvez, mas é como mostrar ao mundo o que ele nos está a fazer à cabeça.

NOTA: Artigo sempre sujeito a confirmação de stock e preço

PLEASE NOTE: Item always subject to stock and price confirmation

Artigos relacionados


/ / Etiquetas: , , , , , , , / / Comentar: aqui »